terça-feira, setembro 04, 2012

Porque é tempo de renovação...

Folhinha

Murchou a flor aberta ao sol do tempo.
Assim tinha de ser, neste renovo
Quotidiano,
Outro ano,
Outra flor,
Outro perfume.
O gume
Do cansaço
Vai ceifando,
E o braço 
Doutro sonho
Semeando.

É essa a eternidade:
A permanente rendição da vida.
Outro ano,
Outra flor,
Outro perfume.
E o lume
De não sei que ilusão a arder no cume
De não sei que expressão nunca atingida.

Miguel Torga


É assim que vejo a entrada de Setembro...

31 comentários:

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Passei e gostei daqui, estou seguindo para voltar mais vezes.
Este poema de Miguel Torga é lindo, eu adoro tudo o que ele escreve.

Deixo um beijinho
Sonhadora

Arnoldo Pimentel disse...

Renovar é preciso.Parabéns pela bela postagem.

quem és, que fazes aqui? disse...


Um profundo poema de torga... a uma "Folhinha".

Obrigada

Beijo

Laura

Justine disse...

E vês muito bem, pois o poema do Torga é excelente!
(para a próxima vez toca, está bem? Não perturbas ninguém...)
Abracinho

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

também me parece que vê muito bem, mas este ano o clima parece querer contrariar um bocado essa percepção.

Flor de Jasmim disse...

Um poema de Miguel Torga que eu gosto muito.
Beijinho e uma flor

Nina disse...

Não será assim que todos os professores o veem?:))
Para mim, um ano é letivo e não civil!:)
Lindo poema! Como eu gosto deste senhor!

Aquele abraço!
(e então? A mudança de visual faz-se?:))

Graça Sampaio disse...

O poema é muito belo como o são (quase) todos os deste nosso poeta. Mas é por isso que ele diz que eu não gosto de Setembro. Nem de Outubro. Gostos, né?

Duarte disse...

Assim é, temos um novo ciclo à porta.
Aqui continua a fazer calor, mas o dia já é bastante mais curto e o céu começa a envergonhar-se...
Abraços

Lilá(s) disse...

Adoro o poema e também adoro o Setembro, muito mais que Agosto.
Bjs

Teresa disse...

Não gosto muito da outono. Mas em contrapartida, gosto muito de Miguel Torga.
Bjs

Anónimo disse...

Este poema, que não conhecia, trouxe-me uma nova visão do Setembro que não considerava como preparativo de nova sementeira ,para renovação perpétua.Para mim,setembro era tão somente a porta para tempo de fechar os olhos,hibernar e sonhar primaveras.Obrigada,Rosinha.Kinkas

Pitanga Doce disse...

Eu vim aqui para ver as fotos que tens por aqui abaixo. Os frutos e o moinho e os caracóis. Meu Setembro se faz esquisito, apesar de gostar tanto dele. Acho que é saudade.

trepadeira disse...

Só o Adolfo Rocha,e a festa,para nos temperar Setembro.

Um abraço,
mário

Rui da Bica disse...

Setembro, como janeiro ou março, ou o dia do nosso aniversário podem muito bem ser o início de um novo ano, não necessariamente o ano civil !
"A permanente rendição da vida" pode
acontecer a cada momento !
A entrada de setembro é um deles !
Muito bom esse poema de Torga (não conhecia).
.

Teté disse...

Setembro lembra-me mais Odette de Saint-Maurice e alguns livros juvenis que escreveu! Se bem que Miguel Torga saiba sempre bem de ler e reles... :)

Abraço!

mlu disse...

Setembro anuncia-me o Outono, gosto!
De Torga gosto sempre e este poema é um espanto! Obrigada!


Um abraço!

Anónimo disse...

RV , agradeço as suas palavras. Um abraço. M.A.A.

luisa disse...

Também gosto de setembro :)

Luna disse...

tudo passa como a roda do tempo em renovação
beijinhos

maria mar disse...

É a renovação iniciada em Setembro, mesmo. As últimas colheitas e a Natureza a preparar-se....
Abraço, amiga

Catarina disse...

Depois das férias, fico sempre baralhada. Afinal, gosto ou não gosto de setembro? O mau hábito que esta gente (os canadianos) têm de dizer/pensar que o verão acaba assim que começa setembro. Ainda na terça a temperatura chegou a 33+! Quando entrar verdadeiramente na rotina do outono, então, sei que vou ficar entusiasmada com as cores lindas desta estação.... quanto ao inverno... pensar, nesta altura, em temperaturas a -25... “não sei o que pense, não sei o que diga” : )


Ó, Rosinha, publicaste este poema há dois dias e não tinha dado por nada! Estás muito rápida p’ra mim! : )
Abraço.

Carla Fernanda disse...

... tem que ser assim... seguindo em frente...

Bom fim de semana!!!

Evanir disse...

Uma das grandes bênções da vida
é a experiência que os anos vividos nos concebem.
Aniversariar é uma amostra das oportunidades que temos de aprender a contar os nossos dias.
mais uma janela e abre diante dos meus olhos,
mais um espinho foi retirado da flor,
restando somente a beleza de tão bela data.
Com fé, na esperança e no empenho por ser melhor a cada dia.
Seguindo pelos caminhos da verdade e do amor.
Um dia encontrarei o mais belo jardim, o jardim que representará a realização
dos meus maiores sonhos.
Com saudades .
desejo um feliz final de semana
venha curtir meu aniversário.
Beijos na sua Alma,Evanir.

São disse...

Viva Setembro, que é o meu mês!!!

Bom final de semana

Isa GT disse...

Estou a ver que, realmente, paraste na Terça e não falaste de Sexta ;)

Bjos

Rosa dos Ventos disse...

Estou com dificuldade de arranque, Isa GT! :-((

Abraço

Tite disse...

Gostei do modo como ele diz que aquilo que eu sinto cada vez mais e não gosto de sentir. Que estamos a chegar ao fim de mais um ciclo e isso significa que mais um Outono nesta fase (da vida) sente-se... DEMAIS!!!|!!!

Beijossssss

Anónimo disse...

[url=http://www.freewebs.com/lipit0r]can buy lipitor
[/url]lipitor price list
lipitor buy uk
order lipitor online
prices on generic lipitor
lipitor buy no prescription

Anónimo disse...

[url=http://www.microgiving.com/profile/clarithromycin]clarithromycin online
[/url]

Anónimo disse...

[url=http://sustiva-efavirenz.webs.com/]Sustiva 500 mg online
[/url] buy Generic Sustiva
Generic Sustiva 600 mg online
order Efavirenz