quinta-feira, julho 23, 2009

Estou velha...

Estou velha, já não subo nem desço as escadas com a ligeireza de outrora, tenho dificuldade em trepar aos muros dos vizinhos, ainda subo às árvores, mas o que eu prefiro mesmo é não perder a minha dona de vista.
Estou velha!
Vejo isso no olhar da minha dona...

38 comentários:

JOÃO SENA disse...

Ai linda Gata!
A quem o dizes!
Repara que o mal de muitos é conforto!
E, já agora, dá um abraço à tua dona.
Obrigado
JS

Alberto David disse...

Dos gatos
tenho
o amor
e o humor

Justine disse...

Que ternura me fazes,lindinha! E aproveita bem o colo da tua dona:))

dona tela disse...

Que graça! Eu também hoje falo de gatos.

Dina disse...

Deixa lá fofinha...todos nós nos sentimos assim de vez em quando. Não sobes ao muro mas em contrapartida pegam-te mais vezes ao colo.
Perde-se por um lado ganha-se por outro...

Tite disse...

Dina,

Fizeste-me rir.

Também quero ser gata...
Será que também me vão pegar mais ao colo quando eu subir e descer menos as escadas?

Beijossss

tinta permanente disse...

Muito provavelmente a tua dona não diz que és velha; apenas acha que deves começar a envelhecer para poderes ser velha durante muito tempo...
E assim seja!

um afago
www.tintapermanente.com

legivel disse...

... mas vê-se que é uma gata que não é adepta da blogo-esfera pois até fecha os olhos ao monitor. A menos que esteja a representar ou tenha dormido pouco a noite passada.

abraço e sorrisos.

(Carlos Soares) disse...

Tadinha da gatinha. Mas tenho certeza que a dona lhe dá carinho.

Madrigal disse...

Quando era petiz tinha uma gatita angorá chamada Fô - coitada, morreu fechada na máquina de lavar, depois da empregada ter inadvertidamente fechado a porta, sem cuidar que a bichana pudesse estar a dormir lá dentro: "old habits die hard!"

Ainda hoje me lembro da ternura que nutria pela animalzinha, que me acompanhou desde os meus 7 aos 16 anos de idade. A minha mãe, na senda da gatisse familiar, tem 4 persas castrados, do tamanho de pequenos linces, gordos e anafados, que, para além de dormirem... ao menos a minha Fô era inventiva: colocava-se em cima das portas, à espera que um incauto passasse, e depois... zás! Atirava-se em voo ao pescoço do próximo desgraçado e fugia para debaixo de uma cómoda a soprar como um demónio! Aquilo é que era uma vera felina!

Um abraço

Jorge

Rosa dos Ventos disse...

Caros Amigos
Apesar de envelhecida, mas ternurenta, quando muito bem entende não deixa de dar a sua arranhadela.
É uma gata com carácter!
Não suporta as outras duas que por vezes se apoderam do colo da dona.
Pensa que tem direitos adquiridos sobre este colo.
E tem mesmo, por razões que não vale a pena referir.

Um abraço aos que gostam de gatos e também aos que nem por isso...

maria mar disse...

Os gatos tb interagem connosco através do piscar de olhos. A tua gatita tem muito mimo, não? com ese focinhito patusco.
Quem dera que a nossa velhice fosse assim "repimpada"!...

goiaba disse...

Não sei se estás velha! Custa-me a crer. Esquece os anos e honra a "nossa raça" - muita arranhadela, muita vontade de brincar, muita vontade de ter a dona por perto,... A minha dona espera que não tenhas as minhas taras de eliminar obstáculos de qualquer natureza. Mas sabes? Ando um pouco deprimido.
Festinhas AMON

Anónimo disse...

Não sei se as tuas palavras,gatinha, são lamento ou confissão,mas parece-me um pouco de pieguice.Vê tu:linda, de riscas perfeitas,pelagem nova, brilhante,
bem posicionada (essa pose de gato de louça),orelhas erectas,bem feitas,não mostram idade avançada.O que tens é matreirice para gozar do colo da dona.Sabes tanto...Kincas

Rosa dos Ventos disse...

De gatos sabes tu, Kincas! :-))
Mas olha que ela está mesmo com uma certa idade, 13 anos numa gata é muito!

Abraço

H.B. disse...

E eu também , é a lei da vida ....

pin gente disse...

nada disso, rosa!
ela quer é namorar o ratito!
beijo

Rosa dos Ventos disse...

Gostei do teu sentido de humor, Pin Gente! :-))

Abraço

tulipa disse...

Gatos...
por vezes nem é dizer que não se gosta, mas não ter em casa porque se julga que não há condições.

A crise bateu à minha porta ontem e uma carta p/Desemprego está aqui à espera de 2ª feira ir entregá-la ao Centro de Emprego.
Enfim...a vida tem destas coisas!!!

