segunda-feira, julho 07, 2008

Porto seguro

De velas ao vento, lá vai a Rosa dos Ventos em busca de porto seguro.
Alguma vez o irá encontrar?

28 comentários:

Eduardo Aleixo disse...

Se os ventos gostarem da rosa, não tenho dúvidas.
Eduardo Aleixo
( À Beira de Água )

dona tela disse...

Vou ali e já volto.
Beijinhos.

Maria P. disse...

Porto seguro, porto de abrigo, encontra sim, eu (ainda)acredito...

Beijinho, e bem-vinda!*

Escutador de Almas disse...

RV, o Porto Seguro começa a edificar-se dentro de ti e prolonga-se para o espaço afectivo e social onde existes.
Claro que o construirás, com ajuda tua, da família e dos amigos.
Por vezes a sua construção e manutenção é dolorosa.
Não contes encontrá-lo feito, tipo marina de Lagos.
Conta com este "escutador" amigo para ajudar no que puder, nem que seja escutando!

Luís disse...

depende muito do que entendes por porto seguro...

boas férias Rosa

abraço

(luis eme)

HB disse...

Claroque o vais encontrar e bem o mereces !!!

HB disse...

Não abras os 3 primeiros , São virus

HB disse...

Digo os 4 primeiros

Rui disse...

Não deixes de desfrutar da viagem.

Abraço.

Justine disse...

É preciso é ir procurando, e manter viva a chama da esperança de que um dia, quem sabe, encontrarás o teu porto seguro:))
Beijo

Rosa dos Ventos disse...

Claro que não abri, mas agradeço a recomendação, caro ex-Átila.
Agora gostava de saber como tirá-los de lá.

Abraço

Escutador de Almas disse...

Rosa, um marinheiro, no alto da gávea, está a gritar: terra à vista!
Lá poderás ir construindo o teu "porto seguro".
Conta contigo, com os teus afectos e com os teus amigos.

Podes contar com quem te vá escutando...

Pitanga Doce disse...

Mas mal chegaste e já vais outra vez? Vá lá! Iça a vela e vai!

Quanto aos quatro primeiros vai ao blogguer e quando aparecer a lixeira, zás-trás nele.

beijos

Fevereiro disse...

Rosa dos Ventos,
O porto seguro, claro que sim, claro que se encontra! Já sabes, fui eu que escrevi "hedonismo", que "apanhaste" antes de eu terminar o post, com alguns erros, agora ultrapassados e apagados e, com alguma sorte, já nem tu nem eu nos lembramos deles, que até deveriam ser insignificantes, digo eu, no meio da intenção que era fazer uma mensagem positiva. O que é bom, encontra-se, o que é mau, querendo, ultrapassa-se ou vai-se ultrapassando. Digo eu, de chapéu rosa enterrado na cabeça, que nem o quero de outra forma.

Fevereiro disse...

E esqueci-me de dizer que deixei lá um comentário no meu blog.
Um abraço.

Oris disse...

Claro que o vais encontrar...ele está lá à tua espera e é só encontrar o momento certo.

Beijitos, Rosa dos Ventos

Duarte disse...

Claro que sim. para que queres ser rosa dos ventos? Isso, para encontrar o teu Norte.
Boa foto. Céu e mar, e um veleiro. Que bonito!
Conheces o fado de Carlos dos Carmo, "Canoas do Tejo"? Se os maus ventos não te empurram para outras rotas chegarás a bom porto.

Fevereiro disse...

Obrigada pelo comentário sobre o chapéu. E trate-me por tu!
Um beijinho.

Vieira Calado disse...

Esperemos bem, que sim.
Embora este mundo cada vez esteja mais problemático.
Um abraço

Anónimo disse...

Quem procura sempre vai alcançando,
não digo um "porto seguro"que penso não existe,mas um terreno firme onde apetece caminhar,semear,colher.Linda,linda
foto!Abraço Kincas

DelfimPeixoto disse...

Certamente sim... não fôra a rosa dos ventos

goiaba disse...

Só uma sugestão : recolha as velas, amarre o veleiro e deixe-se navegar por dentro de si. Em algum cantinho estará o seu "porto seguro". Ás vezes queremos encontrar um porto de águas profundas e o "nosso" é afinal uma enseadazinha para barcos de fundo chato ... mas é o melhor porto do Mundo.

Fevereiro disse...

E que seja uma óptima viagem!
Abracinho.

Eyes wide open disse...

Apetece mergulhar neste mar azulinho :)

(certamente que o irá encontrar... por vezes os ventos fortes não nos dão outra solução que não a de recolher as velas. Mas há que manter a fé... tentar é de muitos, perseverar é dos eleitos)


*


e boa viagem!

Maria disse...

Claro que sim....
Fundeia e mergulha! Boas férias.

Um abraço

samuel disse...

Os portos, mesmo os menos seguros, estão todos "lá" para serem encontrados.

Rosa dos Ventos disse...

Estou a ver que o meu porto seguro são os meus amigos virtuais ou os que acumulam a virtualidade com a realidade...
Vou aproveitar tão bons conselhos, umas vezes à bolina, outras fundeando numa pequena enseada, outras mergulhando no meu mar mais ou menos calmo, outras deixando-me ir à deriva da maré.
Há mesmo mil e uma formas de navegar e "navegar é preciso"!

Abraço

Vanda disse...

Tu és o teu porto seguro.

Quem melhor que tu, abriga a Rosa dos Ventos?

Desejo te bons ventos para o encontro de uma bela, fresca, luxuriante.... enseada :) isso sim :)


Beijinhos, Rosa, fico feliz pelo abanono do sofá! :)