segunda-feira, agosto 20, 2012

50 livros que toda a gente deve ler...

"Não há listas perfeitas. Escolher 50 livros (ou 100 ) implica sempre deixar de fora muitas obras igualmente importantes - ou até mais importantes - que poderiam com toda a justiça estar no lugar destas. Conscientes de que é impossível agradar a gregos e troianos, pretendemos fazer uma seleção equilibrada, com natural predomínio dos clássicos (essas obras que já passaram o crivo do tempo e entraram no cânone), mas também com algumas apostas pessoais dos colaboradores, escolhas talvez menos óbvias e que esperamos possam corresponder a surpresas e descobertas. Estes 50 títulos foram fixados após um processo de sobreposição de várias listas. A ordem em que aparecem não reflete qualquer juízo de valor comparativo. E uma coisa é certa: mais ou menos consensuais, todos os livros sugeridos nas próximas páginas têm uma qualidade literária acima de qualquer suspeita."

In Revista Atual do Expresso de 18 de Agosto

Esta é a introdução que achei por bem transcrever, contudo não irei colocar a lista dos tais 50 "magníficos" por me parecer demasiado longa para a paciência dos meus e minhas visitantes.
Muitos e muitas a terão lido e limito-me a referir aqueles que fazem parte da minha...e já chega para vos pôr à prova!
Assim cá seguem:

Guerra E Paz - Lev Tolstói

Crime e Castigo - Fiódor Dostoievski

Os Miseráveis - Victor Hugo ( em francês )

O Coração Das Trevas - Joseph Conrad

O Processo - Franz Kafka

Madame Bovary - Gustave Flaubert ( em francês )

Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis

Lolita - Vladimir Nabokov

O Vermelho E O Negro - Stendhal

Os Maias - Eça de Queirós

Poesia - Álvaro de Campos

O Monte Dos Vendavais - Emily Brontë

O Ano Da Morte De Ricardo Reis - José Saramago

Cândido Ou O Optimismo - Voltaire ( em francês )

Odisseia - Homero

Obra Poética _ Sophia de Mello B. Andresen

Nota: Se tiverem tempo e ou paciência gostaria de saber da lista dos 50 ( se a conhecem ) ou da minha os que já leram.
Confesso que fiquei um pouco desmoralizada pelo número reduzido de livros lidos!

31 comentários:

Maria disse...

Mais fácil dizer os que ainda não li:

O coração das trevas
Memórias póstumas de Brás Cubas
O vermelho e o negro
Cândido ou o optimismo

Abraço ;)

Catarina disse...

Procurei essa lista mas não encontrei. Li alguns dos que mencionaste. Acrescentaria “Por quem os sinos dobram” e “O fio da navalha” de Somerset Maugham, “Cem anos de solidão” de G. G. Marquez, “As uvas da ira” de J. Steinbeck, “O Arquipélago do Gulag” de Alexander Soljenitsine, “A náusea” de J. P. Sartre...
Gostaria de ler essa lista. Vou continuar a procurar na net.
Abraço

São disse...

"O Coração das TRevas" é um dos livros que mais me marcaram.

"Tornar-se Pessoa" de Carl Rogers também foi muito importante.

E fiquemos por aqui. Da tua lista li alguns.

Boa semana

joão marinheiro disse...

Falta-me ler o segundo volume de um premio nobel, que li faz mais de 30 anos de nome "O Dom silencioso", do qual não sei o autor, (Russo acho) e do qual não encontro edição nova ou antiga...
desta lista concordo com todos pois são sem duvida marcas incontornaveis na literatura que se publica.
abraço

luisa disse...

A lista dos 50 não vi ainda. Desta, embora conhecendo os títulos (clássicos que são...) apenas li quatro :(

Rosa dos Ventos disse...

Cara Catarina

Logo que ganhe genica, está um calor infernal, mando-te a lista por mail!

Abraço

Flor Guerreira disse...

