quarta-feira, dezembro 15, 2010

Dia de rosas...

Vivendo num planalto serrano, quando o coração me pede água nada como partir em direcção ao mar, sobretudo se o dia nasce radioso como o de hoje.


Depois do almoço que foi em local agradável do ponto de vista gastronómico mas nada fotogénico dirigimo-nos aqui...


Mergulhámos o olhar  neste mar, respirámos fundo...


Continuámos pelo pinhal, parámos noutra praia...


E encontrámos este bando de gaivotas em plenário.
Não deu para perceber qual era a ordem de trabalhos.

Nota: 
Se eu tivesse um milésimo da sensibilidade e criatividade de Sophia teria feito um poema a cheirar a maresia mas como sou uma prosaica, deixo-vos apenas com este simples apontamento de um  dia de rosas...

32 comentários:

Manuela disse...

Querida Rosa, estas tuas fotografias são elas próprias, um poema :)

Tite disse...

Que alívio!
Julguei que voltasses aos enigmas.
Até fiz uma tentativa com o meu marido de identificar o local que me é familiar mas...
esquece.

Acho que fiz este passeio no final das férias do meu filho.

Beijosssss

Pitanga Doce disse...

Não me importava nada de andar por estes teus "simples apontamentos". Desde que muito bem acompanhada, é claro. Adoro este céu lavado de Outono!

Boa noite, Rosa.

Justine disse...

Foi um dia de rosas, sim senhora! Tu foste até ao mar, eu caminhei pela serra, a cheirar a alecrim e a terra fresca.
Um beijo

trepadeira disse...

Uma maravilha.Lindas fotos.
As gaivotas?estou mesmo a ver,discutiam a crise,ou como correr quem a provoca.
Um abraço,
mário

Rosa dos Ventos disse...

Não perguntei onde é, Tite, mas podem tentar adivinhar!
É bem fácil...:-))
Se clicarem vê-se melhor, sobretudo o plenário das gaivotas.

carol disse...

Ah, pois é! Este cenário que eu conheço tão bem que tão belo é, não pões tu para a gente adivinhar ...
Tudo ao contrário! Não há direito! Tudo contra mim! Calimero... ...
Estou a brincar! De facto, as fotografias estão belíssimas, cheias de luz e do azul próprio dos dias de frio. Muito bonito!
Parabéns pela escolha do passeio e também pelo dia de hoje...

Beijinhos

Rosa dos Ventos disse...

Quando respondi à Tite disse que podiam dizer onde era, precisamente a pensar em ti! :-))
Diz lá então...

Maria disse...

Acho reconheço o mar da foto de baixo...
As outras parece-me que... desceste um pouco para sul :)))
(mas foi um passeio de poucos km.) :)

Um abraço

Alberto David disse...

A Flor

A flor nasceu
Para não morrer
Depois de alargar os campos
Alegra a alma de quem a colhe
Vivendo eternamente,
No local mais belo

Em que a plantamos

Aqui fica para ti do meu futuro livro Poemas e Pinturas, um abraço

Rui da Bica disse...

Fantástico o dia de hoje, bastante convidativo para um passeio desses e realmente as fotos já são um poema !
Tenho estado fora de casa, num computador do neto todo protegido (bloqueado) e por isso muito difícil para pesquisar.
Se 6ª fª ainda não estiver decifrado, vou tentar ! :)))
.

Catarina disse...

Que agradável passeio! O que eu não faria para passear à beira mar, mesmo com casaco de inverno, cachecol, luvas, botas e máscara de esqui se fosse necessário. Esta descrição de indumentária fez-me recordar uma ida à Flórida em Dezembro num ano particularmente friiiiiiio. O inverno, nesse ano, foi tão rigoroso no continente americano que afectou naturalmente este estado. Bem, passeámos na praia de casacos de inverno normais mas vi, pela primeira vez numa praia, duas senhoras a passearem de casacos de vison! : )

Maria P. disse...

:) Mas é um poema, assim...

Beijinho*

Isa GT disse...

Nem precisas dizer nada... as fotos falam por ti... até aqui me chegou... o cheirinho a maresia :)

Bjos

Bartolomeu disse...

