sexta-feira, Julho 25, 2014

No Tempo Dividido




E agora ó Deuses que vos direi de mim?
Tardes inertes morrem no jardim.
Esqueci-me de vós e sem memória
Caminho nos caminhos onde o tempo
Como um monstro a si próprio se devora.

Sophia de Mello Breyner Andresen

terça-feira, Julho 22, 2014

Príncipes


Este príncipe faz hoje um ano e já anda há um mês... 


E este já fez um ano há um mês e nada de se pôr a andar...
Parece-me mal!

quinta-feira, Julho 17, 2014

Colheita de morangos



A minha produção de morangos está a ser ligeiramente inferior à das ameixas...em todo o caso ainda há meia dúzia para o Dinis colher este fim de semana!

terça-feira, Julho 15, 2014

Duelo à sombra

Primeiro e em posição estratégica observa-se bem o adversário...


Depois iniciam-se as hostilidades...


Finalmente a "donzela" pode apreciar, através da vidraça, a valentia dos pretendentes!
Penso que empataram...


segunda-feira, Julho 14, 2014

Ano de ameixas, ano de queixas

Têm sido tantas as ameixas vermelhas...




Que só hoje começámos a apanhar as amarelas...



Das vermelhas ainda deu para fazer uns frasquitos de doce que ficou a dar para o agridoce...

Gosto de ameixas mas a ser verdade o dito popular "Ano de ameixas, ano de queixas" seria bom que para o ano não houvesse tantas!

domingo, Julho 13, 2014

Mundial de futebol


Hoje joga-se a final entre a Argentina e a Alemanha, como toda a gente sabe!
Gostaria que ganhasse a Argentina por ser "latina" mas que ganhe a melhor equipa!
Quanto ao Mundial em si, confesso que o que achei mesmo bom foram os "doodles"!

sexta-feira, Julho 11, 2014

Beautiful Boy



Porque o meu rapaz faz anos hoje!

segunda-feira, Julho 07, 2014

Tempo de agapantos



Florescem agapantos azuis e brancos
É tempo de espantos
E de prantos
Mas também de encantos
Quando florescem agapantos
Pelos recantos!



sábado, Julho 05, 2014

Como quem ama...

Na manhã adormecida, o assobio do amolador de tesouras infiltrou-se por uma frincha da janela, veio cantar-me ao ouvido e enrolou-se em mim como quem ama!
Muito prosaicamente pensei "Ainda  hoje chove!"!

quarta-feira, Julho 02, 2014

De saco cheio


Estou "de saco cheio" de coisas que seria fastidioso enumerá-las, umas porque incomodam toda a gente, outras porque são do foro pessoal.
Assim decidi comprar outro saco para começar a enchê-lo mas agora de coisas agradáveis!
A propósito de sacos, estou de malas aviadas para um período de férias...em casa!
Estou a precisar de mudar de ares...
O saco que comprei na "Parfois", passe a publicidade, é deste modelo mas em creme, com forro vermelho e é reversível...dentro traz ainda outro saco em castanho de pele sintética bem maleável.
Quer dizer que comprei três sacos num, por um preço muito acessível, mesmo ao meu gosto!

terça-feira, Julho 01, 2014

Sophia de Mello


Amanhã, os restos mortais de Sophia de Mello serão trasladados para o Panteão Nacional onde repousarão junto de outros ilustres portugueses que da lei da morte se foram libertando.
Contudo a sua filha Maria  diz que  "Era mais importante estar nas escolas do que no Panteão' - Artes - DN" e tem toda a razão.
Quando eu leccionava o 12º ano de Português da área de Humanidades, a sua poesia fazia parte do programa e alunos e alunas aderiam com gosto à sua expressão concisa e brilhante.
Lembro aqui  um dos seus poemas que muito me diz:

Ausência

Num deserto sem água
Numa noite sem lua
Num país sem nome
Ou numa terra nua


Por maior que seja o desespero
Nenhuma ausência é mais funda do que a tua.

