sábado, dezembro 09, 2006

O belo portal manuelino da Igreja Matriz da Golegã



O Cant´Auris foi cantar à Golegã!

Eis aqui uma perspectiva do belo portal manuelino da sua Igreja Matriz.

A pouca habilidade da fotógrafa deu este resultado: além do portal, três cabeças de jovens coralistas.

4 comentários:

Ida disse...

Belíssimo portal! Com cabeças e tudo. E qto ao poema, vou buscar mais do João Cabral, embora aquele seja o meu favorito.

Maria P. disse...

Uma porta de rendas!

Boa semana:)

Sérgio Ribeiro disse...

AS cabeças não estão lá por escolha estética da fotógrafa?
Como me lembro deste portal! A ele me acolhi com futuros compadres e afilhados (berrando como lhes era próprio) porque o padre da Golegã me aceitava como padrinho e os "cá da terra" achavam que eu estava em vias de ser o que acabei por vir a ser: um ateu impenitente.
Como se comprova, os padrecas de Ourém (dos Castelos e da Atouguia) é que tinham razão e os pobres afilhados é que tiveram um péssimo padrinho.
Coisas...

Rosa dos Ventos disse...

Foi um fim de semana ocupadíssimo, uma actuação na Golegã a 8, um casamento de família a 9 e o concerto de Natal a 10 - resultado - troquei o nome do coro, Chorus Auris, pelo nome do respectivo blog.
A Direcção e "associados" que me perdoem!
É, de facto, um portal de rendas como diz a Maria p. e belíssimo nas palavras da Ida.
Os ventos da lezíria têm outro "soprar", caro padrinho acolhido no aconchego de um portal manuelino!