quinta-feira, maio 09, 2013

Insólito

(imagem da net)

Logo de manhã, no bairro atarefado com a saída para os empregos e escolas, no meu papel de baby sitter/taxista e meia zonza com a enorme constipação primaveril que me atacou, entre outros males, pasmo perante uma imagem insólita!
Saída do nada, atravessa na frente do carro uma mulher de ar muito modesto com uma grande cesta de ramos de garridas flores campestres...
Subitamente fez-se-me luz!
Hoje é Dia da Espiga e muitos dos municípios do país gozam o seu feriado.
E aquela mulher que atravessou a minha manhã foi como se fosse a leitura de um poema!
E como eu ando necessitada de poesia!

30 comentários:

Luis Eme disse...

boa!

feliz dia da espiga, com toda a poesia do mundo, Rosa.

abraço

Catarina disse...

Feliz dia da espiga!

Era o dia dos namorados? Não me recordo já da sua origem. Terei que consultar o google mais tarde.

Que o teu dia seja poético, Rosinha dos Ventos.

Abraço : )

Rui Pascoal disse...

Gostei de ler a sua "prosa", está cheia de flores e poesia.
Feliz Dia da Espiga!

Rui da Bica disse...

Não sei se tenho andado distraído estes anos todos, mas não me apercebi que aqui pelo Norte se festeje este dia da espiga ! Tenho a impressão que poucos sabem o que é ou representa !

Rosa, procura encontrar poesia nos pequenos pormenores com que te confrontas no dia a dia ! :))
Vês, este da mulher de hoje, é um exemplo ! :Ç))

Abraço com poesia ! :))
.

Anónimo disse...

Dia da espiga!Muito desejado na minha infância.Dava direito a vestido novo,colchas à janela para a passagem da procissão por ser dia do padroeiro da freguesia (Sr.dos Aflitos-que jeito nos daria agora a sua intervenção-)e jantar de toda a família disponível que vivia em Leiria (só primos,pelo menos 10,alguns em idade casadoira que aproveitavam para catrapiscar alguém de outros grupos que se deslocavam em busca da espiga (malmequer,espiga de trigo e papoila-para fartura durante todo o ano)e direito a animação por 2 filarmónicas em coretos).Ainda não havia Quins Barreiros nem microfones...A semana passada,dei uma magra contribuição para um andor da festa deste ano que agora se realiza ao domingo por via dos horários de trabalho (?).Ainda guardo duas das colchas e talvez as vá tirar do baú para refrescar ainda mais estas memórias que me
invadiram por tua causa,pois que não me lembrava de que é hoje o DIA da ESPIGA .Ele é dia de espiga todos os dias...

maria disse...

Também não sabia que era hoje, mas em Lisboa assinala-se sempre o dia da espiga nem que seja só assim, uma mulher que vende raminhos de espiga :)

Beijinho e as melhoras :)

luisa disse...

De facto... este é um dia poético. :)

Mariposa Colorida disse...

Por aqui é feriado. Na minha terra natal não se comemora este dia e, daí, eu não entre muito nas tradições. Mas adoro ver as flores campestres!

Lídia Borges disse...

Quinta-feira da Ascensão.
É preciso que a espiga nova vá substituir atrás da porta a do ano passado.

A tradição anda às flores.

Um beijo

Rogério Pereira disse...

Se a carcaça estiver com graça,
Depois de um ano, guardada
terá felicidade, a casa

É um velho costume
acto de ode ao pão
ou mera superstição

São disse...

Uma pena que estas tradições se percam...

As melhoras , no meu abraço também constipado, rrss

rouxinol de Bernardim disse...

A poesia é o néctar da alma!

Lídia disse...

PARABÉNS QUERIDA POR ESSA VISÃO POÉTICA DA QUINTA FEIRA DA ESPIGA!!!

EU... ONZE HORAS NUM 1º ANDAR DE CENTRO COMERCIAL SEM JANELAS... NEM DEI POR ELA,,, POR ISSO VALI-ME DESTAS MINHAS IMAGENS E LEMBRANÇAS!!!

1 BEIJINHO LÍDIA

http://lidyhart.blogspot.pt/2013/05/quinta-feira-de-ascencao-na-freguesia.html

quem és, que fazes aqui? disse...


Bom resto de dia, já que o começo foi de encantar!

Beijo

Laura

Humana disse...

ou seja: a poesia atravessou a rua, mesmo à tua frente. :)

eu comecei o meu com um longo passeio pelo campo. por lá avistei, sem as colher, as plantas que comporiam o ramo.

um abraço, amiga rosa dos ventos.

Graça Sampaio disse...

Serve esta?...


