domingo, janeiro 03, 2010

300

"300" foi o filme que vi ontem na RTP1 e que me fez recordar este episódio da história da civilização grega que estudávamos no antigo 3º ano do liceu, agora 7º de escolaridade.
Conta-nos os preparativos da batalha das Termópilas, os vários confrontos entre Leónidas, rei de Esparta, os seus 300 soldados e cerca de 7.000 aliados de outras "polis" ou cidades-estado helénicas contra o poderoso e numeroso exército persa, comandado por Xerxes que se intitulava "rei dos reis".
Foi esta odisseia que Zack Snyder, como director e produtor, adaptou ao cinema a partir de uma B.D. americana de Frank Miller e que, por isso mesmo, tem um registo extremamente original, imbuído de vários estilos cinematográficos.
Apesar de ser uma batalha desigual quanto ao número de beligerantes, os valentes espartanos conseguiram dizimar milhares e milhares de persas, retardar o seu avanço em território grego, salvando Atenas, graças a uma ardilosa escolha, por parte de Leónidas, do local do confronto - o apertado desfiladeiro das Termópilas, na zona central da Grécia.
Quando Xerxes ameaçou o rei espartano e o seu pequeno exército, dizendo: "Minhas flechas serão tão numerosas que obscurecerão o sol!", este respondeu: "Tanto melhor, combateremos à sombra!", sendo acompanhado pelas gargalhadas dos seus soldados.
É preciso não esquecer que a batalha se travou em pleno Agosto.
Na hora do confronto final, Leónidas deu ordem de retirada a todos os não espartanos e preparou-se com os seus homens para combater até à morte.
Os espartanos só regressavam a Esparta como vencedores ou mortos em cima dos seus escudos.
E assim foi!
Entre a morte como homens livres ou a vida como escravos escolheram morrer.
Nota: Não sei se esta batalha se estuda agora mas se se estudar, "300" é um belíssimo documentário a ser visionado pelos alunos.
A imagem é da net, como é óbvio...

9 comentários:

Justine disse...

Dás-nos várias razões para vermos esse filme, alunos de escola ou alunos da vida, que nos ensina sempre algo(se quisermos aprender, claro)
Beijo

H.B. disse...

Tb vi esse filme que só confirmou o que n0s ensinaram sobre os espartanos. Gostei da cena das flechas que obscureceram o sol ...

tsiwari disse...

É sempre bem vinda uma boa sugestão cinematográfica!

:)***

mlu disse...

Em Agosto, combater à sombra é sempre uma boa opção! Lembrava-me da história das setas mas não da resposta.
Obrigada pela sugestão!

Um abraço.

JPD disse...

A Grécia Antiga é inesgotável em ensinamentos.

Saudações

Dina disse...

A Madalena nasceu às 19h15 com 2,670kg. Parece uma bonequinha!

Maria P. disse...

Também estive a ver.
Não sei se é matéria para os alunos do 7º ano, mas pra o ano já vou saber, o meu Pedro está lá a chegar:)
Obrigada pela dica!

Beijinho*

Si disse...

Já o vi também.
Mas não acredito que hoje se estude este episódio, pelo menos com tanta minúcia.
O que é uma pena, porque cada vez mais me convenço que, embora a História se repita ciclicamente, não está na natureza do Homem aprender com os erros do passado, teimando em cometê-los de novo...

Tite disse...

Rosa,

Pelo que percebo lá irás vencer mais uma BlogOlimpíada, desta feita a de História.

Este filme também eu vi e confirmei que... Guerras não é comigo, nem plasticamente as aprecio.

A mensagem é que foi rica mas ninguém aprende mesmo com os Heróis da História.