domingo, janeiro 07, 2007

Pelo Natal, salto de pardal!


Pelo Natal, salto de pardal! - diz o povo, em relação ao aumento da claridade.
Com esta imagem de fraca qualidade e de beleza relativa pretendo demonstrar o ditado popular.
Foi tirada da minha varanda no dia 4 de Janeiro, às 17 h e 30 m.
Há uns dias atrás ainda era de noite, por esta hora!

9 comentários:

Anónimo disse...

E vai aumentando, aumentando... o dia ocupando a noite...
Beijinho

Anónimo disse...

E o que é que isso interessa aqui?

Anónimo disse...

Gosto das cores do céu.
A partir de agora os dias vão crescendo, sim, e lá pra Junho teremos dia até às 10 da .... noite .....

Rosa dos Ventos disse...

Absolutamente nada, caro anónimo!

Luisa Oliveira disse...

A falta de luminisidade intelectual é que pelos vistos falta a muita gente! Um bocadinho de atenção às coisas simples e eramos todos mais felizes.

Ando a estudar o iluminismo. O teu post deu-me, não sei porquê, vontade de estudar História. Beijinho

Ida disse...

Sempre gostei desses dizeres. E, depois, lembrar deles dá assim um conforto e uma esperança de que, aconteça o que acontecer, os dias grandes voltam. É uma coisa indescritível, mesmo, quando os dias começam a crescer, dá vontade de fotografar e saltar pra rua. Tens toda razão. Só não dá vontade de ler imbecilidades dos passantes incógnitos. Gostei da idéia e da foto.

Ida disse...

Sempre gostei desses dizeres. E, depois, lembrar deles dá assim um conforto e uma esperança de que, aconteça o que acontecer, os dias grandes voltam. É uma coisa indescritível, mesmo, quando os dias começam a crescer, dá vontade de fotografar e saltar pra rua. Tens toda razão. Só não dá vontade de ler imbecilidades dos passantes incógnitos. Gostei da tua idéia e da foto.

Luis Eme disse...

Os dias crescem e há mais luz, logo de manhã...
É bom, parece que há mais vida...

Rosa dos Ventos disse...

Querida Luísa espero que o estudo de História tenha sido proveitoso!
Bjs