sábado, julho 03, 2010

Doidos por Vespas

O pai do António tinha uma Vespa, isto nos anos 60.
O António, que não vivia na minha aldeia, agora já vila, passava dezenas de vezes à minha porta, conduzindo a Vespa do pai.
De óculos escuros, sardento, de cabelo louro, curto e com um remoinho atrás, pés ligeiramente de lado, o António era o máximo naquela Vespa azul celeste.
A pé não tinha graça nenhuma!
Lembrei-me dele e da "sua" Vespa porque este fim-de-semana decorre o "Vespa World Days aqui nesta santa terra.
Já vi centenas delas mas do António, nem sinal!

14 comentários:

mlu disse...

Realmente, em cima deste azul celeste, o rapaz devia ficar um espanto mas acho que olhavam mais para a Vespa do que para ele. Ela, sim, é linda. Eu nunca "viajei" num veículo destes (ou parecido) e não tenciono experimentar mas... quem sabe? Até podia ser divertido!

Um abraço.

Pitanga Doce disse...

Aqui chamava-se lambreta. Mas eu nem era nascida. hehehehehehehehehehehehehhehe

H.B. disse...

Naquele tempo quem tinha um "lambreta" ou uma "Sachs" era o máximo . Eu não bicitleta tinha , por isso ....

Teresa disse...

Ah, a magia de passear, de cabelos ao vento, agarradinha à cintura do rapaz! Que saudades!
(Bolas, este fim de semana está cheio de posts nostálgicos, a começar pelo meu)
Vai continuando a olhar, pode ser que descubras o António. Embora, provavelmente, gordo, grisalho, de óculos, ou coisas ainda mais traumatizantes para a memória!
Bjs

Justine disse...

Ai esta nostalgia que nos assalta cada vez mais frequentemente!
Beijinhos

carol disse...

Faz lembrar aquele filme italiano, bem ousado para a época "Jéssica", lembras-te?

AC disse...

As Vespas, num tempo de míngua e de poucas novidades, eram sempre um copinho de água fresca em Verão escaldante, despertando apetites para enfrentar o vento...

Abraço

Rosa dos Ventos disse...

E o "Idílio em Setembro" com a Gina Lollobrigida e o Rock Hudson ?
Este para os mais velhos...
Claro que me lembro desse filme, Carol! :-)
E tu lembras-te do que referi ou ainda não eras nascida? :-))

Abraço

Isa GT disse...

Será que ele já optou por um Mercedes-Benz? lol

Beijinhos

Rui da Bica disse...

A vespa foi uma variação, posterior à Lambretta. Esta é que foi a grande coqueluche da época !

Elas eram a grande loucura das moças, porque era a oportunidade que tinham para andar agarradas ao rapaz.

Ainda te lembras desta ? ...(eu sei a música...)

"Rapaziada, isto agora é que vai bem!
Para conquistar não é preciso palheta…
Rapaziada, Elas choram…choram…
E até choram por mais…
só para andarem na brasa…
Para andarem de lambreta !!!"

Nota: e saíu uma numa rifa ao meu pai e ele vendeu-a para eu não andar, ... que era perigoso ...
.

Lilá(s) disse...

Bem! essa é mesmo gira!
Bjs

Maria P. disse...

:) Também gosto, "lambreta" é o nome que recordo, no outro dia vi uma amarela, tão gira! Claro toca a fotografar, tenho de mostrar lá em Casa:)

Beijinho*

JPD disse...

Quem for a Roma, experimentará a tirania das Vespas.

Mal abre o sinal para os piões, um «enxame» de vespas impede os piões de atravessar a passadeira.

Todos os veículos com mais de 25 anos tornam-se «giros»

Bjs

via disse...

foi a primeira moto que conduzi e são lindinhas mesmo.bjo