sexta-feira, outubro 08, 2010

Só para postar qualquer coisa...

Estou a ver que tenho de ir de barco para Ourém...
Hoje há ensaio e com as faltas que já dei tenho "a matéria" bastante atrasada, por isso lá terá que ser!
Andamos a ensaiar um "Glória" que nem daqui a um ano eu o saberei.
Se o quiserem ouvir é só ir a Cant´Auris, depois dirão de vossa justiça.

15 comentários:

Justine disse...

Há água a entrar na cozinha, e água a entrar no escritório! Daqui a pouco sou eu que tenho de andar de barco dentro de casa:))))
Bons ensaios, amiga!

AC disse...

De barco para Ourém a trautear o "Glória" até que não era mal visto. :)

Beijo :)

goiaba disse...

Ânimo, vai correr bem. Pena não poder ir, ouvir e acalmar.
Abraço

Pitanga Doce disse...

Por aqui, de vez enquando, também se faz necessário uns botes infláveis, mas é mais no Verão. Carago que as chuvas chegaram cedo este ano. O Outono é uma prévia do Inverno?

beijos Rosa e abraços à Gloria. hehehehe

Duarte disse...

Rosa, anima-te que a causa é boa.
Hoje falei com a minha irmã, e disse-me que no Porto estava a chover de consideração.
Cuida-te, mas se podes não faltes.
Abraços de vida

Rosa dos Ventos disse...

Não faltei!
Fui e vim em segurança mas com muito cuidado!
Os contraltos estiveram na berlinda... :-((

Abraço

Pitanga Doce disse...

E a Glória, também conseguiu chegar???

Rosa dos Ventos disse...

A Glória chegou em muito mau estado - despenteada, encharcada, a tossir!
No fim até teve que beber um cálice de Vinho do Porto...

Há.dias.assim disse...

vocês estão pior que eu...
A música ajuda.

Rosa dos Ventos disse...

Não ajudou tanto como isso, os contraltos fartaram-se de meter "água"...:-))
Por isso deu jeito o Vinho do Porto para aquecer a alma!

Abraço

Lilá(s) disse...

Vem aí em breve o verão de S. Martinho...já estou á espera.
Bjs

Tite disse...

Amiga,

A.Dvorak - Msza D-Dur op. 86 - Gloria

É esta Glória que vos está a apoquentar?
Admito que seja difícil de executar mas é muito bonita.
No final vais sentir-te realizada.

Beijosssss

Rosa dos Ventos disse...

É esse mesmo!
Acho difícil...
On verra, Tite!

Abraço

Madrigal disse...

Rosa, eu ainda hoje estou para perceber porque é que cada vez que eu canto as pessoas gritam: Piedade! Será que querem ir para a Cova da Piedade, ou que eu me apiede delas?

Abraço

Jorge

Rosa dos Ventos disse...

Se gritassem: Encarnação! - sempre te ficava mais perto! :-))

Abraço