«Esta vida é uma cantiga

Este dia d’alegria

Vale um ano d’aflição.



Porque este dia da espiga

É o arauto do dia

Em que o trigo há-de dar pão.



Jorra o vinho dos pichéis

Para os lábios das moçoilas,

Mais vermelhas que papoilas

Co’as larachas dos Manéis



E há merendas pelos prados

Gargalhadas pelo ar…

E à beirinha dos valados

Ouve a gente murmurar:


Maria, são teus olhos azeitonas!

Cachopa, são teus lábios qual cereja!

E os teus seios, cachos d’uvas que abandonas

À vindima desta boca, que os deseja.»

Teté disse...

Somos duas com grandiosa constipação em cima, que nem sei como surgiu! :P

E também vi uma mulher com um enorme cesto de flores silvestres, se bem que não tivesse ido levar ninguém à escola. Também foi quando me lembrei do dia da espiga... :)

E que encontres outros poemas pela frente, desses ou mesmo em bibliotecas! :D

Abraço

marina disse...

Rosa espero que tenhas encontrado no teu dia alguma poesia, apesar de ter sido um bom dia,a minha cabeça hoje teve dificuldade em concentrar-se...só pensou em coisas menos boas, embora de vez em quando tenha abanado a cabeça, para os pensamentos sairem...beijinho e que o dia de amanhã seja ainda melhor!

Dalma disse...

Quando os meus filhos andavam no colégio durante a primária traziam-me sempre um raminho ( espigas, papoilas e maias) depois disso nunca mais recebi nenhum. Tenho que indagar se a minha filha recebeu algum pelo menos da sua filha chocolate que está ainda no infantário.

mlu disse...

Essa foi uma poesia cheia de cor e vida! Um encontro que valeu a pena!
Eu lembrei-me, mas aqui perto da cidade nem há o elemento essencial destes raminhos que é, exactamente, uma espiga de trigo!

Um abraço

Flor de Jasmim disse...

Dia da espiga, é a 5ª feira de Ascençao, já diz o velho ditado:

"Da Páscoa à ascenção
40 dias vão"

na Marinha Grande é feriado, dia da população se juntar num piquenique no Pinhal do Rei, e na floresta desde a Marinha até S.Pedro de Moel e Praia Velha, apanha-se a espiga, "um ramo de varias flores silvestres" e guardam-se até ao proximo ano.

beijinho e uma flor

heretico disse...

que viva a Primavera...

beijo

maria mar disse...

Então, não foste apanhar a espiga mas cruzaste-te com a cor logo pela manhã. Que este ano te traga tudo o que a espiga simboliza.
Beijinho

Pitanga Doce disse...

Tens todo o direito de poetar, Rosa.

Nina disse...

Olha para ti, querida Rosinha. Toda tu és poesia. Lembra-te disso.
um grande abraço e as melhoras

Justine disse...

Lá vai o tempo em que íamos, de vestidinho novo, apanhar "a primavera" para o campo. E voltávamos, alegres, oferecer o ramo à nossa mãe! Há quantos séculos foi isto????
às vezes sinto-me tão velha, minha amiga...

Evanir disse...

Às vezes, você se aborrece
Porque ainda sou criancinha
E sempre deixo marcas de dedos
Nos móveis da casa inteirinha.
Mas estou crescendo dia a dia
E logo adulto vou ser
E essas marcas de dedos
Vão todas desaparecer.
Agora deixo uma marca bem especial
Pra você nunca esquecer
Como eram meus dedinhos
Antes de eu crescer.
Agora somos adultos a saudade
que sentimos já é nossa dos nossos
pequeninos já adultos também.
Feliz Dia Das Mães com muito carinho.
Ser mãe de verdade é ser amiga
dos filhos é ser seu porto seguro.
Cabe a nós mães ser exemplo
ser espelho onde nossos filhos possa
contemplar e refletir passado e futuro
com muito amor e fé acima de tudo.
Mãe :fale do amor de Deus para seus filhos
só assim eles terão orgulho de chamar te de (Mãe)
Feliz Dia das mães carinhosamente, Evanir.
Tem mimo na postagem fique a vontade para levar de lembrança.
Quando tiver um tempo entre no endereço abaixo.
https://sites.google.com/site/reflexaoemocao/textos-para-refletir
Essa mensagem não é só minha.

O meu pensamento viaja disse...

Bom domingo, amiga.
Beijo

Turista disse...

Querida Rosa, sabes o que te ia responder? O que a nossa Nina, já o disse: mas... tu és toda poesia e ternura!
Beijinhos grandes. :)

Poppy disse...

Dia 9 de Maior é o dia da Espiga e também o dia da Europa :)