segunda-feira, julho 06, 2009

Gosto de pontes...

Gosto de pontes, pela sua funcionalidade, pelo engenho e arte colocados na sua construção e também pelo seu sentido metafórico.
De entre todo o género de pontes tenho uma especial atracção pelas romanas.
A mais alta que vi até hoje fica na cidade de Ronda, nas serranias acima de Marbelha, em Espanha.
Esta que vos apresento está perfeitamente identificada.




Quanto a esta não vos deixo qualquer identificação. Será o vosso TPC...
Como se chama e onde fica?
Fácil, não é?

33 comentários:

Conversa Inútil de Roderick disse...

Eu também gosto!
Ainda há tempos fiz uma, no dentista!

Tite disse...

Ó Rosa!!!

Fácil? Estás a tirar as vezes ao fj ou k?

Adeus amiga, volto quando o mistério estiver resolvido. Desses caminhos pelo nosso país fora, especialmente lá para os meus lados transmontanos, é mato...

Dina disse...

Eu vou esperar que alguém diga...porque sim.
Mas concordo com a Rosa...é facil!! Pelo menos para mim...:):):):)

Dina disse...

Voltei só para dizer que posso dar uma "ajuda" se chegarmos a um acordo...:):):):)

H.B. disse...

Fácil ? Só andas por terras nunca conhecidas por mim , como é que hei-de saber, mas fico a aguardar a resposta.

Tite disse...

Pelo entusiasmo da Dina cheira-me que é lá para as bandas dela.

Só pode ser porque num deste dias a desafiei a identificar um sítio onde uma musiquinha foi gravada e nem ela nem a Ovinho se prontificaram a responder.

Claro!!! Era lá para os lados do Minho como é que ela iria conhecer.

Rosa, tu aceitas as negociações da Dina? Posso chegar a acordo com ela?

Dina disse...

Eu ajudo...e ela não se importa, pois não Rosa?

Rosa dos Ventos disse...

Cara Tite
Claro que podes aceitar a ajuda da Dina.
Ela é muito caridosa! :-))

Abraço

Anónimo disse...

Tão fácil que não faço a mínima ideia onde poderá ser.
gb

Rosa dos Ventos disse...

Caro Roderick
Pontes dessas também são uma obra de arte e ficam ainda mais caras do que as romanas!
Os dentistas são uns artistas! :-))

Abraço

Rosa dos Ventos disse...

Ai estes Colheteiros a fingirem que não conhecem o país... :-))

Abraço

Tite disse...

Rosa,

Se eu errar juro que nunca mais tento adivinhar, mas um passarinho disse-me ao ouvido que aquela ponte...

bem, aquela ponte, se bem que muito parecida com outras que eu já vi na Beira e em Trás-os-Montes é mesmo a Ponte da Ajuda que liga Elvas a Olivença.

Se precisares de mais detalhes diz que eu vou procurar nos sites que o tal passarinho me deu para ter a certeza que eu não te iria enganar.

Posso desde já acrescentar que
foi destruída durante as invasões francesas e nunca foi recuperada mas hoje em dia existe uma nova a pouca distância desta.

Acertei?????

Rosa dos Ventos disse...

Claro que acertaste!
Pudera com a AJUDA da Dina!
Deste todas as informações correctas e eu acrescento que do lado de cá existe a singela capelinha da Senhora da Ajuda.
Do lado de lá ainda iniciaram a reconstrução, mas depois apareceram uns imbróglios e acabaram por fazer uma nova a escassos metros mais a jusante, como dizes.
O rio, cujas águas são atravessadas por estas pontes, é o Guadiana.
Tenho que mudar os meus enigmas para outra zona do país.
Por aqui a Dina sabe tudo! :-))

Abraço

Tite disse...

Pois é...

Se colocares enigmas para o Norte ela vai ficar como eu quando os enigmas são para o Alentejo raiano.

