quinta-feira, setembro 18, 2008

Chorus Auris

Este é o nome do coro onde participo como contralto.
Depois das férias de Verão iniciámos os ensaios no dia 1 de Setembro e encontrámos a agenda já cheia para este mês.
Amanhã iremos actuar no Encontro de Coros da Sociedade Filarmónica Gualdim Pais em Tomar, no dia 23 "abrilhantaremos" a cerimónia religiosa das Bodas de Prata de um ilustre empresário da nossa praça e no dia 27 participaremos numa homenagem a Amália Rodrigues no Panteão Nacional.
Para este efeito andamos a ensaiar o fado "Foi Deus...", peça bem difícil para ser cantada, em alguns dos seus versos a seis vozes. Se cantar um fado em coro já não é nada fácil, imaginem a seis vozes...
Esperemos que não seja um "triste fado"!
E aproveito para vos desejar um bom fim-de-semana!

22 comentários:

Átila disse...

Tenho informação que já seguiu o convite para Novembto . Cá vos espero.

Patti disse...

Em miúda e já jovem, cantei num coro muitos anos e adorava os encontros de coros de Lisboa, principalmente quando todos no final de cada encontro cantávamos o Canticorum.

sendyourlove disse...

ehehehe...um dia destes ainda nos encontramos por ai...num encontro de coros...
eu canto no Coral Encontro de Queluz...tb contralto... :-)
...e que sensação optima é cantar...
Bom fim de semana para si e para os seus (todos, todos)... e as melhoras do pc :D

Justine disse...

Ah fadista!!!
Bom fim de semana com um abracinho apertado:))

mundo azul disse...

Que beleza! Cantar é um dom maravilhoso...

Há muitos anos atrás, também cantei em coral.

"Foi Deus" é realmente um fado especial! Vai ver como será um sucesso a apresentação!

Beijos de luz...

Rosa dos Ventos disse...

Olá
Pelos vistos navegam por aqui muitos(as)coralistas ou coristas, como diz um amigo e camarada de outra vida paralela, quando se quer meter comigo e com um tenor do mesmo grupo. :-))

Abraço

Rosa dos Ventos disse...

Caro Átila
Já estou a ficar nervosa! É que às vezes desafino e a maestrina lança-me olhares castigadores! :-))

Abraço

Maria P. disse...

Sempre gostei de cantar, mas quando começava a minha Mãe dizia sempre "Cala-te filha, por favor!!", agora imagina, se a própria Mãe nos diz isto, nada a fazer...:)))

Por isso canta e encanta!

Beijinho e bom fim-de-semana*

dona tela disse...

Um espectáculo! Um espectáculo!

Anónimo disse...

Como o post foi colocado na 5ª feira...amanhã é 6ª!!!!, mas o Encontro de Coros é Sábado às 21 horas, no Auditório da Biblioteca Municipal.

Boa sorte!!!

Rosa dos Ventos disse...

Caro(a) Anónimo(a)
Isto é mais um desatino do meu blogue que só me anda a pregar partidas...
Eu coloquei este post hoje, por volta das 8 horas da manhã!
Em todo o caso agradeço a chamada de atenção para assim o excelentíssimo público comparecer no dia certo! :-))

Abraço

Maria disse...

Passei para te deixar um abraço muito apertado, agora que te olhei nos olhos...

pin gente disse...

desejo-vos uma temporada em pleno...

beijo
luísa

Rosa dos Ventos disse...

Olhámo-nos nos olhos e trocámos aquele abraço graças a amigos comuns!
E assim a virtualidade se transformou em realidade.
Obrigada pela visita.

Abraço, Maria

map disse...

Para começar o ano de "trabalho", já há uma agenda muito preenchida. E logo no Panteão Nacional, é obra! Tenho de arranjar um momento para apreciar essas vozes.
Vai dando notícias sobre os próximos concertos.
Um beijo

Pitanga Doce disse...

Sucesso pra ti e vê lá se também não sou afinada?
OoooooooooooooooooooH!

bom fim de semana

goiaba disse...

Sucesso para o coro e um grande bem-estar para quem nele participa. As "vidas paralelas" são a melhor terapia.
Abraço

Anónimo disse...

Oh! Happy Day, Rosa dos Ventos...

Parabéns!!!

:))

Vieira Calado disse...

Contralto?
Boa!
Espero que seja um êxito.
Um abraço

Anónimo disse...

Como é possível desafinares uma só vez que seja?Cá pra nós,a senhora maestrina é que pode ter lapsos de ouvido.Bom fim de semana,e...desempenho irreprensível nas actividades coralistas.Olha,no Panteão deve estar a TV,diz-me adeus e manda-ma beijinhos,sim?Abração Kincas

Rosa dos Ventos disse...

Pois é!
O concerto até estava a correr bem se não fossem as "trapalhonas" dos contraltos que entraram mal no "Oh Happy Day", peça que agrada sempre ao público pela voz fabulosa da maestrina que entra nela com um solo.
Mas com um pedido de desculpas feito de forma humorística por parte da maestrina lá recomeçámos e tudo terminou em "apoteose"! :-))

Abraço

NOBITA disse...

Espero bem que corra tudo bem, vais ver que bem ensaiado esse fado vai sair fácil.
Boa sorte e beijos