terça-feira, outubro 20, 2009

Fim-de-semana prolongado...

Começámos por aqui...

Cidade de ruas estreitas...

De igrejas imponentes...


Com um sentido muito democrático de santidade!



Do antigo castelo resta apenas a Torre.




Tem asas mas não voa!
Que cidade é esta?
Fácil, não é?





25 comentários:

Bartolomeu disse...

Parecem-me as ruas de Lamego... já não vou lá desde "puto"...

Oliva verde disse...

Não sei mesmo! Mas quero conhecer, pois então!Fico a aguardar que nos reveles por onde andaste.
Um abraço

goiaba disse...

Não sei mas aguardo quem diga.
Que bom esses passeios de fim de semana!
Abraço

Maria disse...

Cidade com igrejas imponentes... conheço duas: Óbidos (acho que é vila) e Braga...
Óbidos não é. Será Braga?

Abraço

Madrigal disse...

Enquanto não tornares a fotografar pelourinhos não te comento...

PS. Fiz um post(zinho) que te dedico em jeito de brincadeira, crente no teu sentido de humor.

Abraço

Jorge

Bartolomeu disse...

A Maria tem toda a razão e se eu fosse bom observador, sobido à torre do castelo e avistaria logo a resposta.
;)

Anónimo disse...

Fiz o quiche/tarte de cebola! E saí-me bem!
Mas devo admitir uma coisa: comprei a massa já feita!
De qualquer modo... uma delícia!
Obgda pela receita.
E fico a aguardar .... Por onde andou a passear?
RS

map disse...

Também arrisco Braga.
Com o título que puseste, parece que não terei de confirmar o jantar. Cá estaremos 5ª feira?

JPD disse...

Não sei.
Hesito!

Aguardo resposta.

maria mar disse...

A 1ª foto nao é do Arco da Porta Nova em Braga, Rosa-arredonda-a-saia???
Com igrejas imponentes, só pode...ou estarei enganada?

Kissss

Luis Eme disse...

não sei... mas tem ares dos nortes...

abraço Rosa

Rosa dos Ventos disse...

Caros amigos
Com tanta igreja e caixas de esmolas tão originais, além de belezas que não postei só podia ser Braga! :-))
Desta vez o enigma foi fácil de decifrar.

Abraço

Rosa dos Ventos disse...

Exactamente, Maria Mar!
O Arco da Porta Nova, não cheguei a encontrar o da Porta Velha! :-))

Abraço

Rosa dos Ventos disse...

Cara RS
Ainda bem que a receita não saiu "furada"! :-))
E a menina comprou a massa na padaria ou também há desta congelada?


Abraço

mlu disse...

Também identifiquei Braga pelo arco da 1ª foto. É um «ex libris» desta cidade especial de que gosto muito!
Obrigada pelas fotos.

Um abraço.

Alberto David disse...

Aqui fica um pequeno poema:

"Minha cidade, Braga, é brilhante.
As pessoas, dentro, são rizonhas.
Aqui há sossego e serenidade,
Tão linda que eu quero lá ficar.
Os prédios tocam o sol e a lua,
Também é tão macia como uma ameixa."

Não estou em forma, e com as aulas da Terceira Idade, não sei como me virar, obrigada pelos comentários, são o que dá vida a qualquer blog.
Um abraço amigo

Rosa dos Ventos disse...

Caro Alberto David
Obrigada pelos versinhos sempre a propósito!
E já agora, dás ou recebes aulas?
Tenho um conceito muito especial das Universidades para a Terceira Idade...

Abraço

Dina disse...

Este enigma eu não acertava...já reconheci n'outro sítio que não conheço Braga...

Rosa dos Ventos disse...

Dinita
Vale a pena visitar esta cidade que fervilha de gente jovem e tem uma enorme riqueza patrimonial.

Abraço

Si disse...

Ufa, ainda bem que só cheguei aqui depois da resposta dada, ou ficaria embaraçada pela ignorância em reconhecer a cidade....
Ainda se fosse ali mais para o centro, com um castelo altaneiro e um rio que namora brisas, já era mais fácil... ;)

Alberto David disse...

Cara Amiga, dou aulas de Informática e economia,(estou a tentar inovar com aulas online no endereço: www.uati-informaticainternet.blogspot.com.), já agora,gostava de saber o teu conceito sobre este tipo de Universidades.
Um abraço amigo

legivel disse...

... Braga "está feita" uma bela cidade e onde as referências à religião católica são uma constante... e "democráticas", como a tua máquina-boa-observadora faz referência.

Uma passeata que deve ter valido bem a pena, pelos vistos.

Abraços.

Tite disse...

Pois...
1º dás o enigma e só depois falas sobre Ponte de Lima.

Era meio caminho andado para se chegar à solução se tivesse aparecido na ordem contrária.

Claro que não menosprezo a tua inteligência.

Só tenho que confessar a minha ignorância quanto à estátua alada. Não me lembro de a ter visto e nem sei quem ou o que representa. Podia ensinar aqui ao pessoal como eu, que não tem vergonha de dizer quando não sabe?

Fico à espera...

Rosa dos Ventos disse...

Caríssima Tite
A estátua alada encontra-se quase ao fundo da rua, vinda do lado da Sé, que desemboca na Praça Central (digo eu, que não lhe fixei o nome), aquela praça cheia de lagos com repuxos...
Quanto à simbologia desta estátua também a desconheço, mas pareceu-me como que uma tentativa de se fazer un contraponto "satânico" numa cidade tão marcada pelo religioso.
É que a estátua é alada mas nada tem de angelical! :-))

Abraço

Tite disse...

Obrigada amiga Rosa por tão completo esclarecimento.
Penso então que seja uma estátua recente ou então já não passo lá há muito tempo.
Tenho que voltar às minhas escapadas mas estou tão agarrada à casinha dos meus sonhos e ao jardim que tanto ambicionei que hoje em dia me custa estar fora dela mais que dois dias seguidos.
Assim, vou visitando os sites das amigas virtuais para me ir actualizando.

Abraços

PS - Lá mais para a Primavera vou insistir no encontro para almoçar o tão prometido sável.