terça-feira, agosto 21, 2007

Fazer o quê, num T2?

Mas onde é que está uma árvore, um passarinho ou até um ratito daqueles que parecem de corda para eu brincar?



Que neura! Hoje, se calhar, não me levanto...
O que é que eu vou fazer?

.

23 comentários:

Mounti disse...

Sorte tenho eu... dizem!
Os que se julgam meus donos vivem num Téne, com portas e gateira para os espaços livres.
Há quem me inveje. E até há pouco tempo com razão.
Mas estas ventanias (não as tuas, rosa) estão a estragar tudo.
Pelo que a neura também mora aqui. Ando a arrastar os dormires pelos cantos da casa e dos sofás...
A minha solidariedade

Maria disse...

Não pue deixar de sorrir com a resposta do Mounti.
Pois se eu fosse bichano como este, também não me levantava hoje.....
Boa vida, a de gato...

Um abraço, Rosa

Papoila disse...

Tenho um exemplar desses cá em casa. O meu tem um fascínio por electrodomésticos, se julga informático...adora estar em cima do ecrã do PC ou do televisor...quando não se serve da impressora como cama.
Desde que esteja perto de nós... o leito escolhido não interessa.

Beijos
BF

Menina_marota disse...

Está explicado porque é que o meu Tareco "voou" cá de casa!
Mas ele tinha tanto espaço livre e os telhados dos vizinhos, mas "sonhava" que era pomba e um dia "voou" atrás delas... até agora não apareceu...

Lindos os teus gatos...


Beijinhos a ambos ;)))

Bartolomeu disse...

Tens um gato alpinista Rozinha?
Chama-se tareco?
Para que é que o gatinho vai querer um rato se te tem a ti?
;))))

LB disse...

Gatos num Tx? Parece que os gatos não se levam a passear, ou levam? Coitados...

Abraço

justine disse...

Rosa, tens de apresentar os teus bichanos aos felino-fãs! A (ou o)alpinista é giríssimo, mas o tigrado parece o meu Mounty, lindo de doer. Há lá animal mais gracioso???

Rosa dos Ventos disse...

A alpinista chama-se Nina, a tigrada é a Nocas e ainda há a Quikas, filha da tigrada.
Vivem as três no T2 por razões que já aflorei há uns tempos.
Na casa grande (a tal que foi feita para eu não morar nela) vive Petrus, o único macho.
Continuo muito renitente em voltar para lá mas estou a ver que estas gatinhas precisam de viver como verdadeiros felinos.
O que é que eu hei-de fazer?
Aceitam-se sugestões dos felino-fãs porque só eles é que entendem este dilema!

Maria P. disse...

Vou perguntar ao meu Perdido, se ele tiver alguma sugestão digo-te.

Adoro gatos!:)
Beijinho*

Eduardo Aleixo disse...

Eu expus o problema ao meu Novelo, que é o mais sábio, pois tem 14 anos. Quem ouviu a conversa foi a Lai-si, gatinha que fez ontem 1 ano. A Lai-si é selvagem, corredora, atiradiça, caçadora, os olhos verdes sempre à procura do salto e do buraco onde se meter...A Lai-si já caíu do 5º andar. Ou melhor: saltou da varanda: basta-lhe ver um pássaro a passar..Partiu a bacia. Foi operada. Está melhor do que eu. Pronta para outra. Quem ouviu tb a conversa foi o meu cão Gwyn. Eles conferenciaram. E vieram dizer-me que querem ser como são: felinos, livres, vaidosos, mas ...que não prescindem da presença dos donos.O cão, Gwyn, claro, disse que sim.Mandam todos miaus e rosnidelas para a Nina, a Nocas e o Quikas.
Eis o Parecer humilde, mas sincero, que transmito sobre esta matéria.

Eduardo Aleixo

justine disse...

O Mounty diz-me a toda a hora que morreria de tédio se tivesse que viver num apartamento. Que iria ele fazer se não tivesse árvores para subir, ratos e pássaros para caçar,sombras para dormir as sestas e as noites dormidas ao luar?
Está então decidido??? Eles é que mandam...

Rosa dos Ventos disse...

Lá terá que ser, tanto mais que há outro gato cá em casa (de duas patas)
que não se conforma com esta vida dividida.
E também gosta de trepar às árvores e de pássaros...e de fumar o seu cigarro no jardim, ao luar.
Creio que vou precisar de terapia para tomar essa decisão!

Rosa dos Ventos disse...

Agradeço à Maria P., ao Eduardo e à Justine a solidariedade manifestada!
3 abraços, um para cada um.

gotico disse...

Lá em casa mora a Rua,o seu primeiro amigo foi o Auris "um cão". Ela adora dormir na minha cama, mas não dispensa uma boa afiadela de unhas nas arvores. Quando foi lá para casa era muito pequena e vinha completamente mal tratada, vivia na rua, dai o seu nome ser Rua. Hoje está optima e até já tem um novo amigo o mezinho que é um bezero, tambel ele de estimação.

AnaG. disse...

Nada melhor melhor, que os amigos animais, para nos fazerem tomar decisões acertadas....

Acho que eles precisam mesmo de poderem subir às árvores, rebolarem-se no chão...visitarem os vizinhos e os amigos...

Há uns dias, que se fosse gata, também não saía da cama!!!

Beijitos

pin gente disse...

fica sim... a ouvir vanessa da mata... "nós gatos já nascemos..."
muito boa
beijinhos
luisa

ps - não se passa nada comigo, já voltei. podes voltar ao blog quando quiseres.

Su disse...

eu que amo gatos...amei os teus....mas esse gordo no quente está uma delicia....

jocas maradas e miados para eles

Um Momento disse...

Já parece a minha "estrelinha"
Tenho um "terraço" e ela anda sempre a esquivar-se para lá... deve procurar o tal"jardim"
Beijinho
(*)

Ida disse...

Eu tinha a Isaurinha, que até foi de mudança comigo para o Porto, quando eu decidi ir pa lá viver. Depois, na volta, eu só tinha a casa dos meus pais, onde já vivia uma feliz Pastora Alemã, a Blanche, a tia da Isaurinha minha irmã, rsolveu o problema levando-a para a casa dela, um T4. Quando eu finalmente retornei à minha casa, a Flavia, prima da Isaurinha, disse muito séria: "Dinda, a Zaza (Isaurinha foi simplificado) vai ficar comigo, vc arranja outro felino,s e quiser. Zaza está enorme, mal humorada e feliz com a família de adoção... Apartamentos não fazem tão mal aos gatos, mas claro, casas podem ser um bem enorme para humanos e felinos em conjunto.

Acho que hj tou como a Nocas, nem devia ter posto o pé fora da cama.

Desejo-te sabedoria na decisão... Beijinhos e miados... Amei o retorno dos felinos ao blog.

Anónimo disse...

nada,,,

CQ

Kincas disse...

Absolutamente nada...
Kincas

redonda disse...

Li primeiro o título e só depois vi as fotografias. Achei-as muito engraçadas e muito bem escolhido o título :)

Eyes wide open disse...

:)) tão giras... e a Nina tem mesmo ar de brincalhona. O que elas haveriam de gostar de afiar as unhas no tronco de uma árvore de um bonito jardim, e brincar com as folhas das árvores que andam pelo chão ;)

Mas também não têm ar de serem infelizes num T2. Os animais são em muito como os humanos... estão bem quando têm por perto quem lhes quer bem.

*