Li O Processo, Os Miseráveis,Lolita, Vermelho e o Negro, Os Maias, O Ano da Morte de Ricardo Reis. Mas acho maravilhoso o Ensaio Sobre a Cegueira, A Insustentável Leveza do Ser e os Sonetos da Florbela Espanca. Também adoro os livros do Eugénio de Andrade que já devorei!

trepadeira disse...

A tal lista não vi.
Confesso-me mais entusiasmada pela poesia.
Prosa,tem de seduzir,romances seduzem pouco.
Esta lista,tive de ler quase toda,alguns com gosto.
Andei mais pelos existencialistas,revolução francesa,filosofia política.
Agora,minha amiga,já quase só consulto.
Ainda continuo a gostar muito dos malditos e excomungados.

Um abraço,
mário

Teté disse...

Também fiquei com curiosidade de ler a lista completa, mas desta só li seis livros. Não costumo ler poesia e nunca consegui passar das primeiras páginas nos livros de Saramago...

Concordo com as sugestões da Catarina, das quais só li dois títulos, os de Maugham e de G.G. Marquez, e acrescentaria "O Carteiro de Pablo Neruda" de Antonio Skarmeta, "A Tia Júlia e o escrevedor" de Mario Vargas Llosa, "Não Matem a Cotovia" de Harper Lee", "Manhã Submersa" de Vergílio Ferreira, entre tantos outros títulos que adorei ler! :)

A propósito, em tempos comprei um livro que se intitula os "1001 livros para ler antes de morrer" e cheguei à conclusão que me faltavam imensos...

Abraço

Rogério Pereira disse...

Certamente, quem tem hábitos de leitura e alguns anos de idade, terá o registo de muito livro lido... e dificilmente não os encontrarão nos títulos listados, todos nos "top ten" de vendas e seleccionados para prendas... Pensando bem, só vos digo: Não é tão importante o que se leu, mas o que nos aconteceu por o tanto que foi lido... E sobre isso é muito difícil falar.

Lembro palavras do meu mestre:"O homem mais sábio que conheci não sabia ler nem escrever"

Catarina disse...

Rosinha, acabei de encontrar o link. Obrigada por teres pensado (e sei que o farias) em enviar-me a lista.
http://expresso.sapo.pt/50-livros-que-toda-a-gente-deve-ler=f747892
Abraço

Catarina disse...

Já vi a lista c ompleta dos 50!
Apesar de ter lido muito e continuar a ler ainda estou muito longe de prefazer os 50 indicados.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Alguns desses não li, mas há outros da lista que já li e, pelo menos dois, constam da minha biblioteca de Verão lá no CR.
Boa semana

maria disse...

Da tua lista e da dos 50, li apenas Os Maias e O Monte dos Vendavais...tenho cá em casa mais 4 ou 5 da lista, mas nunca os li, pelo menos por inteiro...e depois há muitos que gostei de ler e que acho que nunca farão parte de lista nenhuma, apenas da minha ehehe

Ao ver a lista li um dos comentários, que diz o que penso...diz que se pedissem a mil pessoas para fazer uma lista dos 50 livros fundamentais, talvez alguns destes não fizessem parte dessa lista e haveria imensas listas diferentes.

Abraçinho :)

Flor de Jasmim disse...

Rosa
Guerra E Paz é o livro que tenho no meu perfil do meu blogue, também li O Coração Das Trevas, O Processo, O Vermelho E O Negro, Os Maias, e Obra Poética.

Beijinho e uma flor

redonda disse...

Os que não li:
A Madame Bovary em francês (li em português)M
Memórias Póstumas de Brás Cubas (mas tenho o livro na lista de próximos livros a ler)
O Ano Da Morte De Ricardo Reis (idem)
Cândido Ou O Optimismo
Odisseia - Homero (li só uma versão simplificada para crianças)
Obra Poética de Sophia de Mello B. Andresen (só li alguns dos seus poemas).
Depois vou procurar a lista do Expresso...
um beijinho

mlu disse...

