terça-feira, julho 31, 2007

Balanço

Com uns escassos onze meses de idade, que ultimamente se transformaram em arrastados dias, este blogue encontra-se muito debilitado.
Se olharem bem para a sua produção de 2007, podem verificar que, tendo entrado com força de leão, arrisca-se a uma saída de sendeiro. Mês a mês cai o número de postagens e o mais grave é o seu esvaziamento da palavra.
Sei que uma imagem pode valer mil palavras ( o que não será o caso na maior parte das vezes ) mas o que é um facto é que estou a usar e abusar deste processo.
Quando faço as minhas visitas a blogues favoritos ou ocasionais, constato a enorme qualidade das fotos de alguns, a capacidade poética/literária de outros, o sentido crítico de outros ou mesmo todas estas características num só.
Um blogue é um organismo vivo e como tal sujeito também a morrer.
Aliás todos os dias assistimos ao nascimento e morte de alguns.
Vou tentar festejar, pelo menos, o 1º aniversário.
Depois ..."logo se vê"... que é uma expressão bem nossa!

20 comentários:

redonda disse...

Não pode ser! Primeiro o teu blog é muito especial, seja pelas fotografias (que revelam teres a capacidade de ver), seja pelos textos (por serem autênticos e interessantes). É original, inteligente e diferente. Por isso "postar" menos até pode ser uma ideia, mas acabar com ele, não!
É como se através dele tivesse a possibilidade de te ir conhecendo e de me dar a conhecer. Começo a pensar em ti como uma amiga virtual e não quero que desapareças...Por isso, se faz favor, não penses mais nisso!

Eyes wide open disse...

Eu também voto contra o fim deste cantinho... gosto muito de vir aqui.


*

AnaG. disse...

Mais um voto contra o fim deste blog.

Gosto de passar por aqui para saber de ti, para te ler e ver as tuas fotografias.

Beijitos

Fernanda e Poemas disse...

Rosadosventos, mais um voto de confiança no seu blog,
Fotos lidíssimas, belos textos,
por favor! não desista...

Beijos

Fernanda

Justine disse...

é também um modo de estar acompanhada, isto de partilhar com desconhecidos os nossos gostos, pensamentos e desejos. Continua, sim, faz bem à saúde! E parabéns pelo aniversário

Esplanando disse...

Estive a ver... até dia 29 ainda corre muita água debaixo da ponte. Resta saber qual é a ponte e se o rio tem água já que estamos no verão! ;-)

Eu percebo... passo pela mesma crise de inspiração. Mas acabar acho asneira!

Bartolomeu disse...

Eu sei, eu sei, tenho o péssimo habito de não ler as letrinhas pequeninas nos contratos, se tivesse lido, agora sabia que quem edita um blog, tem a obrigação de publicar diáriamente um texto, uma foto, um pensamento, uma vírgula, no mínimo.
Pois é querida Rosa, diz o ditado popular, que quem dá o que tem, a mais não é obrigado. Aqueles que gostam de ler e ver aquilo que dedicadamente lhes ofereces, estarão sempre havidamente esperando por aquilo que lhes quiseres dar, quando quiseres dar, sem obrigatoriedade de nada, excepto não nos esqueceres. Agora vou deixar uma máxima... HUM HUM (isto sou eu a afinar a garganta)
Um blog é como uma corrida de fundo, não é a velocidade que dá a vitória ao atleta, mas sim a persistência, ou... constância.
Oh Constância, não te importas? Chega aqui por favor.
Olha lá filhinha, tu que tiveste o Luis Vaz exilado durante uns tempos, ande partir avec monsieur Vasco da Gama, por acaso não ficaste aí com uns poeminhas do man para oferecer aqui à nossa Rosa de marear?
Vê lá Constâncinha se descobres aí qualquer coisa. Tá bom querida, prometo que um destes dias vou fazer-te uma visita e almoçamos os dois à beira do Zêzere, debaixo de um Salgueiro chorão enquanto vamos lançando às àguas barquinhos de papel. HUM?
Barquinhos de papel não, porque poluem as àguas e implicam o abate de mais àrvores?
No problem at all, apanhamos uns litle stick's, fazem o mesmo efeito.
:))))

Atilahab disse...

