sábado, maio 04, 2013

Tempo suspenso...

De 2 de Maio de 2012 a 2 de Maio de 2013 vivemos num tempo suspenso!
De 1 de Abril a 2 de Maio foi um tempo suspenso em agonia...
Diz António Gedeão  que:

"Todo o tempo é de poesia.

Desde a quentura do ventre
à frigidez da agonia."

Mas só um poeta é que é capaz de encontrar poesia em alguém que está de partida para a última viagem.
Finalmente descansa em paz a minha muito querida prima/irmã R.!

24 comentários:

quem és, que fazes aqui? disse...


Um beijo especial, Rosa.

Laura

Rui da Bica disse...

Sinto a tua dor, Rosa ! :( ...
....
Tal como tu, achei estranha a poesia na "frigidez da agonia". (?)

Um abraço (diferente), Rosa.
.

mlu disse...

Viu-se em diversas ocasiões, vê-se agora, este amor especial!


Um abraço grande!

maria disse...

Lamento Rosa :(

Um abraço apertado.

Flor de Jasmim disse...

Abraço-te Rosa!

Beijinho

Catarina disse...

Lamento muito, Rosa.

Também faz hoje – aliás, ontem, porque já é 1:07 de domingo – três anos que uma grande amiga fez a última viagem.

Abraço amigo.

São disse...

Solidário e apertado abraço neste momento triste, Rosa!

E paz para a tua prima.

Anónimo disse...

Um abraço solidário.M.A.A.

Justine disse...

Um abraço apertado e solidário, amiga!

Rui Pascoal disse...

Daqui lhe envio um sentido e solidário abraço.

Anónimo disse...

Querida Rosa
Um abraço muito sentido e certeza de que a tua Prima encontrou a Paz que merece,depois de tão longo sofrimento.Kinkas

luisa disse...

Compreendo essa dor.
Um beijinho.

Teté disse...

Só mesmo um poeta para encontrar poesia numa partida. Que a tua prima/irmã amiga descanse em paz!

Um grande abraço!

sendyourlove disse...

... no evangelho de hoje Jesus diz: "Se me tivésseis amor, havíeis de alegrar-vos por Eu ir para o Pai, pois o Pai é mais do que Eu."
Alegre-se, mesmo que com lagrimas de saudade... pois os que amamos nos deixam de estar connosco!
bjs
Beta

R. disse...

Um abraço sentido, com os votos de que a "poesia", também sinónimo de (re)construção, se converta num tempo de renovado ânimo.

Anónimo disse...

Ânimo para ti e paz para tua prima, que parou de sofrer.

LUIZ

Anónimo disse...

Hello. And Bye.

Lilá(s) disse...

Deixo-te um abraço.
Bjs

Nina disse...

Minha querida, só agora vi este post. Teria vindo a correr dar-te um abraço, apesar de andar ausente.
Fica um maior, porque a estas horas as saudades é o que mais dói.

Dalma disse...

RV. Disse- me um dia a minha filha num momento em que falávamos de perdas: " o sofrimento é o tributo por disfrutarmos de alguém que foi especial para nós". E é isso mesmo.

Lídia Borges disse...


O fim (ou o princípio) está impregnado de uma tal inevitabilidade
que nenhuma palavra ousa interferir.

Deixo um abraço solidário.

Lídia

quem és, que fazes aqui? disse...


Deixo um beijo.

Laura

Humana disse...

querida rosa dos ventos, deixo-te um grande abraço.

marina disse...

Um beijinho ainda maior...