segunda-feira, maio 12, 2014

As mãos



Porque hoje Manuel Alegre faz anos e este foi um dos seus poemas que mais vezes analisei com os meu alunos!

23 comentários:

São disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
São disse...

Um poema excelente de um grande poeta, a que dou os parabéns.

A ti, desejo óptima semana

Majo disse...

~
~ Um poeta que nos encantava, cantando a liberdade, em tempos difíceis.

~ Um soneto belíssimo que nos fala de um dos mais preciosos direitos da humanidade.

~ Saúde, felicidade e longa vida para o poeta, da alvorada da nossa alegre redenção.

~ ~ ~ Abraço. ~ ~ ~

Mar Arável disse...

Boa partilha

Lídia Borges disse...


Um poeta atento ao mundo, ao "nosso" mundo de imperfeições e injustiças.

Um beijo

Luis Eme disse...

e analisaste muito bem.

abraço Rosa

ematejoca disse...

"Nasci em Maio, o mês das rosas, diz-se. Talvez por isso eu fiz da rosa a minha flor, um símbolo, uma espécie de bandeira para mim mesmo."

Também eu nasci em Maio, o mês mais belo do ano.

Mira disse...

Bom gosto o poema é lindo, beijo

Rosa dos Ventos disse...

Estive indecisa entre este poema e esse texto que referes, Ematejoca!
Também o meu neto mais velho, aquele que nos veio salvar da tristeza em que estávamos mergulhados, nasceu em Maio!

Abraço

Rui Pascoal disse...

Um poeta que há muito "me acompanha".

lis disse...

Gosto de le-lo e ouvir um poema declamado com o sotaque português é um prazer enorme!
muito bom Rosa
adorei!
abraços

lis disse...

Gosto de le-lo e ouvir um poema declamado com o sotaque português é um prazer enorme!
muito bom Rosa
adorei!
abraços

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Excelente escolha para assinalar o aniversário de um grande poeta.

Lilá(s) disse...

Um grande poeta e um excelente poema!
Bjs

Pedro Coimbra disse...

Meu conterrâneo foi tratado abaixo de cão pelo partido que sempre defendeu

irene alves disse...

Minha amiga vou ver o vídeo, mas
conheço o poema e gosto muito
dele.
Um beijinho e os votos de que
esteja bem.
Irene Alves

Graça Sampaio disse...

Gosto muito da sua poesia. E já faz 78 anos! Desejei-lhe no facebook «muitos poemas de vida»...

Janita disse...

Excelente homenagem ao Poeta. Esse merece!

Um abraço.

Teté disse...

Conheço mal a poesia de Manuel Alegre, mas gostei deste poema. Tive uma professora que gostava muito de poesia e nunca li tanta como nessa altura. Com gosto pelos grandes poetas... :)

Abraço

Catarina disse...

Maio tb é o meu mês. E tb estou envolvida num projeto que tem a ver com mãos. Um projeto de responsabilidade social. Gostei muito deste poema.

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Rosinhamiga

E o que é notório éke o meu Amigo Manuel continua seis anos à minha frente. Parabéns aos dois: ao Manuel e a tu que escolheste tão bem.

Qjs

Kalinka disse...

Olá Rosa

Pena o blogger não permitir que eu deixe aqui uma foto
só permite palavras...
tenho uma foto excelente
para juntar ao poema
das mãos.

Conheço mal a poesia de Manuel Alegre, mas gostei deste poema.

Sinto tanto a sua falta pelo meu cantinho
Compreendo que isto não é vida para ninguém
todos os dias pelos blogues
quem aguenta?
também eu ando ausente

de quando em vez
sinto saudades
e venho à sua procura

Beijinhos da Tulipa
também kalinka

se me quiser visitar como tulipa
vá a:

http://momentos-perfeitos.blogspot.pt/

http://tempolivremundo.blogspot.pt/
http://pensamentosimagens.blogspot.pt/

mlu disse...

É lindíssimo este poema! Leio-o sempre com o mesmo sentimento de admiração pelo poeta e de espanto por aquilo que as nossas mãos podem construir, ou não!

Um abraço