quinta-feira, novembro 08, 2007

Aeródromo Regional de Fátima

Tive o privilégio de ser convidada pelo Grupo de Trabalho responsável pelo desenvolvimento do projecto do Aeródromo Regional de Fátima para estar presente na "cerimónia de assinatura do contrato entre a ACISO - Associação Empresarial Ourém-Fátima e a PROPLANO - Gabinete de Estudos e Projectos, Lda., que visa a a elaboração de um Estudo de Viabilidade, no qual se identifiquem as grandes condicionantes técnicas, ambientais e económicas e sejam caracterizadas, a nível preliminar, as soluções concebidas para a implantação e operação das infra-estruturas, no âmbito do DL 186/2007 de 10 de Maio."
Esta cerimónia decorreu hoje, pelas 11 horas, nas instalações do Aeródromo Regional de Fátima (Pista da Giesteira).

Foi nesta avioneta que sobrevoei Fátima, pela 1ª vez, em jeito de pássaro.
A paisagem vista do alto e de tão perto é deslumbrante e o dia claro de sol também ajudou nessa visibilidade.
Claro que nem tudo o que se observa é bonito - as pedreiras, que são chagas na serra, não têm nada de belo, mas são fonte de rendimento e dão emprego a muita gente.
Nota-se perfeitamente a mancha urbana de grandes construções na Cova d´Iria do lado norte da freguesia e a sul uma zona com pequenos aglomerados de casas térreas com jardins, quintais e espaços de olival e pinhal onde ainda se conservam vivências, costumes e tradições ancestrais, marcadamente rurais.
Por isso se diz que Fátima é uma freguesia com duas realidades bem distintas.



Nesta fotografia é bem visível a Igreja da Santíssima Trindade frente à Basílica.
Independentemente de sermos crentes ou não, há uma verdade que é indesmentível para todos - Fátima é um destino turístico para milhões de pessoas por ano e, se se concretizar este projecto, toda a região centro irá beneficiar com a sua implementação.
Claro que o que está em causa será o chamado vôo de baixo custo durante certas épocas de ano.
Não se pretende concorrer com os aeroportos construídos ou a construir.
Ao Quim Clemente, o homem que nunca abandonou esta ideia, contra ventos, tempestades e marés, os meus parabéns!

Nota: Peço desculpa aos meus visitantes habituais por este apontamento local que não costuma estar presente nos meus "posts".

20 comentários:

samuel disse...

E o ministro Lino apanhado de surpresa, sobre este assunto:

"Aeroporto em Fátima? Jámé! Jámé!"

Rosa dos Ventos disse...

A ver vamos!
Ou a ver voamos! ;-))
Agradeço as últimas visitas.

justine disse...

A mim Fátima provoca-me enjoos, tanto vista de cima como de baixo. Terra de pouca fé e de muito comércio

Rosa dos Ventos disse...

Vista de cima é mais bonita, podes crer Justine!
Quanto ao resto...

Um abraço nada enjoado em relação a ti! ;-))

TsiWari disse...

Continuas em grande... a menos do cansaço outonal, mas desse estamos todos cheios ;)****

Maria P. disse...

São estes apontamentos locais que nós vão unido,também são necessários.

Um abraço*

AnaG. disse...

Como Fátima cresceu...

Gostei de ler o teu "apontamento local" devidamente documentado...
:)
Beijitos

MC disse...

...Aeroporto? E então aquele gigantesco disco-voador está pousado onde?...
Saudações.

Rosa dos Ventos disse...

Está em terra firme, caro MC, a poucos kms do aeródromo...

Rosa dos Ventos disse...

Infelizmente cresceu muito mal, Anag.
:-((

Kincas disse...

Aeroporto em Fátima?E os passarinhos que costumam poisar nas azinheiras? Pobrezitos lá terão de se afastar à procura de outro abrigo...
Mas,agora falo sério,quem está no terreno é que conhece o que convém e se tu,cabecinha bem poisada.achas bem, eu acho também!
Aqui tubo melhor.
Beijinhos blasfemos

Rosa dos Ventos disse...

Os passarinhos há muito que deixaram de se aproximar da área mais "sensível".
E olha que não é aeroporto é um simples aeródromo...
Afinal a zona até não é má para quem vem do céu! ;-))

Esplanando disse...

Realmente... tenho uma mãe muito à frente!!! :-)

Eyes wide open disse...

Eu confesso que cada vez gosto menos de andar de avião, mas esta experiência deve ter sido fabulosa, pela oportunidade de ver o quotidiano de uma perspectiva tão diferente... sobranceira.

:-)*

Rosa dos Ventos disse...

O que detesto mais nas viagens aéreas é o tempo que se perde nas formalidades e confesso que, quando o avião levanta vôo, sinto um aperto no estômago.
Mas esta oportunidade surgiu tão subitamente que não pensei duas vezes.
É engraçado reconhecermos as casas, os conventos,as igrejas, os colégios, os estádios (temos dois), as piscinas privadas, públicas não temos nenhuma - não se pode ter tudo...
E nem o meu coração buliu!

Abraço pela visita

shell disse...

Cristóvão of aguiar stoled the authorithy of the book of MIGUEL TORGA.
Read all about in my blog.

Bartolomeu disse...

Perfeitíssimo apontamento Rosinha!!!
Eu sou de opinião que quem está de alguma forma ligado ao progresso e ao desenvolvimento de uma região, tem a obrigação, mesmo que só moral de divulgar.
E, para além de divulgar, conseguir poder entender as opiniões alheias, tanto de intelectuais, artistas, empresários, e (ou) o simples povo. Afinal a terra é de todos e feita por todos.
Cada vez mais é necessário ter-se uma visão global, geográfica, humana e económica das povoações e das populações, para se conseguir traçar uma linha de desenvolvimento adquada a cada realidade. E... em miha opinião, é importante subir ao alto e... de lá, ver, avaliar e prespectivar.
Afinal, a história é exemplo de que todos os grandes acontecimentos ocorreram no alto de montes, monte Sinai, monte das Oliveiras, Himamlaias, etc.

Fernanda e Poemas disse...

Olá Rosa, lindo!!!
Beijinhos,
Fernandinha

Belisa disse...

OLá

É sempre bom sabermos as notícias do nosso país!
Muitos parabéns!

Beijos estrelados

redonda disse...

Deve ter sido uma experiência incrível. Gostei muito do apontamento local.