sexta-feira, janeiro 28, 2011

Onde é que passei?

Entusiasmada com os enigmas do Rui da Bica até me tenho esquecido dessa vertente do meu blogue, por isso aqui fica este.



Gosto de rios mesmo que sejam estreitos e de...


 passagens em arco...


Gosto também de estátuas no meio de praças adormecidas...

34 comentários:

Rui Pascoal disse...

Almocei por lá, faz amanhã quinze dias. E, como diz a canção, tenciono lá voltar a passar.
:)

Rui da Bica disse...

Passaste por uma terra cujo nome está ligado a 2 rios. Um deles é o que se vê na 1ª foto.
.

Maria disse...

Já disseram os dois comentadores anteriores.
Costumo ir lá aos doces conventuais :))))

Um abraço.

Rui da Bica disse...

Esta terra como quase todas, também tem uma Praça da República
.

Tite disse...

Amiga,

Pelas dicas já sei onde foste mas é tão cedo para desvendar já o mistério.
Foi lá que se realizou o Festival de Doces e Licores Conventuais não foi?
Agora ficam dois enigmas.

Beijossss

Manuela disse...

Querida Rosa, um dos rios é o Alcoa?!
Beijinhos e bom fim-de-semana :)

carol disse...

Com as dicas dos comentadores anteriores, até eu sei que se trata de uma terra com umas pastelarias.... hummmmm.... óptimas!
Não é que eu seja gulosa....

AC disse...

Bem, Rosa, já não há nada para dizer, o mistério foi desfeito nos comentários anteriores.
Com seguidores tão sagazes, por que não um enigma quase indecifrável?
Fica a proposta. :)

Beijo :)

as-nunes disse...

Eu aqui tão perto e já não passo por estes lados há imenso tempo.

Tantas que eram as passagens obrigatórias por aqui para seguir para o Litoral Centro-Oeste!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Também adoro rios. A maneira como se desviam dos obstáculos, me inspiram a viver. beijos

Oliva verde disse...

Confesso que não identifiquei logo!
Mas, com as dicas que por aqui fui vendo, descobri, claro!
Quem passa por ...
Não passa sem lá voltar!

Beijinhos

Rui da Bica disse...

...E o frango na púcara ?... Fantástico ! Comi-o lá pela 1ª vez ! :))
.

Lilá(s) disse...

Dantes gostava muito de almoçar o frango na púcar no "corações unidos" mas parece que agora a qualidade já não é a mesma...sobram as maçãs...
Beijinhos

Catarina disse...

Só cheguei agora. Li todos os comentários. Lá terei que ir ao google. Frango na púcara?! : ) hmmm

Catarina disse...

Pronto! Já descobri! Também lá passei mas uma só vez, há muitos anos. Recordo-me do mosteiro. E passei por L e estive uma semana em N .... etc, etc! Acertei, Rosa?! : )

Olhem que isto p’ra mim não é nada fácil!!!!!! : )

Sonhadora disse...

Será que quem por lá passa não passa sem lá voltar?
Isto cantava, creio eu, a Maria de Lurdes Resende.

Isa GT disse...

Tantos comentários e eu continuo cheia de dúvidas... tenho que cá passar outra vez para não dizer alguma barbaridade...
Isto são enigmas dentro de um enigma... e o frango na púcara foi o que me baralhou mais...

Bjos

Espaço do João disse...

Alcoa e Baça? Boa gente. Bons petiscos. É a vida... como dizia um senhor que eu cá sei.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Pelo rio não tinha chegado lá, mas pela estátua comecei a pensar que conhecia, mas não consegui localizar. Os comentários que inadvertidamente li, deram a resposta. Não há dúvidas. Já lá não vou há muito tempo, mas gosto da boa fruta que por lá há.

Pitanga Doce disse...

Pois olha, eu nunca fui! Mais uma para a minha lista de viagem. A última foto me deu ideia de uma cidade também muito linda, que também inspirou uma música e que diz assim: ""Eu não sei o que tenho em...

