quinta-feira, janeiro 11, 2007

Paisagem com rio ao fundo...

Na breve colina uma casa branca, de barra azul, com uma porta, duas janelas e um alpendre.
No alpendre vasos com sardinheiras vermelhas e duas cadeiras.
Nas cadeiras ninguém sentado a olhar o rio que serpenteia, ao fundo, na planície de veludo verde.

9 comentários:

Anónimo disse...

Para que serve uma bonita paisagem se ninguém a vê?

Rosa dos Ventos disse...

Talvez as cadeiras sejam ocupadas em sonhos!

Anónimo disse...

Como gostava de estar sentada numa dessas cadeiras...

Re:Já obtive o texto integral de Daniel Filipe para tentar perceber o final daquela história.
Espero que se tenham reencontrado... eu também gosto de finais felizes. Muito.

Maria P. disse...

Será? Ninguém mesmo?...não creio.

Beijinho:)

Esplanando disse...

Onde!? Onde!? Onde!?

Rosa dos Ventos disse...

Onde quiseres!
O Natal é quando um homem quiser.
Uma casa destas é onde um homem quiser!

Anónimo disse...

Parece-me ser um bom sítio para relaxar

Luisa Oliveira disse...

Não queres ir lá passar uma tarde comigo, um dia destes?

Rosa dos Ventos disse...

Fecha os olhos e avisa antes de partires!;))