quarta-feira, julho 17, 2013

Leituras...

"O que dói mais na miséria é a ignorância que ela tem de si mesma. Confrontados com a ausência de tudo, os homens abstêm-se do sonho, desarmando-se do desejo de serem outros. Existe no nada essa ilusão de plenitude que faz parar a vida e anoitecer as vozes."

Mia Couto, in Vozes Anoitecidas

21 comentários:

Rui Pascoal disse...

A minha cara-metade é da terra natal desse escritor e tem por ele uma certa adoração, mas eu não sou ciumento.
:)

http://tintacompinta.blogspot.pt/2012/04/confissao-da-leoa.html

Malu Silva disse...

Mia Couto é de uma sensibilidade que tortura. Escreve como quem vive profunda e plenamente os bons e os maus momentos... Eu gosto. Abraço

Catarina disse...

Como eu gosto de Mia Couto!...

quem és, que fazes aqui? disse...


Não me abstenho do sonhar com as planícies longas e cheias de sons e aromas. Por isso, gosto de Mia Couto.

Beijo

Laura

São disse...

Boa citação, mas não sei se concordo de todo.

Muitas pessoas têm consciência da sua situação e sonham, sim, em libertar-se.

Tudo de bom

Observador disse...

Pelos vistos, boas leituras.

Abraço

marina disse...

Gosto de o ler,mas dos sonhos é que eu não abdico ....os sonhos alimentam-me e sou de muito alimento!

Teté disse...

Já tinha lido essa belíssima citação, porque esse também foi um dos livros que comprei na Feira do Livro deste ano. Ainda não o li... :)

Abraço

Rui da Bica disse...

Sem pôr em causa as qualidades de grande escritor que ele é, sem qualquer dúvida, não estou nada de acordo com o teor da citação !
Acho que o que “dói” mais na miséria é precisamente o inverso : a consciência plena da sua existência ! Quem não a tem plenamente, vive inconscientemente na ilusão que ela não o atingiu e por isso não a sente !
Veja-se o caso de uma tribo africana ! Será que não são felizes ? Esses têm a ilusão da plenitude e são felizes por isso ! Não têm termos de comparação !
Inversamente é verdadeiramente infeliz quem está na miséria tendo “conhecimento” do que não é a miséria !
Acho que a primeira frase não se enquadra no resto, que isso,… já é outra coisa !

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Rosinhamiga

Cada um tem o direito de pensar por si próprio e exprimir o que pensou, pensa e pensará. É esse o fundamento essencial da Liberdade e da Democracia - que andam sempre associadas.

Eu não estou de acordo com o Bicamigo. Ou seja, a citação, muito oportuna e escolhida a dedo (parabéns!) tem de ser lida globalmente e no devido contexto.

E, como tenho a felicidade de conhecer pessoalmente o Mia Couto, ela reflecte, naturalmente a sua maneira de pensar, a sua maneira de ser, a sua maneira de encarar a vida; em suma, de viver.

Por isso concordo com o Mia Couto.

Qjs

Henrique

Flor de Jasmim disse...

Gosto muito de Mia Couto, mas não estou de todo em acordo, pois não se aplica a todos aqueles que a vivem.
Alguém que amo muito não está a viver na miséria porque ainda consigo ajudar e também tive amigos que ajudaram, não o irei esquecer, mas dói demais e a consciência está a destruir a casa segundo.
Desculpa Rosa talvez seja um desabafo, mas a realidade.

beijinho e uma flor

mlu disse...

Gosto de Mia Couto e acho que ele está triste, às vezes!
Fazer «anoitecer as vozes» é uma expressão que me deixa triste também, mas é belíssima!

Um abraço.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Sonhar? sempre! faz-me feliz e ainda não paga imposto

Rosa dos Ventos disse...

Penso que o primeiro período se refere não à miséria vista por quem nela vive sem disso se aperceber mas vista por fora, por quem se apercebe que ela existe...para responder ao Rui da Bica.
O final já é mais claro apesar do "anoitecer das vozes"!
Mas ainda bem que houve contraditório!
Significa que somos diferentes e fazemos leituras diferentes do mesmo texto.
Quanto a mim sonhambulo mais do que sonho!

Abraço

O meu pensamento viaja disse...

Admiro, venero Mia Couto!

O meu pensamento viaja disse...

Admiro, venero Mia Couto!

AC disse...

Mia Couto é dos que vale a pena ler.

Beijo :)

Anónimo disse...

Temos a mesma formação académica...só que eu não sei escrever uma linha apesar de admirar a sensibilidade e qualidade de a transpôr para o papel como ele tem .M.A.A.

Tétisq disse...

Cá está, Mia Couto! Gosto!
Quanto ao excerto concordo que a miséria tem essa 'virtude' ignorar-se, mas isso permite a quem vive nela - viver...

ematejoca disse...

Parece impossível, mas é verdade: não conheço a obra do Mia Couto.
Uma vez, trouxe da biblioteca um romance dele, que o devolvi sem o chegar a ler.

Neste momento, estou a ler o último romance de Donna Leon
"Beastly Things", que não é uma obra-prima, mas no Verão gosto de ler livros fáceis.

Abraço da amiga de longe!

Evanir disse...

Fico imensamente feliz quando tudo
se encaminha para a luz do bem e da verdade.
Quando tudo , que eu acredito esta acontecendo comigo.
Eu vejo a luz no final
do túnel iluminando minha saída para um mundo
risonho e muito mais feliz .
Eu acredito na paz , que existe no amor
e na verdade.
Quando olhar à sua volta e só enxergar somente problemas,
busque a verdade, que esta dentro do seu coração.
Amigos verdadeiros é como anjos da guarda
enviado dos céus , todos criados por Deus.
Agradeço a Deus cada laço de amizade ,
que eu criei nesse mundo.
Hoje desfruto do amor e
da bondade de vocês.
Deus esteja sempre contigo
nessa caminha longa das nossas vidas.
Um abençoado final de semana,
beijos e meu carinho hoje e sempre ,Evanir.