quinta-feira, maio 29, 2008

A Bela Adormecida...


Quer dizer, a bela talha adormecida...

33 comentários:

Maria P. disse...

E as flores por perto também o são:)

Beijinho*

Esplanando disse...

Pelo menos não é a bela talha dourada adormecida! ;-)

Rosa dos Ventos disse...

A talha dourada não dorme, reza... ;-))

Àtila disse...

Tenho uma = a essa no meu jardim , mas semi enterrada . Gostei de ver

Teresa disse...

Estiveste ontem nos castelos....Abraço

bernard n. shull disse...

i did a little research after you told me about your "thing", and if you want a way to make more money using your your blog you can enter this site: link. bye.

Luis Eme disse...

a essa "princesa nem um sapo-principe devolve a vida...

mas é sempre motivo de brincadeira da pequenada...

abraço Rosa

Rosa dos Ventos disse...

Mas a foto não foi tirada nos Castelos... ;-))

Pitanga Doce disse...

A família te uma no jardim lá nas Beiras mas tem flores plantadas dentro dela. Ficou linda.

beijos Rosa dos Ventos (a menina que é areia)

Rosa dos Ventos disse...

A talha é de facto um objecto multiusos.
Associada ao ciclo do azeite e também do vinho, de há uns tempos para cá passou a ser objecto decorativo de jardins, com ou sem flores, deitadas, em pé, com morangueiros, etc...
Gosto de talhas, pronto! :-))

Rosa dos Ventos disse...

E como o Luís refere também serve para a garotada cavalgar ou brincar às escondidas...
Alguém se lembra de mais algum uso? ;-))

Vieira Calado disse...

... que antigamente servia para pôr azeite...
Um abraço

Anónimo disse...

Onde se afixavam a origem,o grau de acidez,os aromas etc,etc do azeite?Que falta de respeito pela informação ao consumidor!
Faz-me pensar como se fabricavam e coziam peças de tal calibre.Gostei muito da tranquilidade desta talha deitada ,nem submissa nem arrogante,antes,talvez,absorta por um passado que não nos conta em pormenor.Beijinhos Kincas

Pitanga Doce disse...

Passa lá na árvore. Há uma história em que essa talha até se encaixava bem. História "dos antigamentes". hehe

scaramouche disse...

:)

gostei.

scaramouche.

Justine disse...

Excelente o conjunto fotografado,amiga.Transmite silêncio e paz. Só falta agarrar num livro e deitar na relva, a ler:))
Bom fim de semana.

Rosa dos Ventos disse...

Pois é, Kincas!
Coisas de "antigamente", como diz a Pitanga...
Dá que pensar mesmo na arte da olaria .
Um abraço pelas tuas sempre preciosas achegas!

Rosa dos Ventos disse...

Cara Justine
Tu só precisas da talha...ou talvez não! ;-))

Abraço

Rui Caetano disse...

Bom fim de semana!

Teresa disse...

Ent�o, enganei-me...De qualquer das maneiras � de facto ,uma bela talha adormecida... Abra�o.

samuel disse...

Foi talhada para ser bonita... em qualquer função ou posição.

Abreijos

NOBITA disse...

Bela foto.
A talha fica mesmo bem ai
Beijos

LB disse...

E que grande ela é! :)

Beijinho

pin gente disse...

quem a acordará?

Pitanga Doce disse...

Convido-te para um chá.Leva assunto.

beijos

Oris disse...

Que grande talha!!!
:)

Lá na aldeia, guardava-se o azeite nalgumas parecidas com esta.

Beijitos

Belisa disse...

OLá
Vejo que já se encontra bem e fico feliz por isso.
Também vou dar um palpite que não sei se é certo...nestas talhas também se punham as azeitonas já retalhadas e temperadas?

Beijos estrelados

Jaime disse...

Bela talha. Bela foto, o que já é uso. Usos da talha? Talvez a talha desse jeito ao talhante... Um abraço.

Rosa dos Ventos disse...

Boa, Jaime!

Abraço

O Sibarita disse...

Ai Deus do Céu! kkkk Essa talha já deu foi muita água boa, faça fé!

Sei não... kkk Talha velha é que da água boa!

bjs
O Sibarita

Rosa dos Ventos disse...

Tens toda a razão, Sibarita!
Obrigada pela visita.

Abraço

Su disse...

gostei:)

jocas maradas...sempre

Perdido disse...

Não deixes que ninguém a beije. Está muito bem assim!