terça-feira, julho 13, 2010

No Bairro Alto

Aqui o acordo ortográfico já foi implementado!



12 comentários:

AC disse...

Com certeza, no fim da festa, as coisas estavam tão animadas que o acento da música quis ser vadio.
:)

Bjs

Maria disse...

Hehehehehehe.... coisas à bairro alto...

Um abraço.

Paloma disse...

Vejo que não é só no Rio de Janeiro
que cartazes revelam erros de por-
tuguês. Geralmente vemos muitos
erros de concordância.

Lídia Borges disse...

Um assento mesmo agudo...
Então não é que foge da música e vai meter-se com um vadio.Ele há cada uma! :)

Um beijo

Rui da Bica disse...

hehehehehe
Bem apanhado e bem comentado !
:))))
.

carol disse...

É um fado vádio tipo residêncial...

mlu disse...

Já nem digo nada! Estes comentários são todos apropriados e divertidos! Ah!Ah!Ah!
A propósito: há muitos anos, uma prof., de viagem com a família, vinha cheia de fome e ansiosa por encontrar um restaurante. Quando encontraram um sítio onde serviam refeições, havia na parede o seguinte "cartaz": «se ceres comer assove». Diz a esfomeada prof: Vamos embora, passou-me o apetite, recuso-me a comer num sítio destes!

Abraço.

H.B. disse...

Também aquele restaurante onde um cartaz dizia " servem.se sandes de toda a espécie " ,. entrou lá o prof. e pediu :uma sandes de crocodilo
O empregado respondeu ; um momento sff
Passado muito pouco tempo voltou e disse . peço desculpa , mas o pão acabou-se agora mesmo ..
hé, hé hé ...

RV - andas muito em festas , ainda bem . Continua

Isa GT disse...

Cara amiga, quanto ao teu comentário não ter aparecido, foi porque ontem nem tive tempo de abrir o computador.

Já vi que houve um duplo aniversário e uma ida ao Bairro Alto, mas mesmo mais tarde, por aqui não falho :)

Estou para ver o novo acordo ortográfico, deve sair coisa linda porque nem o velho ainda sabem escrever lol lol

Bjos

Justine disse...

Já estou a ficar com saudades de ver os "c" e os "p" mudos nas nossas palavras:))))

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Aqui também tem. 'CONCERTO DE BIBICLETAS'. 'NÃO A VAGAS'. E por vai. Beijos

Rosa dos Ventos disse...

Os comentários à acentuação saíram com sentido de humor!
Falando a sério do Acordo Ortográfico, eu não concordo com ele.
Se nós, lusófonos, falamos com uma sonoridade diferente e com um vocabulário contextualizado por que razão havemos de escrever igual?
E as diferenças são tão "saborosas"...
Já estou como a Justine!
Ainda bem que já não dou aulas, o que eu haveria de refilar como professora de Português! :-))

Abraço