sexta-feira, setembro 30, 2011

Setembro

( imagem da net )

Setembro chegou ao fim!
É um mês cheio de estranhezas...
De uma enorme doçura: temperaturas amenas, céu azul-bebé enfeitado com algodão doce, sol quentinho, colheita dos últimos frutos, figos, maçãs, pêras, marmelos, uvas, preparação dos doces para o Inverno, com as cozinhas cheias de odores, sabores deliciosos, frascos e tigelas enfileirados nas despensas à espera de serem distribuídos  por quem de direito, praias desertas com o mar ainda cheio de mansidão mas...
De uma estranha violência também :  poentes incandescentes,  vento que se levanta subitamente,  frio que aparece à noite,  árvores desgrenhadas que vão perdendo as folhas que volteiam pelo ar, pelo chão, acastanhadas, avermelhadas, secas, e aquela sensação que um ciclo se está a fechar!
Apesar desta estranheza gosto de Setembro!

24 comentários:

São disse...

Setembro só tinha que ser especial: é o mês em que vim-à-Terra, rrssss

Um abraço e obrigada por (também) gostar de Setembro!

L.O.L. disse...

temperaturas amenas???? dá-me a impressão que foi bem mais quente do que Agosto:))))))
Abraço.

Rosa dos Ventos disse...

Eu não o disse por pudor...sei lá...mas digo-o agora por vir a propósito. Foi a 28 de Setembro que nasceu o meu filho mais velho que já partiu...

Abraço para a São, outra Balança cheia de encanto certamente! :-))

Lídia Borges disse...

Cheios de sugestões sinestésicas, em apelo aos sentidos.

Lindo!

Um beijo

Lídia

maria disse...

Também gosto muito de setembro :)))

Beijo :)

Rui Pascoal disse...

Gostei muito deste Setembro e da forma como a Rosa dos Ventos o descreveu tão bem mas ao ler o seu comentário fiquei sem palavras...
(Sabia que o meu filho nasceu a 26 deste mês?)
Bem Haja!

Sonhadora disse...

A minha filha mais nova nasceu a 26de Setembro. É um mês que tem os seus encantos, mas, sinceramente, não gosto de ver as folhas a cair.
Beijinho

Pitanga Doce disse...

Também tenho um setembro, assim, gravado em mim. Com pôr de sol escandaloso de tão lindo, com arco-íris à mistura, cheiro de mar iodado, um amor que não tem fim e uma saudade que mora junto.
Um Setembro pra sempre.

Flor de Jasmim disse...

Rosa
É um mês que gosto, mas infelizmente também o tenho gravado em mim com muita tristeza.
Beijinho e uma flor

folha seca disse...

Cara Rosa dos Ventos
Apesar de muito mais quente que Agosto, gosto muito mais deste mês que apesar de tudo, traz também o regresso à normalidade (durante agosto o País quase para)
Abraço

Justine disse...

Adoro Setembro e o princípio do Outono! E adorei o teu poético texto:-))))
Beijinho

Nina disse...

Sorri pelo belíssimo texto, porque sabia que Setembro era o mês...
Um grande beijinho e um muito obrigada por seres um exemplo em tanta coisa.
Abraço.:)

Turista disse...

Querida Rosa, dá para perceber que para ti este mês, é especial.
Apesar deste ter sido atípico, o que fez as minhas delícias. :)

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Esta semana, por aqui, as noites t^m estado muito serenas e cálidas, a lembrar mais Junho do que Setembro...

Bom fds

Lilá(s) disse...

Este Setembro foi diferente de todos os que me lembro, fiquei um pouco cansada deste calor exagerado.
Bjs

mlu disse...

É um texto lindo!
Gosto de Setembro porque nele começa a estação do ano de que mais gosto. O Outono é a terra a acalmar, a preparar-se para descansar, quase como o menino que vai dormir.
Gosto das cores de Outono.

Bom fim de semana

Eva Gonçalves disse...

Sempre adorei o mês de Setembro! E pelos vistos, há mais como nós, :))E só faço anos no final de Outubro!rrsss beijo

Catarina disse...

O último dia de setembro (por aqui) ainda não chegou ao fim. Fez sol e depois começou a chover e ainda não parou.
Seria bom estar perto do campo e observar tudo aquilo que descreves.

Vieira Calado disse...

Uma pergunta:

guarda alguma fotografia desse lagar de azeite?

Bjsss

R. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
R. disse...

Gostei destas palavras também. Quiça Setembro seja, afinal, um pouco como todos nós,uma alternância entre estados contrastantes.

Um abraço e os votos de um fim de semana "estranhamente" positivo :)

Há.dias.assim disse...

E o Outubro já aí...

JPD disse...

Boa noite, Rosa

Descreves muito bem o Setembro.
Os meus meses preferidos são Maio e Outubro.
O equilíbrio dos Elementos é quase perfeito.

Estou a regressar com a regularidade semanal: uma narrativa à Quarta. Durante o resto da semana, em «A Espuma dos Dias» notas do quotidiano.
Bjs

Anónimo disse...

Também gosto do mês de Setembro, mês em que nasceu a minha querida avó materna.

Como gostei tanto deste teu texto tão lírico, Rosa dos Ventos, escreve agora sobre o Outubro, o Outubro dourado, como lhe chamam os alemães.

Um grande abraço da Cidade Invicta.

Teresa Hoffbauer (EMATEJOCA)