quarta-feira, agosto 14, 2013

O vizinho do 6º andar

Alto, magro, nada espadaúdo, com barba de três dias, muito na moda agora, sempre de óculos escuros, independentemente da hora do dia, na casa dos cinquenta, encontro-o muitas vezes no elevador, na escada, na entrada do prédio, acompanhado pelos seus dois minúsculos e simpáticos cães.
Como gosto de animais, faço-lhes umas festas, converso com eles, não sem antes me dirigir ao dono com um sorridente "Bom dia" ou "Boa tarde"
Mas qual quê?! O único troco que recebo é um grunhido sem significado e umas trombas de assustar gente menos afoita do que eu.
Descobri que mora no 6º andar a partir da selecção do botão do elevador.
Penso que, ao olhar para o meu ar de provinciana, tem receio que, um dia destes, lhe toque à campainha para lhe pedir um ovo ou mesmo um raminho de salsa.
Só pode!

28 comentários:

Anónimo disse...

A esses chamo eu " os verdadeiros grunhos lusitanos "...M.A.A.

Pitanga Doce disse...

Já no Porto se diria que é um "murcon".

marina disse...

Eu chamo-os de bestas....
Um dia destes conto o que uma vizinha me fez...ainda não consigo verbalizar, mas quando conseguir conto a história, mas eu ia levando porrada...e nada fiz só porque ela achou que eu era avizinha do 4º direito mas eu sou do 4º esquerdo...
Pobres cães desse homem...

luisa disse...

Comecei a ler e até não estava a desgostar da descrição do vizinho...que me parecia misterioso...e eis senão quando o palerma grunhe e estraga tudo!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Parafraseando a Pitanga, diria que é um grunho!

São disse...

Talvez seja só tímido...

Não sou tão boazinha? rrsss

Bons sonhos

maria mar disse...

Oh pá, com a crise que por aí vai, se calhar é mesmo isso que o gajo pensa. Ou então é algum do governo....
;)

Rui Pascoal disse...

Cá para mim ele mora noutro andar
E faz isso só para a despistar.
:)

Ricardo Santos disse...

Será MUDO ?! :))

Teté disse...

Carrancudo e mal educado, certamente, mas olha que há pior! Tive um que até me fechava a porta na cara, quando ia entrar com o meu filho pequeno no prédio e uma vez disse-me para apanhar outro elevador, que queria ir sozinho. Era velhote e nunca mais o vi, suponho que morreu ou foi para um lar... Porque duvido que alguém tivesse paciência para aturar uma homem assim tão mal encarado e mal educado! :P

Abraço e bom feriado!

mlu disse...

Isso nem é bem um vizinho! Se calhar está de mal com o mundo porque está de mal consigo mesmo!
Cá para mim, o que lhe vale são os cães que talvez entendam os grunhidos!


Um abraço

Catarina disse...

Um vizinho muito misterioso...

Graça Sampaio disse...

Um parvalhão! A única coisa que o salva são os cães...

Flor de Jasmim disse...

Pela descrição até parecia ser um cavalheiro, não fosse ele amigo de cães, afinal as aparências enganam, às tantas nem vive no 6º heheh.
Bom feriado Rosa.

beijinho e uma flor

P.S. Rosa o jardineiro cá de casa sou eu, sou multiusos.

Anónimo disse...


Isso é o fruto de viver numa terra em que ninguém conhece ninguém.
gb

Anónimo disse...

Então, toca-lhe à campainha ,pede para falares com um dos cães e pergunta ao bichinho se ele pode emprestar a coleira por uma meia horita para levares a tua gatinha à rua. Entretanto,leva no bolso,pelo menos, um canivete suíço.Tá? Kinkas ( depois da apanhar muito sol na moleirinha)

Luis Eme disse...

ou algo mais substancial. :)

abraço Rosa

Prof. Ms. João Paulo de Oliveira disse...

Cara confrade Rosa dos Ventos!
Pelo que nos relatou o seu vizinho aparenta ser antissocial.
Caloroso abraço! Saudações sociáveis!
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Diadema-SP

O meu pensamento viaja disse...

Ignora-o!
Apaparica os cachorros que não têm culpa do humano trombudo que lhes calhou na sorte.
Beijinhos

quem és, que fazes aqui? disse...


Em contrapartida, os cães são simpáticos. :))

Beijo

Laura

Lídia Borges disse...


citadinos!... :)


Um beijo

Humana disse...

:)))
rosinha-dos-ventos, é apenas um George Clooney de trazer por casa. Um dia hás-de pedir a opinião aos cãezitos e verás que não estou enganada.
um grande abraço

Humana disse...

li que a tua gata Nina anda deprimida. porque é que não lhe arranjas uma gatinha bebé para companhia?

Justine disse...

Vamos pensar o melhor, Rosa: o homem é mudo e ainda não aprendeu a linguagem adequada. E como é muito ciumento dos seus cães, tem medo que eles gostem de ti e o abandonem...
É um solitário infeliz!
Abracinho, festinhas para a Nina!

Mira disse...

Olá Rosa, vizinhos assim dispensamos
encontrei o seu blog e gostei, vou
seguir, beijo

Lilá(s) disse...

A sorte é que nem todos os vizinhos habitantes do 6º andar são assim...eu garanto rsrsrs
Bjs

redonda disse...

Apesar de não ele parecer merecer uma vizinha simpática, talvez ter os dois cães o salvem e um dia revele que consegue conversar e venha ele pedir o ovo ou o raminho de salsa :)

Lia Noronha disse...

Tenho vizinhos assim..que gostaria ter bem distantes...bem mesmo!!!