Sophia de Mello

quarta-feira, Junho 25, 2014

Soldados da Paz

Junho avança e com isso os soldados da paz não têm descanso!
Não estou a falar dos valorosos bombeiros mas dos avós que enchem as praças, jardins e parques numa missão também bem meritória.

terça-feira, Junho 24, 2014

In vino veritas







E foi um belo almoço em excelente companhia, com a serra de Montejunto ao fundo!
Não é um enigma!

sexta-feira, Junho 20, 2014

Desamores



Este "jovem" ainda não percebeu...



...que a "donzela" não está minimamente interessada nele!
Acontece aos melhores!

quarta-feira, Junho 18, 2014

Quinta da Granja

Ontem o meu neto Dinis realizou, com o seu grupo da creche, uma "visita de estudo" à Quinta da Granja, em Loures, local que não conheço.





Como a creche colocou no mural do facebook fotos da visita, pedi licença para poder expor esta ,embora não se vejam os rostos das crianças.
Na sala dele há apenas três meninas e nove meninos e, pelos vistos, faltou um.
Reconheci-o não só pelos calções e pelas sandálias mas também porque vai a correr, actividade que pratica com afinco!
Parece que a visita foi um sucesso uma vez que ele vinha muito entusiasmado com todos os animais que viu e que conseguiu enumerar.

sexta-feira, Junho 13, 2014

Segue o teu destino...



Claro que não poderia esquecer que neste dia, em 1888, nasceu Fernando Pessoa, um génio da poesia portuguesa.
Escolhi um poema do heterónimo Ricardo Reis declamado no doce português do Brasil.

quarta-feira, Junho 11, 2014

Le temps des cerises




A cerejeira que está ao fundo do quintalito/terraço/jardim tem um ramo enxertado onde ainda há cerejas...só que ou as comemos assim ou serão banquete para os melros que já fizeram o mesmo às restantes!
Eu bem os ouço, o dia inteiro, em alegre chilreada mas as nossas jogadas de antecipação não nos adoçam a boca.
Quem nos adoçou a boca foi uma amiga que nos trouxe do Fundão uma caixa de cerejas, daquelas que parecem ameixas miúdas! 









E já que estamos no tempo das cerejas ofereço aos amantes da bela língua francesa esta canção tão melodiosa!

terça-feira, Junho 10, 2014

Na Fonte Está Lianor



Uma simples homenagem a Luís de Camões!

sábado, Junho 07, 2014

Portugal, Portugal




Ontem, Jorge Palma deu um concerto em Ourém!
Não pude ir porque tinha ensaio do coro e tenho faltado muito...
Mas deixo-vos o desejo de um bom fim de semana com esta canção que tem um refrão muito actual!

quinta-feira, Junho 05, 2014

Feira do Livro



Domingo, dia 1, Dia da Criança, não foi de todo a melhor data para ir à Feira do Livro mas não tinha outra hipótese!
Havia muita gente, actividades para as crianças, uma vez que era o seu dia, muitos casais com carrinhos de bebés que "atravancavam" os acessos aos pavilhões, tudo aquilo que dá vida a um espaço mas que perturba quem quer olhar, ler, comparar com vagar, sem empurrões, nem pisadelas.




Deu para avistar Mia Couto rodeado de gente a pedir-lhe autógrafos (aliás havia muitos autores)...


Um belo cartaz anunciando as Festas da Cidade...este evento já faz parte das Festas...


Sabiam disto? Acho pouco!


Entre as actividades para a garotada havia xadrez jogado a preceito...


Havia gente a descansar na relva com ar bastante ternurento...


Os jacarandás nunca nos decepcionam...



E, finalmente, o único livro que comprei e que nem sequer fazia parte da lista que levei e que desisti de procurar por causa do excesso de gente.
Gostei do título, estou a gostar do género e talvez fale dele um dia destes...ou talvez não!
Na primeira página diz o seguinte:

"Felizes os amados e os amantes e os que podem 
prescindir do amor.
Felizes os felizes."

JORGE LUIS BORGES

Achei interessante!