quinta-feira, março 27, 2008

Apontamentos algarvios II - Loulé

Ficou um pouco torta a imagem, mas dá para ver uma das fachadas laterais do belo mercado de Loulé cuja requalificação está em fase final.
Infelizmente, por aqui, há a "política"de deitar abaixo tudo o que é antigo e colocar em seu lugar mamarrachos com muito betão.

Também fiquei a saber que os louletanos amuados têm um jardim próprio com um horário adequado de forma a "desprenderem o burro".

Descendo a rua, encontrei-me com António Aleixo frente a um humilde café que ele frequentava.
Aproveito para vos deixar com estas quadras da sua sábia autoria.

Vós que lá do vosso império
prometeis um mundo novo,
calai-vos, que pode o povo
qu´rer um mundo novo a sério.

.
P´ra mentira ser segura
e atingir profundidade,
tem que trazer à mistura
qualquer coisa de verdade.

18 comentários:

Jaime disse...

"Jardim dos Amuados" é fantástico! :-)
Um abraço.

Justine disse...

Coisas interessates que nos mostras, Rosa.
Agora aquela da política de deitar abaixo o que é antigo para construir novo não é só de lá, não. Até parece que não vives onde vives!!

Rosa dos Ventos disse...

Cara Justine
Não me expremi bem!
De facto pareceu-me que o texto ficava ambíguo...
O que eu queria dizer é que aqui, em Ourém,ao contrário de Loulé, em relação ao mercado, há a política do deita abaixo o que é antigo para surgirem as tais aberrações.
Faltou-me a localização bem declarada!

Abraço

Justine disse...

Assim fica mais claro...:))
Felizmente ainda há terras que respeitam a arquitectura representativa de outras épocas.

Maria P. disse...

Confesso que tenho dias que precisava desse jardim!:)

Beijinho e bom fim-de-semana*

Pitanga Doce disse...

E eu me sentava nele junto com a Maria P. Ó Maria, chega pra lá e dá-me um cantinho no banco do jardim.

beijos a todos

lgbolhares disse...

Bela reportagem dos meus Algarves :)
Até o mui sábio António Aleixo cá está...
Gostei!

Beijinho

mc disse...

Como eu gosto deste sul!

Oris disse...

Não é só por Ourém que se atenta contra o património....
Agora é moda....nada que é velho (antigo) presta.

Gostei muito do jardim dos amuados....bom lugar para se fazer as pazes!!!
:))

E deixo uma quadra de Aleixo...
muio aplicável nos tempos que correm.

"Sei que pareço um ladrão...
mas há muitos que eu conheço
que, não parecendo o que são,
são aquilo que eu pareço".

Bom fim-de-semana.

Beijitos

Luis Eme disse...

Essa do jardim, até não é má ideia...

mas deve ser cá uma "neura" colectiva...

abraço Rosa

Rosa dos Ventos disse...

Os amuados podem fazer turnos ou então sugerere-se à Câmara que coloque um número máximo de utentes...
Assim nunca haverá muito amuado junto!

Abraço, Luís

map disse...

Se em vez de dos "amuados" fosse dos "zangados" tinha, por certo, bem mais frequentadores (só os professores sobrelotavam o jardim; realmente, só por turnos...)
Chefe

Rosa dos Ventos disse...

Finalmente entraste en bleu, Chefe!
Assim foi fácil dar contigo.
As indicações que me deste não me facilitaram o caminho!
Os zangados com a vida ainda conseguem superar os professores e depois há os que acumulam, o que dá uma enorme canseira...

Abraço

Teresa disse...

Já regressaste do Sul...Belas fotos que fizeste...Vamos tomar um café e contas-me como foi.Um abraço.

Rosa dos Ventos disse...

Já regressei há uns tempos!
Logo que possa, vamos ao tal café...

Abraço

Kalinka disse...

Dizem os blog-expert que a melhor maneira de acabar com um blogue é fazer longas pausas, terminar e depois voltar, enfim, parecer inconstante...
Isso faz com que os leitores percam o interesse e desapareçam.
Será mesmo?

Percebi que a vida não se arruma, puxam-nos o tapete a toda a hora...e, estou mesmo decidida a «fechar» o meu kalinka...muito sorrateiramente um dia destes estará fechado. Não quero alaridos, tudo feito no silêncio e na dor que a minha vida tem sido, nestes 2 ultimos meses.

Na despedida, peço desculpa a todos e estás entre eles, que sempre me deram força nos momentos mais difíceis.

Muito obrigada a quem me visita.

Beijinhos.

H4rdDrunk3r disse...

Adoro Loulé, e tirar a foto com o Aleixo é sempre um clássico.

Boa escolha =)

inominável disse...

o meu mercado preferido de Portugal e arredores...