Não conheço a lista dos 50 mas, já que tenho aqui o link, vou procurar. Desta lista, li Guerra e Paz,Crime e Castigo, O processo, Os Maias, O Monte dos Vendavais, Cândido ou o Optimista (em português) e Cem poemas de Sophia M B.(potanto, Obra Poética muito incompleta, penso eu).
Ler faz bem!

Um abraço e boas leituras!

Rosa dos Ventos disse...

Pedro Tadeu numa crónica do DN de hoje faz uma crítica muito pertinente a esta lista!
Aconselho a sua leitura...

Anónimo disse...

Rosinha
Da lista que apresentas,só não li Lolita.
Vou procurar os tais 50,tendo a certeza de que me faltam muiiitos que já não conseguirei ler dado que estou em longo período de hibernação,mesmo neste verão quentíssimo.
Catarina,não a conheço,mas reparei que antecipou a vindima,por distração,claro,quando nomeou a "As uvas da ira"em vez de "As Vinhas da Ira".´Sou cá uma engraçadinha...Kinkas

Luis Eme disse...

também li poucos dos cinquenta, acho que menos que tu, Rosa.

vou pegar na revista e ver o que li.

a poesia da Sophia e de Pessoa (os poetas que mais gosto...), sem consultar.

li: "Ficções", J.L.Borges; "Ulisses", J. Joyce; "O Processo", Kafka; "Lolita", Nabokov; "O Grande Gatsby", F.S. Fitzgerald; "Poeta em Nova Iorque", F.G.Lorca; "Os Maias, E. Queiroz; "Odisseia", Homero;

e li alguns destes clássicos, sem me terem ficado no goto, quase por dever e fama, por isso é que não penso ler os restantes.

da lista apenas quero ler: "O Ano da Morte de Ricardo Reis", "Moby Dick", "Memórias Póstumas de Brás Cubas" e "Montanha Mágica".

Rosa dos Ventos disse...

Caro Luís Eme

Recomendo-te vivamente "Memórias Póstumas de Brás Cubas" que li por obrigação para uma cadeira de Literatura Brasileira mas que achei muito bom...também já lá vão muitos anos!
"Moby Dick" espreita-me todos os dias numa das prateleiras do meu parceiro...:-))

Abraço


Catarina disse...

Ahahah! Tem razão, Kinkas! Obrigada pela correção. : )

Anónimo disse...

Nem te digo os que li (da tua lista), tal é a vergonha.:))
(todos leitura da faculdade e/ou escola:))

Aquele abraço:)
Nina

Turista disse...

Minha querida Rosa, eu nem sabia desta lista! É o que faz estar "mesmo" de férias! ;)
Com o link da Catarina (obrigada querida Catarina!), fui espreitar...
Vi também os que tu já leste e deixaste-me logo KO, pelas tuas leituras realizadas em francês!
Aqui vai a minha lista dos livros lidos (isto até serve para ver como estou ou não, "in":
-Guerra e Paz - vi o filme (em duas versões)! Pode-se considerar, verdade? ;)
-Os Miseráveis - li na minha juventude (era bem mais culta nessa altura, confesso!)
-A República de Platão - li na minha juventude.
-O processo de Kafka - li na minha juventude.
- Madame de Bovary - li na minha juventude.
-A Montanha Mágica - li na minha juventude.
-Retrato de uma senhora - vi o filme recentemente (haja algo que tenha feito recentemente...) ;)
-Lolita - li na minha juventude e vi o filme com o Jeremy Irons! Fantástico!
-O vermelho e o negro - li na minha juventude.
-O grande Gatsby - li na minha juventude e vi o filme.
-Poesia de Federico Garcia Lorca - leio de tempos a tempos. gosto muito!
-1984 do Orwell - li e reli na minha juventude!
-Os Maias do Eça - já li umas seis vezes e por vezes ainda o folheio...
-Poesia de Álvaro de Campos - li e releio agora... mais logo...
-O Monte dos Vendavais - li na minha adolescência!
- O ano da morte de Ricardo Reis - é um dos meus livros favoritos do Saramago. Gostei muito.
-Obra poética da Sophia - li, e releio a qualquer momento.

