segunda-feira, dezembro 25, 2006

Cuidado! O Natal é uma doença contagiosa...


Este é um pormenor de um dos presépios mais bonitos cá da terra!
Não resisti e saí ontem para o ver, ainda não estava pronto mas dá para se ter uma ideia.
À boca da noite terminou o assédio natalício de familiares e amigos:
- Não tem jeito nenhum passarem a noite de Natal os três sozinhos!
E eu:
- Ficamos muito bem! Um filho, um pai e uma mãe... não há vaquinha, nem burrinho mas há três gatas que também desempenham um bom papel!
Foi o Natal com menos figurantes da minha existência mas foi bonito também!

1 comentário:

Ida disse...

És uma querida! Obrigada pelas tuas palavras. Adorei a descrição do teu natal. Incluindo as gatas!!!:)

Que o menino vos traga um ano melhor, com alívio para todas as dores, que o ano novo traga-vos bálsamos que afastem o que foi muito mau no passado e só vos deixe lembrar o mel, sem fel. beijinho, do sul, bem mais ao sul do que o Ribatejo.