É o drama dos Balanços , sejam eles financeiros , conjugais , blogais ou outros...
Já ando com essa angústia há uns tempos , pois o meu 1º aniversário é já dia 15 de Setembro e a "Rosa dos Ventos" tirou-me as palavras do meu pensamento...
Penso que vou lutar , pedir mais colaboração aos meus amigos e acredite numa coisa , estamos sempre à espera que apareça..
Em frente sem desãnimos ok ?

vmcs disse...

Leo

Faz um favor a ti própria; não extingas o blog.

Sei, por experiência própria, que nem sempre nos apetece escrever. Daí não vem mal ao Mundo.

Escreve-se quando apetece, não se escreve quando não estamos para aí voltados.

O pior de tudo é sentirmo-nos obrigados a escrever amiúde. É um erro esse sentimento.

Assim, fica por aqui. Mesmo não escrevendo ou escrevendo poucochinho :-)

Um abraço

Vítor (vmcs)

Entre linhas... disse...

o mundo blogueiro difere muito de temas,de tipos postagens,etc,no entanto não vejo o porquê do teu desanimo,por vezes certas "coisas" não correm tão bem como queremos,mas virá um dia que tudo mudará,daí e fazes me um favor NÃO EXTINGUES O TEU BLOG.
Procura descansar,reflectir e anima-te,porque afian estámos habituados /as á tua presença.
bjs Zita

Luis Eme disse...

Como me sinto bem na tua "rosa dos ventos", acho que és uma exagerada.

Tenho encontrado muitas palavras e imagens, sentidas e bonitas, neste teu canto... por isso não desistas!

Um abraço apertado

poetaeusou disse...

*
continua
rosa dos ventos
,
ruma ao norte
norte o guilhim
vista do areal nazareno
como algures comentaste
*
o pililipar das gaivotas
em sonantes cantatas, para ti
*

Anónimo disse...

Como sabes visito o teu blog mas não tenho feito comentários,sabes também porquê.Espero que ele continue,deu-me,em certas ocasiões muita força!Beijinhos! Maria M.

Anónimo disse...

O mesmo posso dizer ao atilahab,visito o blog todos os dias,é um grupo excepcional!Continuem! Maria M.

Victor disse...

Olá :-)
Uma rosa dos ventos perdendo o Norte? Um blog qd nos falta a imaginação ou o material pode mudar de rumo, como sucedeu com o meu Kant_O. Tens umas fotos bonitas do Alto Alentejo, que percorri e fotografei, tal como Portugal de lés-a-lé, só que a maioria das fotos não estão digitalizadas.
Vim do blog da Belisa e se gostas de Lisboa e se quiseres passa pelo «Ao (es)correr da pena e do olhar»
E força, não desistas!
Um abraço
Victor Manuel

Victor Nogueira disse...

Bi-Olá
Bem, para lá chegares tenho de mudar para outra conta do google
Um abraço
Victor Manuel

Rosa dos Ventos disse...

À Redonda, Eyes wide open, Anag., Bartolomeu, Atilahab, Xaral do Ninhou,, Zita, Poetaeusou, M.M., Fernanda e poemas, Justine, Luis Eme e Esplanando o meu obrigada pela força transmitida.
Se não levam a mal um destaque muito especial para o meu muito querido Esplanando;
um abraço pelo bom humor do Bartolomeu;
outro abraço ao xaral que aguenta o Portal do Ninhou com toda a garra.

A solidariedade destes amigos virtuais e outros mais reais vai ajudar-me a ultrapassar o 1º aniversário!

Belisa disse...

Rosa
Posso chamar-te assim?

Não desistas! Agora que eu tenho mais um "amigo na net" não quero perder-te,força e luta contra os "espinhos".... que é o que eu faço.
Não deixes de visitar-me. Todos me dão muita força.

Beijinhos estrelados
de
Belisa

Ida disse...

Passo à sessão de terapia: E pq não usas o blog também para problematizar o que se passa com ele ou com quem nele escreve? Se simplesmente paras para juntar pedacinhos do início, do meio e de agora, talvez vejas que tudo são fases e que uma fase latente não significa necessariamente a morte. Todo inverno as folhas desaparecem e a terra fica como um deserto em muitas partes da Terra e, no entanto, março chega, março vai e o mundo recolore e refloresce. Afinal, isto não pode ter a rigidez de um calendário escolar, ou, salvo seja estávamos todos metidos de vez no "1984" do Orwel...

Beijos da bloguista mais irregular, indisciplinada, independente, inadequada, e insurgente de sempre.

Anónimo disse...

Ida ... e ... volta!!!