Conclusão: estou completamente out!!
Era infinitamente mais culta na minha juventude!
Mas também esta lista é só para gente intelectual, verdade?
Então, nem um livrinho de Gabriel Garcia Marquez? Nem um livrinho da Ágata Christie? Nem um livrinho do Pedro Paixão?!
Beijinhos grandes e obrigada por me obrigares a fazer este exercício. :)

Rosa dos Ventos disse...

Amigos e Amigas
Não há listas perfeitas porque cada um de nós terá a sua, aliás o prólogo que transcrevi aponta para isso.
Esta também não seria a minha lista e partindo do princípio que nos estamos a referir a "clássicos" atrevo-me a acrescentar alguns do meu gosto:
Além de "Os Lusíadas" como reclama Pedro Tadeu na sua crónica de ontem no DN, juntava aos portugueses...
"Viagens na Minha Terra" - Almeida Garret
"Mau Tempo no Canal" - Vitorino Nemésio
"Os Esteiros" - de Soeiro Pereira Gomes
"A Sibila" - Agustina Bessa Luís

De expressão portuguesa:
O Meu Pé de Laranja - de José Mauro de Vasconcelos

Le Petit Prince - de Saint-Exupéry
O Leopardo - de Tomasi de Lampedusa
O Perfume - de Patrick Süskin
As Velas Ardem até ao Fim - de Sándor Márai

Independentemente de tudo também somos aquilo que lemos...
Claro que há muitos mais que poderiam constar da minha lista, mais actuais mas não quis fugir ao princípio da lista inicial.

Abraço pela vossa colaboração

as-nunes disse...

Isto e´que vai por aqui uma paciência!

A arrolar os livros que já se leram?
Podia ser que acabasse por me lembrar de alguns. O problema é que ter tenho alguns dos que já vi por aqui relacionados. Ler, gosto de ler, mas estou a perder a paciência para ler romances. Leio essencialmente, poesia, quer dizer vou lendo poemas e mais poemas. Estou a ler:
- A primeira aldeia global- Martin Page;
- O tempo envelhece depressa - Antonio Tabuchi;
- O medo da insignificância - Carlo Strenger;
- Comissão das Lágrimas - António Lobo Antunes

e vários livros de poemas.

Quer dizer, ler no sentido de que que os tenho na mesinha de cabeceira e lá se vai lendo...

Abraço

Graça Sampaio disse...

Também vi esta lista do Expresso, Uma escolha é sempre uma escolha, claro! E sempre criticável, claro! Acho que falta Camões e Álvaro de Campos... Mas fiquei feliz por lá estar o meu livro dos livros - O Monte dos Vendavais.

Li muitos, com excepção do Machado de Assis e da Lolita e do Crime e Castigo - li outros, muitos outros, como bem sabes!

Beijo

Rosa dos Ventos disse...

Mas Álvaro de Campos estava lá, Gracinha!
Não podia mesmo faltar! :-))

Abraço

Lídia Borges disse...


Destes não li "Cândido Ou o Optimismo" Voltaire, nem "Lolita" Vladimir Nabokov...

Descobre-se facilmente que nunca teremos tempo para ler todos os livros que merecem ser lidos, por mais longa que seja a nossa vida.

Um beijo

Catarina disse...

Desta lista só li "Os Maias".
Mas li outros 6/7 títulos do José Saramago que não constam dessa lista...

Tite disse...

Entre os muitos livros que li até começar a ter a vista cansada, falhei os teus 4 últimos livros e As Memórias Póstumas de Brás Cubas.

Ciao!