segunda-feira, janeiro 24, 2022

Santarém - do Gótico ao Tejo

Na semana que passou fui até Santarém, capital do meu distrito, para uma visita cultural à cidade, integrada numa associação sénior de Leiria.
O objetivo era fazer a rota do Gótico, uma vez que esta cidade é intitulada a sua capital.


Esta é a igreja do Convento de S. Francisco cuja rosácea não é a original devido à destruição da mesma através dos tempos.




Este é o teto do claustro do referido convento.



A joia da coroa do estilo gótico está na fachada da igreja de Nossa Senhora da Graça, onde se encontram, em campa rasa, os restos mortais de Pedro Álvares Cabral.
A sua rosácea é a que se encontra nos painéis informativos na A1.
Por dentro é de uma enorme pobreza ao ponto de a nossa excelente e simpática guia, funcionária da Câmara, tê-la classificado quanto ao estilo como Gótico Mendicante.




E, finalmente, o Tejo bem azul mas com águas cheias de mágoas por falta de caudal, visto das Portas do Sol, a mais bonita varanda sobre a lezíria e o rio.
Muito mais havia a dizer e a mostrar mas não vos quis cansar.


 

segunda-feira, janeiro 17, 2022

Poente


A localização da minha casa impede-me de ver o espetáculo maravilhoso que é o sol a despedir-se.
Ontem fui dar uma volta de carro e consegui esta foto, que não está nada de especial, mas ao vivo parecia uma pintura.

domingo, janeiro 16, 2022

Se uma gaivota viesse...


 Passei três dias em Lisboa onde fui dar e colher mimos e, para espanto meu, andavam gaivotas pelo céu de Telheiras, bem longe do Tejo.

Apesar dos meus esforços não consegui captar nenhuma.

Até as gaivotas andam com voos invulgares.

quarta-feira, janeiro 12, 2022

Sinal de vida


 Antes que julguem que já desisti de vez, apresento-vos duas das minhas orquídeas e o meu limoeiro.

Orquídeas e limoeiro estão a cumprir a sua obrigação, já eu nem obrigação nem devoção.

Estou fartinha do Covid!

quinta-feira, dezembro 23, 2021

Natal

 As vossas palavras simpáticas e de ânimo e a chegada dos meus rapazes aliviaram bastante a disposição pouco propícia a festas que me ataca em Dezembro.

Sou daquelas pessoas que não morre de amores pelo Natal mas disfarço muito bem junto de filho e netos.

E seremos quatro à mesa, à lareira e a desembrulhar os presentes!

Saúde e Paz fazem o resto da festa.

Para os que me comentam e que me ajudam a passar o tempo segue um...


Abraço natalício

sexta-feira, dezembro 17, 2021

A sobrevivente


 Fez ontem um mês que aqui deixei a minha última postagem.

Tenho visitado alguns amigos blogueiros e deixado comentários mas a minha energia está muito em baixo.

Dezembro, o frio e o Covid deixaram-me assim, sem jeito, sem gesto, sem rota...como é habitual.

Muito prezo quem me tem feito companhia, afinal uma rede social é também para isso. 

terça-feira, novembro 16, 2021

Aniversário de José Saramago


 


Minha água lustral


Minha água lustral, meu claro rio,

Minha barca de sonhos e verdades,

Minha pedra de céu e rocha-mãe,

Meu regaço azul em fim de tarde.


José Saramago in Provavelmente Alegria


Nota: 

Uma breve homenagem ao nosso Nobel no dia do seu 99º aniversário.

Escolhi um poema porque a sua poesia é de uma beleza e clareza contagiantes.

Vivo em terra seca, como sabeis, esta foto é do rio Lis , nas Fontes, onde nasce e passando por Leiria, desagua na Praia da Vieira.

Foi a foto possível no passeio de domingo.

sábado, novembro 13, 2021

Templo

Capela do Fundador no Mosteiro da Batalha


 

Templo Xintoísta


Aqui aprende a pedra

a ser igual à flor


Aqui a flor se adestra 

a ser igual ao pássaro


E nós a ser por dentro

pássaro pedra flor


noutra onda do Tempo

noutra curva do Espaço


David Mourão-Ferreira, in Quatro Tempos


Qualquer templo nos leva para outro Tempo, para outro Espaço!

quinta-feira, novembro 11, 2021

Feira Nacional do Cavalo




Dia 11 de Novembro é uma data que assinala várias efemérides e festividades.
Deixo-vos com este fado para lembrar a Feira Nacional do Cavalo, na Golegã e que tantas dormidas traz a esta santa terrinha, nestes dias.

segunda-feira, novembro 08, 2021

Citação de Winston Churchill


 

Sou pouco dada a citações mas como encontrei este livro numa das estantes e que não foi, seguramente, comprado por mim, resolvi folheá-lo e encontrei este primor tão atual.


" O mundo é hoje governado por políticos acossados e obstinados em chegar ao poder ou em derrubar o próximo, de modo que sobra pouco espaço para debater as grandes questões nos seus pontos essenciais. "