sexta-feira, outubro 18, 2013

Sinais exteriores de Outono

É óbvio que o Outono tem para mim, como para quase toda a gente, aquelas características poéticas das folhas caídas formando tapetes dourados, das árvores de folhagem em tom avermelhado, do vento ainda leve a bater-me na cara, das primeiras chuvas e do cheiro a terra molhada.
Mas, de facto, e muito prosaicamente, para mim só é Outono quando...


...largo as sandálias e passo a andar de sapatos...

(imagem da net)

quando ao pequeno almoço começo a aquecer o leite com chocolate...


quando a única parreira do mini-quintalito é vindimada...


quando a última fruta é rabiscada (e este ano houve tão pouca) e transformada em doce "tutti frutti"...

(imagem da net)

quando a lenha fica arrumada no seu canto da garagem...

(imagem da net)

e quando vejo as primeiras castanhas assadas à venda.

Pois se tudo isto já aconteceu, o meu Outono chegou!

E para vós, que tendes a paciência de me ler, quando é que chega verdadeiramente o Outono?

29 comentários:

São disse...

Tomei hoje o meu primeiro chocolate quente com torrada: diz-te alguma coisa? rrrrss

Bom serão

Dalma disse...

Pois este ano não houve fruta digna desse nome nos nossos quintais! No meu só a romãzeira se portou bem!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Para mim é exactamente nesses momentos que aqui descreve. (E quando troco o sumo pelo chá). Essa é a parte pior do Outono.
Bom FDS

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Para mim é exactamente nesses momentos que aqui descreve. (E quando troco o sumo pelo chá). Essa é a parte pior do Outono.
Bom FDS

Jorge disse...

O Outono apareceu de repente, de uma ou outra maneira, chegou para todos, despertando as mais diversas sensações e emoções. Ainda se podem desfrutar os frutos de rabisco [rebusco no léxico transmontana], tardes soalheiras, convidando ainda a uma maior introspecção e nostalgia.
Abrs
J

Catarina disse...

Para mim é quando aparecem as primeiras folhas coloridas e deixo de usar capris.

Chá ou café (pouco) bebo-o o ano inteiro – a temperatura destas bebidas é que variam. : )

Catarina disse...

a temperatura VARIA...

Luis Eme disse...

é um prazer ler o teu Outono.

abraço Rosa

Rosa dos Ventos disse...

O que são capris, Catarina? :)

Pitanga Doce disse...

Deixa-me ver: o Outono vem logo a seguir ao Verão, não é? Então ele vem quando nós paramos, aqui, de nos abanar feitos loucos. hehe

Ah, eu sabia que fazias compotas!

O meu pensamento viaja disse...

O meu outono também é tudo isso!
Bom domingo!
Beijo

Pitanga Doce disse...

Rosa, por aqui, capri é aquela calça pelo meio da perna. Não sei se lá na Catarina também é.

quem és, que fazes aqui? disse...


No meu caso, o outono chega quando começo a aquecer o leite para pequeno almoço e a enrolar-me na mantinha, à noite... e a pensar "já está frio!"

Bom domingo e um beijo

Laura

Rosa dos Ventos disse...

A Catarina já explicou...é isso mesmo!
Nós chamamos "corsários", Pitanguinha! :)

Abraço

Tétisq disse...

Para mim o Outono chega quando o frio convida ao aconchego de uma manta :)

maria disse...

Do outono só gosto das folhas caídas e da cor de algumas árvores...e nem a mantinha no sofá me seduz, principalmente quando está este calor imenso.

Mas pior que o outono lá fora é o outono dentro de nós...

Abracinho :)

Lídia Borges disse...


O Outono é quando a tristeza não dói e a bondade sobe ao topo das árvores para as colorir.

Um beijo

Rui Pascoal disse...

A nogueira cá do quintal começou a largar os seus frutos e a libertar-se das folhas...
:)

Anónimo disse...

Ah... se o povo ORDENASSE mesmo e soubesse o que lhe convém...
Seria sempre Abril e o Outono passaria radioso.
Bjs da bettips

Teté disse...

Estou contigo com o tirar os sapatos do armário e as primeiras castanhas na rua... :)

Abraço

Lilá(s) disse...

Para mim também é quase tudo que mencionas, apenas gosto mais de ténis que de sapatos...
Bjs

Ricardo Santos disse...

Das castnhas estou ansiosamente à espera :) !

Anónimo disse...

Olha,o outono é um meias tintas que detesto.Saio de casa de fatinho meia-temperatura,sapatito maciinho por via de poupar os pés a agressões, acreditando no sol que inunda a varanda e, quando chego ao destino ,a menos de três quilómetros,saio do carrito ,dou dois ou três passos e lá vem uma chuvada brutal que me encharca a roupa e a alma.O meias-tintas faz mais, Pinta as árvores do meu
pseudo jardim,mas não faz a empreitada de uma só vez.Folhas amarelas perfilam-se enquanto aguentam, ao lado das verdes viçosas que teimam em tornar a planta em espécie de folhagem perene.Nota: claro que uso guarda
chuva todo o ano na mala do carro,mas, porque o outono é um fingidor eu nem sinto que vai chover.Kinkas

Rosa dos Ventos disse...

Querida Kinkas
Estou farta de te dizer que devias ter um blogue! :)

Abraço

IsaMar disse...

Eu acho que o outono está atrasado. Na semana passada rumei a Norte e esperava ver tudo amarelo /vermelho cores como só o outono nos dá, mas encontrei tudo muito verdinho.

lis disse...

Ah o Outono! pra mim chega como festa porque o Verão por aqui é 'es-cal-dan-te'_ hoje por exemplo foi um dia de muito muito sol e estamos ainda na Primavera,
Não temos inverno rigoroso aqui o Verão é que é rigoroso entao o Outono nao muda tanto mas chove mais e equilibra a temperatura,
e adoro as árvores amareladas dando um colorido maneirissimo!
bom Outono Rosa

Justine disse...

Quando como as primeiras castanhas assadas na rua...e peço um desejo:))))) às vezes é concedido!

Graça Sampaio disse...

Não sou muito fã do outono. Para mim, outono é quando começa a chover... Uma chatice!

IsaMar disse...

Isso tudo é mesmo outono.