Rosa, minha amiga;

Tu, que queres rimar como a Sophia
E julgas queo poema está na rima
O poema, está no Sol que te anima
No dia bom que viveste com alegria!

http://www.youtube.com/watch?v=dcjec7WZ41s&feature=related

;)

rouxinol de Bernardim disse...

Plenário de gaivotas? Bem visto... se calhar falam do impacto do capitalismo selvagem no meio ambiente...

EMPRESÁRIA DE SUCESSO disse...

Só pelas bonitas fotos já dá para sentir a maresia, bom Natal, bj

Luis Eme disse...

a minha Foz, a minha praia, o meu mar...

as minhas gaivotas...

abraço Rosa

(viste o restaurante "rosa dos ventos"?)

Rosa dos Ventos disse...

Não é a tua Foz, Luís, mas tenho que lá ir brevemente para ver, além da bela praia, o tal restaurante cuja foto postaste para mim, há já alguns anos...
Quantos? Talvez 3 ou 4...
Como me descobriste não sei, como te descobri não me lembro mas pertences ao 1º pelotão! :-))

Abraço

Tite disse...

Será que se eu colocar as iniciais ajuda?

Então aqui vai...
S.P de M.

Fui!!!!

Luis Eme disse...

é o que faz não olhar bem para as fotografias, Rosa...

o Mar pode ser um qualquer, Rosa, do Oeste (S. Pedro de Muel quase que ainda é do Oeste...) mas foi o edificio que me induziu em erro, parecia-me a parte do Facho, embora as casas por detrás estivessem bonitas demais...

mas depois percebi que não era, pela forma como tudo estava preservado (muito melhor que a Foz do Arelho) e pelos muros e candeeiros...

Rosa dos Ventos disse...

Não era um enigma mas é mesmo S. Pedro de Moel ou Muel que está um brinquinho!
As duas últimas fotos já foram tiradas na praia das Paredes ou da Vitória...
Mas o mar é o do Oeste, as gaivotas são de onde querem ser e a areia é uma manta dourada e macia...
A casa em 1º plano é a Casa-Museu Afonso Lopes Vieira que vale a pena visitar.

Abraço

Tite disse...

E ainda dizes que não tens jeito para a poesia.
Até nos comentários continuas a deliciar-nos com os teu olhar poético das coisas e dos sítios por onde passas.

Lilá(s) disse...

Não és Sophia mas gostei muito da tua poesia! e das fotos claro.
Bjs

Rui da Bica disse...

Já estou em casa e estive a pesquisar.
A primeira foto é de S. Pedro de Moel, seguidamente o pinhal na direcção de Nazaré e praias dessa zona. Não cheguei a tempo, mas palavra que só vi as respostas depois de ter pesquisado ! :)))
Fica para a próxima.
Bjs.

mlu disse...

É um consolo ver este céu e este mar em pleno Inverno!
Para mim, as gaivotas estariam a discutir as cotas que nos queriam(querem?) diminuir na UE...

Obrigada pelas fotos!

as-nunes disse...

A primeira foto leva-nos instintivamente à bela e aristocrática S. Pedro de Moel.
Aristocrática?! Boa!
O Oeste, Centro-Oeste de Portugal, como gostava de referenciar nas minhas lides de emissões de radioamador (CT1CIR - indicativo), agora tenho andado muito calado!...

Há lá mar mais azul que o deste "país lilás"?

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

E que belo apontamento com cheirinho a Primavera!

AC disse...

Um passeio maravilhoso, a despertar a minha cobiça.
Pode ser que um dia destes...!

beijo :)

bettips disse...

Praia de há tantos anos
que nem sei
como voltar, envergonhada.
A profundidade do azul, a cascata das casas - um dia a sonhar!
Obg e bjinho
(o doc irá sair em dvd, parece-me)

Maria Paz disse...

Praia das Paredes. Finalmente um enigma que eu conseguiria descobrir! Há lá um ou dois restaurantes onde se come muito bem.
Boas Festas.

Belisa disse...

OLá!

Boas Festas!