segunda-feira, fevereiro 04, 2013

Sozinha em casa...

A casa recebeu-me gélida e sombria!
Até fez com que os interruptores saíssem dos lugares habituais, levando-me a arranhar as paredes como se fosse uma das minhas gatas...Amanhã de manhã talvez já se tenha habituado de novo à minha presença.
Será que as casas também se zangam quando estão desabitadas?

18 comentários:

Mariposa Colorida disse...

São como os gatos...

Rui da Bica disse...

Pudera ! :((( ... então abandona-se assim uma casa, ainda por cima, quando está "doente", cheia de "hemorragias" ? ... rsrsrs
Ela precisa é de banhos de sol e ar puro ! eheh

Abraço ! :))
.

Graça Sampaio disse...

Claro que se zangam! Também ficam sozinhas... em casa!

Mas tenha para mim que isso passa com a chegada da primavera...

Beijinhos

Teté disse...

Se as paredes falassem... :)

Mas estava aqui a pensar que sozinha em casa, esporadicamente, nem sempre é mau... Depende muito das circunstâncias!

Abraço

luisa disse...

Ficam tristes... :)

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

creio bem que sim...Ninguém gosta de ser abandonado.
Boa semana

Anónimo disse...

Nem as casas gostam de ficar sozinhas...até se estragam mais depressa , acredite . M.A.A.

Flor de Jasmim disse...

também elas gostam do nosso calor e aconchego!
Boa semana Rosa

beijinho e uma flor

Rogério Pereira disse...

Não,
só que as pedras
tem uma maneira estranha e fria
de exprimirem a sua alegria

Abrindo as janelas
com o sol a entrar por elas
tudo lhe parecerá normal

Luis Eme disse...

somos bichos de tanta coisa, até de sensações, Rosa.

abraço

Lilá(s) disse...

Zangam sim e de que maneira...falta-lhes a lareira acesa!
Bjs

Anónimo disse...

Hello there I am so thrilled I found your weblog, I really found you by accident, while I was browsing
on Digg for something else, Regardless I am here now and would just like to say
many thanks for a marvelous post and a all round entertaining
blog (I also love the theme/design), I don't have time to look over it all at the moment but I have saved it and also added your RSS feeds, so when I have time I will be back to read a lot more, Please do keep up the excellent job.
Also see my website > perfumes

Rui Pascoal disse...

Foi a maneira de ela lhe dizer que sentiu a sua falta. Mime-a, fale com ela, cante-lhe uma canção... vai ver como ela volta a sorrir.
:)

Rosa dos Ventos disse...

Hoje a casa já me pareceu um pouco mais animada.
Ainda não cantei mas ontem à noite fui ao ensaio do coro, uma das coisas que estou a perder com este cá e lá...
Mas vou seguir o conselho do Rui Pascoal!

Abraço

Rosa dos Ventos disse...

Caro Rui da Bica
Como deixou de chover a garagem está sem "hemorragias" ...
Espero que se aguente assim enquanto cá estou porque "penas que não se vêem não se sentem"! :-))

Duarte disse...

A ausência prolongada faz com que nos descentremos e perdemos a noção dos espaços. Acabarás por adaptar-te... como acabo de comprovar no que acabas de escrever a posteriori.
Abraços

mlu disse...

Às vezes, transferimos rotinas anteriores para o nosso lugar habitual e "baralhamo-lo" todo! Já me tem acontecido e fico muito brava. Depois volta tudo ao normal!


Um abraço!

Catarina disse...

Zangarem-se propriamente, acho que não! Mas podem ficar tristes e/ou desmotivadas.