Rui da Bica disse...

(Pitanga Doce - desculpa intrometer-me Rosa, mas fiquei nostálgico) ...
... Eu não sei, que tenho em Évora. Que de Évora, me estou lembrando. E ao passar o rio Tejo, as ondas me vão levando ... (Luis Piçarra)
Por acaso aqui não é o caso, mas foi bem lembrado ! rsrs
.

Luis Eme disse...

esta era fácil (para quem conhece a terra, claro).

são poucas as terras com rios assim aparedados.

há uns anos estava muito sujinho, espero que com o tratamento de esgotos, esteja mais apresentável...

pior estavam os da quase vizinha Leiria...

abraço Rosa

map disse...

Eu já tinha tentado, mas não ousei arriscar. Agora, com os comentários publicados, já toda a gente sabe. O que talvez alguns não saibam é que há lá um espaço "Oficina das Artes", creio que se chama assim, "oferecida" à cidade pelo escultor José Aurélio, que não tem tido o apoio necessário à sua manutenção e que corre o risco de fechar. Vale a pena visitar (se ainda não fechou); fica muito perto do Mosteiro

HB disse...

O meu instinto foi logo lá , mas a razão não . Depois das dicas tudo ficou clarificado a favor do instinto. Não é local das minhas preferências , fui lá apenas uma ou duas vezes , visto que estava na Batalha a passar uns dias .
Uma boca , o "leão" sobrevirá ?

Rosa dos Ventos disse...

Excepcionalmente tenho o fim-de-semana muito preenchido!
À noite ou amanhã voltarei para então falar de Alcobaça, a tal que quem por lá passa não passa sem lá voltar... :-))
E claro que é Alcobaça!

Abraço

tulipa disse...

Não fui logo lá, porque acho que fui lá apenas uma vez e de passagem, não fiz aquela visita que se impunha fazer...quem sabe no próximo verão.

Olha, apreciei sim a 2ª imagem, porque também gosto de passagens em arco.

Um grande abraço de boa amizade.

Justine disse...

Cheguei tarde e a más horas - mas não é que desta vez eu sabia por onde tinhas andado? ´Na primeira foto reconheci a cidade:))
Abraços

carol disse...

Também eu, Rui da Bica! Tinha p'aí 11 anos....

carol disse...

Agora a música ( e a letra) ex-libris desta vila:

Quem passa por Alcobaça
Não passa sem lá voltar.
Por mais que tente e que faça,
É lembrança que não passa
Porque não pode passar.

Não se esquece facilmente,
Dos seus mercados a graça.
E o seu Mosteiro imponente
Recorda constantemente,
É lembrança que não passa.

Por mais que tente e que faça
Ninguém se pode esquecer,
Das margens do Rio Baça,
Nem do Alcoa que passa
Por ser mais lindo de ver.

Sua lembrança não passa,
Porque não pode passar
Por mais que tente e que faça,
Quem passa por Alcobaça
Tem que por força voltar.


http://www.youtube.com/watch?v=TenwesdEvNU

Rosa dos Ventos disse...

Querida Carol
No próximo jantar xanax tens que cantar esta canção! :-))

Nina disse...

Não sei de que foto partia este enigma, mas Alcobaça, pelo mosteiro e história que encerra de Pedro e Inês, não me passaria ao lado (se bem que há aqui imagens que desconhecia:))
bji

Nina disse...

Deixei o comentário no sítio errado:)

Rosa dos Ventos disse...

Eu não reedito os enigmas como o o Rui, Nina! :-))
Por acaso achei que desta vez valia a pena falar do trágico amor de Pedro e Inês e das chitas, já que ninguém o tinha referido!

Abraço caríssima parceira da Fonte do Rui

redonda disse...

Gostei muito das fotografias.
É engraçado porque estive aí há poucos anos, mas primeiro não estava a ver onde era...não sou lá muito observadora :)

beijinho