quarta-feira, abril 18, 2007

Prisão


Só o corpo está do lado de cá!

10 comentários:

Luisa Oliveira disse...

Repara bem nas grades! Não são muito grossas... Da próxima vez que te vir dou-te uma lima e todos os dias (mas tem que ser todos os dias!) quebras um dos ferros. Daqui a muito pouco tempo (garanto-te que será antes do que esperas), mandas-me uma mensagem codificada (para não sermos apanhadas) a dizer que estás pronta, que as asas recuperaram e já consegues voar. E eu vou ter contigo, de noite, levo-te roupa quente e uma tablete de chocolate, arranco de vez as grades e fico a aplaudir o teu maravilhoso voo... Combinado?

Su disse...

por isso doí a alma....

jocas maradas de bom tempo menina

Maria P. disse...

Bem visto! Excelente imagem.


Beijinho*

Luis Eme disse...

Quase sempre, Rosa...

A Luisa tem razão, essas grades nem são das mais dificeis de serrar ou limar...

Borboleta disse...

Se quiseres mesmo, consegues arrancá-las:) E então estarás de novo de corpo e alma...
Bj grande.

Teresa disse...

Anima-te companheira!!!Um beijo

Bartolomeu disse...

A prisão mais dolorosa é que nos é imposta pela mente.
Seja nos actos, nos preconceitos, ou nas atitudes.
Mesmo quem está fisicamente encarcerado, consegue ser livre se a mente for aberta, ampla.
Ha um exercício, que é a base do yoga, muito aconselhavel para quem deseje "educar" a mente.
Consiste na prática de algo muito simples: Sentar confortávelmente num local silencioso e aprazível, inspirar e expirar, lenta e profundamente, concentrar o pensamento em algo que transmita uma sensação agradável.
Este exercício não requer muito tempo de dedicação, bastam 10 minutos diários e os resultados sentem-se rápidamente.
Experimenta.

Jaime disse...

Liberta-te!

LB disse...

Há que cortar as grades... né?

Beijinho

Maria disse...

O pensamento é livre.
O sonho também...

Beijos