domingo, setembro 19, 2010

Antes de falar das mini-férias...

Antes de falar das mini-férias quero terminar o post anterior.
Fui então passar dois dias a um monte alentejano de agro-turismo que foram prenda de Natal e que estavam a correr o risco de "prescrever"...

Esta foi a minha companheira de piscina...

De uma mansidão e ternura que até dava vontade de a trazermos connosco, contra a vontade dos donos!
A cidade, mesmo ali ao lado, tinha ruas brancas e rectilíneas...

Candeeiros presos na boca de dragões e andorinhas a esvoaçar nos preparativos para a partida...
Tinha belos arcos sem flechas...

Jardins proibidos por onde se arrastam fantasmas à procura do esplendor de outrora...

E esta entrada monumental!
Que ninguém fique às portas da cidade!


Nota: Afinal em que cidade estive?
Eu e as minhas manias de enigmas...

19 comentários:

Isa GT disse...

Lindo sítio!
Adoro cães e essa, parece mesmo uma ternurinha, nem era preciso confirmares que se vê logo pela pose ;)))

Bjos

Catarina disse...

Há pessoas que anseiam conhecer o estrangeiro ... e tantos lugares bonitos por conhecer no país onde nasceram. Onde será?!

Vozes de Minha Alma disse...

O local evoca o esplendor de uma era, e essa entrada entre as duas torres lembram-me um portal para outro mundo.
Belas fotos, viajo no tempo.
Bjs.

Rui da Bica disse...

Eu sei onde foste. Vai por mail.
.

Há.dias.assim disse...

Ainda o ano passado aí estive e como comum mortal tenho uma foto aí nessa entrada.
O cão é lindo... Hoje vi um tão igual ao meu que as lágrimas me vieram aos olhos. tenho saudades dele.

Tite disse...

Olá querida amiga!

Bem, gostaria de acertar mas vai mesmo um tiro no escuro.
Será Vila Viçosa?
Algo me diz que sim pela entrada.
Já lá estive mas foi há tanto tempo que certezas não tenho.

Abraços

Ah! a cadelita é mesmo uma fofura.

Tite disse...

Voltei para dar uma outra dica que me parece mais correcta mas continuo bem receosa de falhar.

~Então lá vai porque sou aventureira.

Será a cidade de Beja? Outro sítio onde fui e que não explorei. Já lá vão muitos anos. Para ser mais precisa no dia 29 de Maio de 1985 em que havia futebol e se registou o desastre do Estádio Heysel na Bélgica, lembraste?

Agora já esgotei as minhas possibilidades.

Anónimo disse...

Temos um cão Labrador , preto, da mesma raça desta cadela. Depois de jantar, muitos pais, aqui do bairro, trazem os bébés e as crianças até junto ao portão para ver o " ão-ão" e podem puxar as orelhas , fazer coisas incríveis e eles são sempre bonacheirões.M.A.A.

carol disse...

Seja em que cidade for que estiveste nunca tinhas tido uma companheira de piscina tão fôfa, ai isso não!
Welcome back!
Beijos e abraços.

Patti disse...

Com aqueles dragões, só pode ser a linda Serpa!!

Será?

Idun, a felina disse...

serpa, sem sombra de dúvida!

e a cadelinha é um encanto...
(deste um pulinho a rosal de la frontera?)


marradinhas amistosas da bicharada e um abraço da Humana.

Rosa dos Ventos disse...

Parabéns à Patti, à felina Idun,à Há-dias-assim e ainda ao Rui da Fonte que acertaram em Serpa!
O Rui até se deu ao luxo de acertar no nome do monte onde estive.
Ele é um aficionado de enigmas mas os dele são bem mais difíceis que os meus! :-))

Abraço a todos

redonda disse...

Um destes dias gostava de ir a Serpa porque o meu avô, pai da minha mãe era de lá (infelizmente não cheguei a conhecê-lo, mas às vezes até me parece que o conheci por ter ouvido contar tantas coisas sobre ele). As fotografias são lindas e gostei muito da companheira de piscina.
um beijinho

Gábi

Raquel Alves disse...

Só conhece sítios lindos!...que inveja!...Grande beijinho

Luis Eme disse...

continuação de boas passeatas pelo Sul.

abraço Rosa

Rosa dos Ventos disse...

A passeata foi curta, Luís!
Já mudei de poiso e já voltei...

Abraço

mlu disse...

Ora aqui está uma passeata que vale a pena! Já estive várias vezes em Serpa, que é linda! E fui ao Museu do Relógio onde há exemplares do dito, únicos no mundo! Agora o nome do monte é que eu não sei, mas parece um sítio lindo!

Abraço.

Rosa dos Ventos disse...

Sabes, mlu, que não consegui visitar o Museu do Relógio, um dos cinco mais importantes do género na Europa, se não estou em erro?
Abria só de tarde e nós, como queríamos passar pela Vidigueira, não pudemos esperar.
Mas, quando fico a gostar muito de uma terra não tarda que lá volte...neste caso para ir ao tal Museu! :-))

Abraço

Duarte disse...

Bonito sitio que ainda não conheço.
Não tinha a quem deixar a Hannah, agora vou mexer-me um pouco mais.
Agradeço as palavras de consolo.
Tiveste um bom companheiro de piscina...
Abraços de vida