sexta-feira, julho 09, 2010

Homenagem a Vinicius

O Elefantinho

Onde vais, elefantinho
Correndo pelo caminho
Assim tão desconsolado?
Andas perdido, bichinho
Espetaste o pé no espinho
Que sentes, pobre coitado?

- Estou com um medo danado
Encontrei um passarinho!

Vinicius de Moraes


Nota: Faz hoje 30 anos que Vinicius de Moraes nos deixou...
De toda a sua vasta, riquíssima e inspiradíssima produção poética escolhi um tema infantil para lhe prestar a minha homenagem.
Se tivesse uma criança por perto ensinava-lhe este delicioso poema...

16 comentários:

Pitanga Doce disse...

Sabes Rosa, não guardei o dia em que ele nos deixou mas sim o dia que veio para nós. Fazia anos no mesmo dia que eu. 19 de outubro. Ah esse Librianos que são só coração!

beijos e bom fim de semana para ti.

Rui da Bica disse...

Jáááá ... 30 anos !!!
Estou velho, minha amiga ! :((
Ficou a obra por muitos e muitos mais anos !
Delicioso o poema, que eu desconhecia. Curiosamente é reconhecido o medo dos elefantes pelos ratos ...
bjs
.

Justine disse...

Que encanto, Rosa! Não conhecia este poema:)))
Obrigada, um beijo

Maria disse...

O Vinicius sempre a surpreender-nos...
Há 30 anos estava na Festa do Avante, no Alto da Ajuda.
No palco, Chico Buarque, Edu Lobo e Simone. Imaginas a emoção...

Um abraço.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Oportuna recordação de um homem ENORME!

Isa GT disse...

Pois se não mo tivesses recordado, tinha-me passado.
Quanto ao poema, tenho a quem o ensinar ;)

Beijinhos

Paloma disse...

Adoro Vinicius de Moraes.Suas musi-
cas e poesias, como SONETO DE FIDE-
LIDADE e outras. Ele viveu intensa-
mente. Era um homem culto,um diplo-
mata. Teve muitos amores e sabia,
como ninguém falar dos sentimentos.

Duarte disse...

Que maravilha!
Conheço bastante a obra do Vinícius, especialmente os seus sonetos, mas desconhecia esta sensibilidade sua. Bom, quem escreve aquilo faz isto, tudo é sensibilidade.
Adorei, Obrigado.
Abraços

Lilá(s) disse...

Este poema não conhecia, que encanto! vou guardar.
Bjs

Anónimo disse...

Obrigada,Rosa.
Kinkas

via disse...

Ao Vinicius, poeta brasileiro e grande contador de histórias!

mlu disse...

Vou guardar o poema que não conhecia. É lindo!
Vinicius é sempre uma delícia! Obrigada.

Abraço

Vieira Calado disse...

Bem apropriado para os miúdos.

Faz-me lembrar o Leonel Neves
(que por acaso era meu estimado primo)

Saudações poéticas

tsiwari disse...

Poesia, sonho, sensibilidade, humor...


:)*

Há.dias.assim disse...

Sou fã incondicional de Vinicius. Não serei original se disser que ele faz parte da minha história de amor, mas é a mais pura verdade.

Tite disse...

Seguindo o teu conselho, querida amiga, vou reter o poema para dizer às minhas netas.

O poeta merece ser recordado todos os dias.

Beijosssss