quarta-feira, julho 25, 2007

Nossa Senhora da Redonda


É tempo de férias mas isto de partir e de assentar arraial num determinado local durante dias está fora de questão, aqui pelos meus lados.
Vou limitar-me a umas incursões no Portugal "profundo".
Numa paragem que fiz em Alpalhão, perto de Nisa, descobri esta Nossa Senhora da Redonda que dedico à Dona-Redonda que me visita muitas vezes.
A igreja estava fechada e desta vez não foi uma velhinha a viver em frente que nos abriu a porta.
Foi um simpático alentejano que, depois de se ter aposentado, regressou à terra de origem e teve a gentileza de nos alertar para as marcas deixadas, pelos judeus fugidos de Espanha no tempo dos Reis Católicos, nas ombreiras das portas.

7 comentários:

Maria P. disse...

Assim serão as minhas férias, «incursões no Portugal "profundo"» como tu dizes, e gosto tanto!

Nessa zona existe uma aldeia lindíssima, Flor-da-Rosa.
Visita a não perder, se não conheces.

Um beijinho*

A.S. disse...

Há sempre algo que vamos conhecendo nos lugares por onde passamos... É verdadeiramente fascinante descobrir novas coisas!


Um beijo!

AnaG. disse...

Bonita imagem...

Temos, (pelo menos eu tinha) a mania de passar e não parar. Há, no entanto, coisas lindíssimas a descobrir, pelo nosso Portugal.

Beijinho

C Valente disse...

Férias cá dentro, Pois não étempo perdido temos tanta coisa bonita
A foto está muito boa, verificando a falta de luz dentro da capela. até dá mais vida á imagem
Saudações amigas

tufatau disse...

bem dedicado...

redonda disse...

Não sabia que existia e gostei mesmo, mesmo muito :)
Um grande beijinho para ti :)

Rosa dos Ventos disse...

Maria P.,conheço Flor da Rosa e a sua excelente pousada...
Mas deixamos sempre algo para trás, por isso vale a pena repetir!
Obrigada pela sugestão!