quarta-feira, abril 23, 2014

Dia Mundial do Livro

Este é um daqueles dias que não pode deixar de ser assinalado mesmo por quem não morra de amores por "dias de..."


Nada como uma Feira do Livro para assinalar a data e ao mesmo tempo festejar Abril e foi o que a "minha" Câmara decidiu fazer!


Continuando no registo local apresento-vos um livro infantil cuja autora é uma das responsáveis pela Biblioteca Municipal de Ourém.
É um excelente livro para as crianças entenderem o que é uma eleição democrática e está a ter muito sucesso nas escolas.



Passando agora para o registo nacional  no contexto que estamos a festejar,"O Movimento dos Capitães e o 25 de Abril", foi um dos primeiros livros sobre a revolução dos cravos. Foi publicado em Setembro de 1974 e a sua quinta edição surgirá hoje, na Associação 25 de Abril. 
Segundo o sociólogo  Boaventura de Sousa Santos esta obra "mantém intactas as qualidades que a tornaram um dos livros mais emblemáticos sobre a revolução".



"Os Rapazes dos Tanques" será outro dos livros a lembrar quando estão passados 40 anos depois daquela madrugada que acordou Portugal para a liberdade e onde há pontos obscuros, esquecidos, alterados mesmo por quem esteve no centro dos acontecimentos.
A memória às vezes é traiçoeira...


E, finalmente, num registo pessoal, apresento-vos o último livro que li e que nos remete para um tempo em que Lisboa era "a última fronteira" para quem queria fugir à guerra e onde se confrontam "milionários, actrizes, judeus e espiões" todos bem vigiados pela Pide e através desta polícia, por Salazar que "permite esta guerra secreta", jogando com pau de dois bicos entre Aliados e Alemães.
Quanto ao conteúdo achei-o interessante mas a linguagem, quanto a mim, é pouco elaborada, a dar para o "verde", a tocar ligeiramente os romances de cordel.

22 comentários:

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

E mesmo um dia especial e merece sim todas as homenagens. O livro é um grande amigo da gente. beijos, Rosa.

ematejoca disse...

Abril, abril, livros mil!!!

Ouvi dizer, que hoje por ser o Dia Mundial do Livro, a Bertrand espalhou 1.000 livros por todo o país para serem encontrados nos sítios mais frequentados pela população, como por exemplo, nos transportes públicos.

Boas leituras, Rosa dos Ventos!

Flor Guerreira disse...

Fiquei mesmo curiosa em relação ao livro infantil. Deveria ser giro para as minhas Minis. Haverá em qualquer livraria?

ematejoca disse...

Embora as pessoas tenham a mania de que eu só gosto de ler livros difíceis, é exactamente "Enquanto Salazar dormia..." o único livro, dos aqui expostos, que eu tinha interesse de ler, mesmo tocando ligeiramente os romances de cordel.

O que é que significa: "a dar para o 'verde'"?

Maria disse...

Sabes??? Estou a gostar muito da forma como tens vindo a comemorar Abril por aqui:)))
Beijinhos amiga
Abril sempre!!!
Maria

Rosa dos Ventos disse...

A dar para o "verde" significa que ainda está pouco maduro em relação ao processo criativo da escrita, tem ainda muito caminho para percorrer...isto no meu entender.
Do ponto de vista histórico documentou-se bem, criou os ambientes da época mas a forma como narrou os acontecimentos e elaborou os diálogos ficaram aquém...

Abraço

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde,
Hoje é dia mundial do livro, este é considerado o amigo do homem, nem sempre é assim, a maioria do livros são a opinião própria de quem o escreve, alguns relatam a investigação realizada de uma maneira tendenciosa na tentativa influenciar a opinião de quem o lei, O livro é escrito pelo homem que não é o dono da razão nem senhor da verdade, como tal, nem sempre ou quase sempre a sua honestidade deve de ser considerada.
O livro pode dar-me ou não o conhecimento, o dia a dia de certeza e sem qualquer duvida dá-me o saber, que vai direcionar a vida
Dia feliz
ag

http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Boas escolhas, Rosa. Eu virei-me para duas bibliotecas. Uma inaugurada hoje e outra que já tem um ano, mas continua a ser inovadora.

São disse...

Para quem adora ler , este Dia é mesmo para comemorar, rrss

Grato abraço

Graça Sampaio disse...

Belas escolhas, sim senhora, para o Dia do Livro!! Boas sugestões.

Beijinhos e boas leituras.

Janita disse...

Excelentes escolhas, Rosa dos Ventos.
Assinalas este Dia do Livro dando a conhecer ou relembrando, livros que falam da data que se aproxima.

'Enquanto Salazar dormia', não é novidade para mim, embora só o tivesse lido na diagonal, em casa de uma pessoa amiga.

Um abraço, Rosinha.

Catarina disse...

Li este último em outubro do ano passado. Até gostei. E agora tenho que confirmar o que são romances de cordel. Creio que sei mas é sempre conveniente confirmar!! : ))
Para este dia escolheria o que estou a ouvir neste momento (audiobook) que tem tido um grande sucesso no continente americano. Creio que ainda não foi traduzido em português: The Goldfinch (O Pintassilgo) de Donna Tartt.
Abraço

luisa disse...

Isto é o que se chama celebrar Abril e o Livro!

redonda disse...

Um grande dia (sobre muitos dos dias mundiais só fico a saber às vezes pela blogosfera, mas este não :)
Ainda não li nenhum dos livros aqui referidos.
um beijinho

Teté disse...

Só li o último e gostei. Embora possa concordar que há ali alguma "verdura"... :)

Abraço

Pedro Coimbra disse...

Mesmo as anedotas no meu blogue, amanhã, serão todas dedicadas ao 25 de Abril

O Puma disse...

Em MAIO

recriar os cravos

mlu disse...

Aqui, perco a noção destes dias de...
Não morro de amores por eles mas "morro de amores" por livros! Pena não estar em Ourém! Tenho este livro infantil, já o li 2 vezes e acho-o excelente para cumprir a sua intenção!
Já tenho cravos na caravana!

Bom 25 de Abril.
Um abraço.

Majo disse...

~
~ Felicito-te por esta interessante, original e criativa publicação.
~ Fico grata pela afetuosa e dedicada partilha.
~ Que não faltem livros e amigos para relembrarem, celebrarem
e comemorarem esta efeméride que nos é tão tocante e especial.

~ Um abraço e um cravo vermelho.

marina maia disse...

Tambem falei sobre este dia, gosto de o comemorar, tudo o que os meus pais me contam, ainda bem que aconteceu!!!!
Viva o 25 de Abril sempre!!!
Beijinhos adorei as tuas escolhas literárias!!!
Um beijo com cheiro a cravo vermelho!!!

Rosa Carioca disse...

Concordo, este é um dia que deve ser bem comemorado: amo livros!
Valeu as dicas!
(Cheguei aqui através de outro blog e voltarei mais vezes.)

Teté disse...

Claro que valeu! :)