Rosa,
Um destes dias desafiei-te a visitares o nosso blog (da Dina e meu, e do fj e da Pitanga) de Músicas e tu não respondeste ao desafio.
Será que não gostas de música?

Outro dia era sobre Sevilha mas hoje tens lá o Freddie Mercury com a Monserrat Caballé.

Volto a deixar hoje.

http://musicasdasnossasvidas.blogspot.com/

Beijosssss

Rosa dos Ventos disse...

Cara Tite
Ainda não tive tempo!
Mas vou lá...

Abraço

Maria P. disse...

Quantas vezes eu passei na ponte da Ribeira de Seda?!...Oh que memórias boas:)

Beijinho*

Rosa dos Ventos disse...

Vinda de Alter do Chão?! :-))

Abraço

Maria disse...

Também gosto de pontes. E quanto mais velhas mais bonitas, para mim...
Mas não faço idéia onde fica...

Um abraço, Rosa

Rosa dos Ventos disse...

O enigma já está decifrado, acima, Maria! :-))

Abraço

Oris disse...

Fácil???

Estavas a brincar....rsrsrs

Esta, é que nem com o Google lá ia....

:))

Beijitos, Rosa dos Ventos.

Luis Eme disse...

pela paisagem é para o Sul, mas não conheço...

abraço Rosa

Pitanga Doce disse...

Vocês ficam aqui a falar e a falar e eu só a imaginar e ver esta placa lá dos lados do Alentejo...tudo isto está tão longe que às vezes custo a acreditar que um dia já passaram por mim.

boa tarde Rosa ("não tô legal, não")

goiaba disse...

Claro que não sabia mas como chego sempre tarde, fiquei a saber. Afinal até lá tinha passado perto em tempos mas, como diz a minha amiga pintora, "uma coisa é olhar, a outra é ver".
Abraço

Rosa dos Ventos disse...

Eu também não "tô legal, não". Pitanguinha!
E há muito...

Abraço

maria mar disse...

Olá Rosa. Lembrei-me dos meus tempos de miúda e de uma pequenina ponte romana sobre o rio Alviela, no Ribatejo, entre Vale Figueira e Pombalinho, com um arco bastante acentuado, onde adorava passar... Agora existe uma outra ponte mais transitável ao lado, e aquela está "guardada" sem trânsito. Espero que a preservem...
kissss

Duarte disse...

Pontes!!! Esses elos de união entre obstáculos do terreno.
Hoje quase nem damos fé de os estamos utilizando. No tempo da ponte que hoje aqui nos trazes sim, esses também eram outros caminhos!
Naquele tempo aí estavam, também, as pontes de pago.

Beijinhos

Raquel Alves disse...

Pois eu também gosto de pontes mas mais no sentido metafórico. Com isto não ponho em causa a beleza daquelas que nos mostras. Mas, sou mesmo uma mulher de pontes, não sendo nem da construção civil, nem da Engenharia.
Bj...e, não fugi!

Rosa dos Ventos disse...

Olá, Maria Mar!
Eu bem te encontrava no Castelo, mas não fazia a mínima ideia que eras tu...
Essa lá para o lado do Pombalinho, tão perto daqui, não conheço, tenho de lá ir:
A da Ribeira de Seda está com o trânsito condicionado, a partir de determinada tonelagem.


Abraço

Rosa dos Ventos disse...

Esses elos de ligação entre países e que agora são mais fáceis de atravessar...
Quando cá vens tenho a certeza que atravessas algumas! :-))

Abraço

Rosa dos Ventos disse...

Cara Raquel

"Saber Ver" é preciso! :-))
A amiga da Goiaba tem razão...

Abraço

Anónimo disse...

Cara Rosa,e não querer ver é útil a certa gente!Kincas

Rosa dos Ventos disse...

Claro que é, Kincas!
A mim dava-me jeito não sentir...
E logo chegaríamos ao mestre Caeiro...

Abraço

Patti disse...

A caminho de Álter...