sexta-feira, fevereiro 25, 2011

Primavera

Se tu soubesses
como é urgente chegar a primavera
Como é imensa a raiva que se sente
- muda de desesperada e impotente -
Por a saber à espera
Como nós dependente de uma burocracia
Aguardando o despacho modelo número tantos
Dum qualquer requerimento
escrito sem erros, emendas ou rasuras
Data do próprio dia
Segundo as normas, rígido, legal
E na linha final a assinatura do senhor ministro supervisor do tempo.

Maria Eugénia Cunhal, in "As Mãos E O Gesto"

22 comentários:

JOÃO SENA disse...

"Se tu soubesses
como é urgente chegar a primavera ..."
estou farto deste inverno que foi muito mais além do nosso descontentamento.
Um abraço AMIGA
js

flor de jasmim disse...

Como é urgente chegar a Primavera que nos traz a terra florida. Ai como eu preciso para viver de ver sol de ver flores, estou cançada deste horizonte cinzento e frio.
Beijinho

Teresa disse...

Lindo, não conhecia!
Bjs e bom fim de semana (que parece primavera!)

Rogério Pereira disse...

Primavera
Quem me dera,
na rota do coração

e porque poema se paga com canção:

Vento sul, vento Suão
Vento Norte, viração
Rosa dos Ventos perdida
na rota do coração

Estamos na mesma rota...

Justine disse...

Adoro a ironia do poema:))
Sabe tão bem, esta primavera subversiva, fora do tempo, desobediente da burocracia:)))

Nina disse...

Ai, a Primavera!

Desconhecia este poema.:)

bji

Sonhadora disse...

Se tu soubesses como eu gosto da Primavera!
Com os passarinhos a voar
Com os rabinhos a dar a dar
Com as florinhas a brotar
E eu feliz a apreciar
e como o meu "nome" diz, a sonhar... rsrsrs

Obrigada pelo poema que desconhecia.

Beijo

Anónimo disse...

LINDO, Rosa!
O Poema é belo e significativo e a desejada Primavera que venha depressa e alegre quantos anseiam pela LUZ e pelo Amor que una toda a Humanidade. UM

Pitanga Doce disse...

Aqui espera-se pelo Outono. É o nosso refresco do Verão.

beijos pitangueiros

Catarina disse...

Não conhecia. Fiquei mais rica.
E esta é uma das muitas razões que o teu blogue me atraiu desde a primeira visita.

Duarte disse...

Se a Primavera é
quem os pode iluminar
que não demore!
já está a tardar...

Abraços

carol disse...

Ó Rosa, tu desculpa-me, mas este poema, que não conhecia, sugere-me (desculpa) uma primavera ... marcelista (?)

Anónimo disse...

Pois somos muitos à espera da primavera,sempre animados da esperança que nos traga mais luz,mais calor,mais gosto de viver.O que é preciso é não cruzar os braços.Fez-se a compostagem, deu-se um jeitinho à terra plantaram-se os bolbos em Outubro,até se semearam as favas e ervilhas em Janeiro,podou-se o que estava a mais e lá estão as primeiras flores a abrir, os rebentinhos verdes a cobrir o que pareciam ramos secos.Enfim eu gosto muito da primavera (fecho de todas as minhas redacções da segunda classe,fosse o tema a primavera,o verão,o outono ou mesmo o inverno)Neste momento,já nem espero decreto,entrego-me nas mãos do Senhor S.Pedro (o do céu)
e fico-me a sonhar impossíveis.Abraço Kinkas

São disse...

Nunca lera nada da irmã de Álvaro Cunhal e me agradou.
O meu desejo de bom fim de semana

tulipa disse...

Li algures esta frase:
Quando os filhos saem de casa e deixam espaços vazios, que nada preenche, somos seres em combustão. Quase a rebentar...

Como estou em total acordo!

Daí que me sinto no outono da vida, pela tristeza que existe dentro de mim, mas...a presença dos meus netos faz-me sentir à espera da primavera, sempre animada da esperança que nos traga mais luz, mais calor, mais gosto de viver.

Como é bom presenciar as primeiras flores a abrir.

Bom fim de semana.
Beijos.

Meg disse...

Adorei este espaço. Beleza de palavras.
Voltarei
Meg

Mariz disse...

Adoro a primavera, com suas flores e cores vibrantes, ainda estamos por aqui com imenso calor, é o verão, muito além, com temperaturas super altas.


mil beijos!

goiaba disse...

Gostei! Que urgência tenho da Primavera!

Vieira Calado disse...

Ah,

mas a Primavera está a chegar!

Saudações poéticas

maria mar disse...

Vem aí, mas ainda vamos ter que esperar um pouco. Quem me dera que fosse em breve, pela alegria e dias bonitos que traz.
Bjinho Rosinha

Paty disse...

Lindo poema.. não conhecia, realmente a primavera é uma das mais lindas estações....

ótimo Domingo.... Lindo seu blog

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Estas visitas esporádicas que a Primavera nos vai fazendo, para s retirar em silêncio, dando de novo lugar ao Inverno, provocam-me uma grande nostalgia.