terça-feira, janeiro 29, 2008

Petrus

Finalmente, consegui apanhar o Petrus a jeito!
Aqui está ele, empoleirado no muro do quintal do vizinho.

16 comentários:

Oris disse...

Muito prazer Petrus....
És lindo!!!

:))

Beijitos

Ida disse...

wowwwwwww wowwwwww, ele é mesmo um MUST! A propósito, quem o alimenta tão bem? Tá liiiiiiiiiiinnnnnnnnnndo!

Dá vontade de beijar! e passar o nariz no nariz húmido dele... e irritá-lo.... :)

Maria P. disse...

É lindo!

BeijinhO*

Rosa dos Ventos disse...

Quem o alimenta é o dono que vai lá todos os dias visitá-lo, dar-lhe colo e receber marradinhas dele! ;-))
Eu nem consigo aproximar-me...tenho que começar a visitá-lo mais vezes...

Luis Eme disse...

Aí está ele o "gatão" das redondezas...

As gatas que se cuidem, Rosa...

Justine disse...

Imponente, misterioso, fascinante, belo,elegante, Petrus o Grande!.
Mas com ar tristinho...faltar-lhe-á o mimo da dona???

Belisa disse...

Olá

Mas que belo "gato"
e senhor do seu nariz
Com seu ar mulato
Como sempre quis!

Eu adoro gatos e este é deveras lindo!

Muitos beijos estrelados

Rosa dos Ventos disse...

Nada disso Justine.
Anda a fingir que está coxo para o dono lhe dar ainda mais colo! ;-))

Abraço

Teresa disse...

O teu "Petrus" � lindo... e como sabes eu n�o sou apaixonada por gatos...

Su disse...

belissimo esse petrus....eu que amo gatos,,,,

jocas maradas e miaus...sempre

Chat Gris disse...

LINDO de morrer!
:)

Eyes wide open disse...

Tal como eu suspeitava... o Petrus é um gato belíssimo. Dos mais fantásticos que vi nos últimos tempos (eu que adoro gatos negros). E tem um ar tão ternurento... mas meio tristonho, concordo.


*

Pitanga disse...

Olha aí está o fujão. Ó Petrus diz à Ida que vá procurar outro gato que tu já tens dona. E de preferência um gato que não mie e não suba no muro no vizinho. E se for parecido com o Gianecchini melhor ainda. hehe

beijos doces

Rosa dos Ventos disse...

Esperemos que ande muito "gatão" perdido por aí no Carnaval e que a Ida possa "adoptar" um, concordo contigo, Pitanguinha!
E assim apresentável como o meu, claro...;-))

Aquele abraço

Ida disse...

Olhem, minhas meninas, tava fraquinha a avenida em termos de gatos. Não tinham pelo lindo (quando não eram rigorosamente) carecas; nem eram elegantes (sempre aquela famosa barriga masculina brasileira... raisparta); e qd andavam assim disponíveis eu ficava até em dúvida, olhava a mão esquerda e não via aliança, ficava esperando pra ver se o pulso não virava descuidadamente em sinal de outras preferências.

Enfim, não é fácil esta vida de quem gosta de gatos, meninas!

Mas o Petrus... e as marradinhas... eu sei como é... uma delícia. Beijos, Rosa e Pit

Poesia Portuguesa disse...

Olá...Ó Petrus...será que... bem, gostas de uma gata de olhos verdes?
Pois... vai lá conhecer-me e diz de tua justiça.
;)))