sábado, janeiro 03, 2009

Ao terceiro dia...

Ao terceiro dia deste recém-chegado ano, apareceram no céu réstias de azul e um sol envergonhado veio espreitar por detrás das nuvens acasteladas.
Depois de dias e dias a adormecer e a acordar ouvindo a chuva a cair e vendo o real transformado em fantasmagórico pelo abraço do nevoeiro, eis que pude respirar de alívio.
Diz o povo:
"Como vires o um, dois e três verás o resto do mês."
Felizmente ao terceiro dia quebrou-se o enguiço e amanhã haverá sol, de novo...ou talvez não!

7 comentários:

Justine disse...

De manhã ainda fui andar à chuva, o que é sempre muito romântico (walking in the rain...), mas à tarde o sol também aqui chegou. Aleluia!
Beijocas

Maria P. disse...

E o povo tem sempre razão!
Faz(me) falta o Sol...:)

Beijinho*

Su disse...

feliz ano...........todos os dias


jocas maradas.sempre

Luis Eme disse...

houve sim senhor, entremeado com nuvens...

abraço Rosa

Arabica disse...

Rosa,


que a sabedoria antiga não nos engane :)


Ao dia tres consegui um par de horas, lavando os olhos do nevoeiro cerrado, tal como tu...

Mas tudo me leva a crer que vai ser um ano, enevoado :(


Beijos

Pitanga Doce disse...

Pois olha, já é dia 5 e aqui chove desde ontem. Que bom!

Amanhã é dia de Reis. Há caldeirada por aí?

Rosa dos Ventos disse...

Cara Pitanga
Na minha zona nunca houve esse hábito, nem o conheço em Portugal.
Quando muito haverá uma fatia de bolo-rei...
Tu a desejares chuva e nós a desejarmos o dia de cara lavada! :-))

Abraço