segunda-feira, agosto 27, 2012

Piquenique II


Como disse na postagem anterior apresento-vos o parque com fotos minhas, sendo mais fácil identificá-lo.
Vê-se o Tejo ao fundo e o moinho recorda a ruralidade deste espaço que se perdeu há muitos anos.
Não conhecia o parque mas gostei da sua limpeza, das estruturas de apoio, como mesas e bancos de madeira, mobiliário lúdico para as crianças, casas de banho e ainda uma esplanada para quem não pode passar sem café!
E até deu para ver passar os aviões!

25 comentários:

Catarina disse...

Em Lisboa não deve ser mesmo com esse aviãozinho a passar por aí. Eu diria que é perto de Ourém!
Um parque com um moinho! Pensava que os moinhos ficassem lá no alto... : )

Maria disse...

é bela, a vista!!!!
;)
abraço.

Duarte disse...

Nota-se que o calor está a ser severo, e a falta de água. Quando o arvoredo ganhar corpo o sitio vai ser muito bonito, existe amplitude!
Abraços de vida

Rosa dos Ventos disse...

Querida Catarina

Nem parecem coisas de quem gosta de enigmas...:-))
Eu disse que até se via o Tejo...

Abraço

Flor Guerreira disse...

De todas as janelas/varandas da minha casa, excepto uma se vê o Tejo e a Lezíria Ribatejana...mas não se vê esse parque de merendas!LOLO

Teté disse...

Ainda fiquei na dúvida, mas é capaz de ser aquele que fica ali para os lados do Restelo, onde nunca fui... Pelo menos, tem moinho! :)

Abraço!

quem és, que fazes aqui? disse...

O parque tem um ótimo aspeto e as fotografias estão muito boas. Parabéns à fotógrafa!

Ah, não sei onde fica.

Boa semana, beijo

Laura

Flor de Jasmim disse...

Excelentes fotos Rosa!
A limpeza chamou-me à atenção, coisa que por estas bandas não é em todos os lugares.
Boa semana amiga

Beijinho e uma flor

Catarina disse...

Pois é! Ando mesmo distraída. Ver o Tejo lá p’rás bandas de Ourém deve ser difícil!
Ora vamos lá ver o que encontro no google.... : )

maria disse...

Já sei onde é e não conhecia este parque...

Rima com jibóia?

As fotos estão bonitas, gostei do aviãozinho e do moinho :)

Abraçinho :)

Graça Sampaio disse...

Bem bonito! Gosto muito de moinhos.... Mas gosto mais de ir às Amoreiras e assim....

Beijinhos

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Apesar das belíssimas fotos, continuo às escuras...

redonda disse...

Continuo sem saber qual é o Parque...
um beijinho e depois volto para ficar a saber :)

Anónimo disse...

Não tenho dúvidas de que é um sítio arejado para ter culturas de aviões e moinhos...
Localização?Ah! não chego lá.
Kinkas

trepadeira disse...

Já que não pude ir ao piquenique I,venho ao piquenique II.

Belo sítio.

Um abraço,
mário

Pitanga Doce disse...

Muito lindo, Rosa. Já nem me interessa saber o nome do parque. Só queria poder estar lá. Quando vejo fotos assim, é que percebo o quanto me faz falta tudo isso. Posso ate´"ouvir o silêncio."

Catarina disse...

Jibóia e amoreiras? Caramba! Não encontrei nada no google que se parecesse com este parque!

Lídia Borges disse...


Há recantos que encantam neste nosso cantinho onde se deleita o sol.

Lídia

Uma pena, não conhecer este.

Rosa dos Ventos disse...

Rima com jibóia, pois rima, a Gracinha é que prefere as Amoreiras e perturbou a Catarina! :-))

Abraço

Teresa disse...

Será o parque de Constância? (Se calhar, estou a escrever um grande disparate...)

São disse...

Bonitas fotos de uma paisagem bela.

Onde? Desconheço.

Abraços

Teté disse...

Xi, estava difícil! Mas com a pista da jibóia cheguei lá! Obrigada, Maria! :)))

Abraço!

Rosa dos Ventos disse...

A Maria acabou por descobrir onde fica este parque embora não seja nada badalado!
É o Parque Urbano de Santa Iria da Azóia, nos arredores de Lisboa, já no concelho de Loures e foi construído sobre um aterro sanitário depois do mesmo ter sido selado por se ter esgotado a sua capacidade.
É um parque muito completo, com vários tipos de equipamentos para actividades diversas e com uma temática específica na área das energias renováveis.
Para mais informações é só consultar o "Dr. Google"!

Abraço pela vossa sempre simpática participação

mlu disse...

As fotografias estão lindas! Não chegaria ao nome do parque mas já aprendi mais uma coisa! E continua a parecer-me um óptimo espaço!
Se não fosse o medo de andar de avião diria: quem me dera ir lá, no meio daquele imenso azul! Assim, não digo mas continuo a achar bonito!

Bons piqueniques.

Tite disse...

Estou de acordo com a maria.

Que Bela Vista que tiveram todos durante o piquenique.

Beijos

PS - Desde que andas por Lisboa vais fazendo o que ainda não tinhas feito LOL