Neste momento ainda me encontro em convalescença da pneumonia, por isso quase nem posso brincar c/os netos, nem passear, nem fazer arrumações e limpezas de Verão, enfim...há que ter paciência.
Atenção: não quero ser a "coitadinha" pois algumas pessoas depois de lerem que estou doente, reagem muito mal, com comentários mesmo desagradáveis.

O meu ultimo post tem a ver com o "MAU" que existe na Blogosfera, fico triste. Mas a vida é assim!

Deixo-te um beijo e votos de óptimas semanas de Verão

Pitanga Doce disse...

Acho que uns óculos estilo "gatinho" dos anos cinquenta ficavam-lhe bem. hehehe

boa noite Rosa

Barbara disse...

Sempre criei gatos e gatas e já vivi muito isso.
Sei o que sentes.
E sei que sabes o que a sua gata sente e sei que ela sabe de ti também.
Isso não tem nome - só tem substância.

Barbara disse...

Sempre criei gatos e gatas e já vivi muito isso.
Sei o que sentes.
E sei que sabes o que a sua gata sente e sei que ela sabe de ti também.
Isso não tem nome - só tem substância.

Ovinho Estrela(do) disse...

Gata, não sejas lamechas!
Estás óptima e recomendável, credo... à beira do computador? Tu estás é esquecvida e dramatizaste! Não te lembravas da pass do teu blog, é o que é!!


Eu que nem tenho paciência para queixinhas, dou comigo a comentar as lástimas ronronadas de uma gata! Deus, esta Rosa das Saias sujeita-me a cada uma!! :D

Já agora gata, quando a tua dona das saias aqui passar, diz-lhe que eu interrompi o descanso para a ver e dou de caras contigo! Ora essa!! :D

Beijinhos para a minha amiga das saias a dar a dar!

Rom-rom para ti, gatuxa... Vá, que hoje estou sensível e fofa... Humm....

Arabica disse...

Bela gata, cheia de memórias de muitas vidas vividas!

E há sempre mais uma, talvez esta seja a vida oferecida à dona, a vida dos afectos, já esquecida dos muros, das viagens interplanetárias aos telhados dos vizinhos. :)

Obrigada pelo elogio :) és um doce, dona da gata, mas acho que tens expectativas demasiado altas em relação à minhs escrita :). Que continua a monte.

:) beijos e bom domingo.

Rosa dos Ventos disse...

Tenho que responder à Ovinho porque sei que ela faz questão disso!
Correndo o risco de misturar blogues e posts (acabei de almoçar um belo cozido à portuguesa feito por mim e acompanhado por um tinto de cinco estrelas, porque eu sou como o Jacinto, tanto bebo branco como tinto), claro que está de pé o nosso encontro, mas só o Sr. Prof.Jotinha é que tem acesso aos mails de todos e só ele poderá fazer a consertação "social" do pessoal!

Abraço

fj disse...

A Gata tb vai ao almoço? por mim acho melhor ficar no pc a comentar blogues ou então...
não digo por aqui!.
;)

fj disse...

opss
este não é o post do almoço...

Rosa tu baralhaste-me...falaste em comida, pronto!

Si disse...

13 anos??
Ahhh! Já entendi tudo.
Não estás velha, gatinha, são as hormonas da adolescência a correr a toda a força que te deixam assim, umas vezes insegura e carente de colo, outras filada na próxima vítima de arranhadela, outras ainda a bufar para a concorrência.
Queres um conselho?
Olha, deixa-te de estar sempre enfiada no pc, a teclar com os teus amigos e faz algum exercício para te manteres em forma!

Rosa dos Ventos disse...

Vou ler-lhe a mensagem logo que ela regresse do "pseudo-jardim" onde foi fazer o seu passeio matinal!

Abraço

NOBITA disse...

Velha ou não, a gata é linda, por iso não interessa a idade, mas sim o espirito.
Beijos

NOBITA disse...

Velha ou não, a gata é linda, por iso não interessa a idade, mas sim o espirito.
Beijos

NOBITA disse...

Velha ou não, a gata é linda, por iso não interessa a idade, mas sim o espirito.
Beijos

Oris disse...

Velha???
Hummmm, não me parece. Acho que é mais uma sonolência fingida, para atrair a atenção da dona...

:))))

Beijitos

Oliva verde disse...

Talvez seja velha mas é muito linda!
Faz-me lembrar a Maria que me deixou há alguns meses! Também era cinzenta! Tenho saudades dela!

Maria P. disse...

:)Parece tão meiga...

Beijinho*

Tite disse...

Afinal a gatita fechou os olhos devido ao disparo do flash.

Isso não se faz!!! E depois vem para aqui com essa conversa de velhas. Velha???? Velhos são os trapos é o que é.

bettips disse...

Deu-me ternura... a Kitty tem 15 anos e põe-me o coração aos saltos - é como quem diz, olha-me nostálgica dos risos e corridas. Eu sinto isso.
Bj

Eliana Gerânio Honório disse...

Aquelas botas eu conheço.
O gato me pertence
e não tem preço em ouro ou dinheiro
faz parte das riquezas
do Espaço Mensaleiro.

Gostou?

Muitas felicidades!