quarta-feira, agosto 03, 2011

Escapadela II


Depois de termos subido até Castelo Branco, como já disse anteriormente, voltámos a descer, isto para quem reparou que vivo no Ribatejo Norte.
Muitas vezes, quando saímos, partimos à aventura mas isso não aconteceu neste passeio, além de definirmos o que não queríamos deixar para trás, até marcámos o local da dormida.
O objectivo era rever as Portas do Ródão, o Tejo que me deixa sempre deleitada e olhar de longe a Torre do Rei Wamba, em Vila Velha de Ródão.




 

Circulávamos com todo o cuidado por uma estrada mais que secundária quando, subitamente, à sombra de uma azinheira, vejo a descansar um altivo e elegante veado...
Nem me atrevi a sair do carro e foi o que consegui captar! Logo a seguir, ele levantou-se e partiu à desfilada encosta acima.


A nossa incursão na tal estrada tinha a ver com uma visita ao menir mais alto de Portugal, localizado em Meadas, perto da barragem da Póvoa um pouco antes de Castelo de Vide.
Cá está ele com a altura de 7 metros segundo o guia que levávamos!
Imagino a força  de Obélix para andar com toda a facilidade com uma "coisa" destas às costas... : -))


Depois de atravessarmos parte do Parque Natural da Serra de S. Mamede com diversas paragens em pontos estratégicos, passámos a Castelo de Vide sem abrandarmos porque não estava no programa e atingimos a localidade da Portagem onde deu para um passeio pelas margens do rio Sever que tem uma belíssima praia e piscina fluvial. Depois de nos refrescarmos e descansarmos um pouco, iniciámos a subida até Marvão. Aí passaríamos a noite.
E por hoje é tudo! 




24 comentários:

Rui da Bica disse...

Castelo de Vide e Marvão, zonas lindíssimas, Rosa ! Ainda tenho a impressão nos pés de pisar tanta bicharada nas escadas que conduzem à cisterna no interior do castelo, mas isso é um pequeno pormenor. O "rochedo" é magnífico ! :))
.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Bela passeata por zonas que gosto muito. Aquela paisagem do Ródão é magnífica, mas o passeio até lá ainda mais deslumbrante.
Como já disse várias vezes, Portugal tem paisagens maravilhosas, o grande problema é não ter dirigentes à altura.
Continuação de bom passeio! :-)

Rogério Pereira disse...

A ISA acertou quando em Castelo Branco perguntou. Sábado, se tudo se confirmar, vou para esses sitios... passear

redonda disse...

Gostei muito desta viagem :)
beijinho
Gábi

Bartolomeu disse...

Belíssimo passeio Rosinha.
Diz um escritor espanhol, que se dedica à época dos Lusitanos, que Viriato viveu nas Portas de Rodão e que a sua mãe morreu por lá.
Quanto ao menir... duvido que o Obelix quisesse pegar-lhe, sobretudo às costas...
É que o monumento, é um símbolo fálico e era usado no culto pagão da fertilidade.
Em certas épocas do ano, quando a lua se encontrava em determinada fase, as mulheres que pretendiam engravidar, dirigiam-se ao local e executavam resas e oferendas andando em volta do menir, no fim, abraçavam-se e roçavam-se no "monumento".
Agora em segredo... consta que ainda nos nossos dias ha quem pratique esse ancestral culto... E ainda dizem que o tamanho não importa...
;)))

Rui Pascoal disse...

Que bom que é poder passear
e ter algo para contar.
:)

Patrícia disse...

Olá
Devo dizer que aprecio realmente quem se dá ao trabalho (hoje em dia é obrigatório dizer esta expressão), de ainda prestar atenção às paisagens e à Natureza do nosso país, sem fazer algum reparo pouco simpático.
Devo ainda acrescentar neste meu comentário o meu agrado por veados, (fazem-me sempre lembrar o Natal) e o Obélix que tanto marcou a minha infânica (bem como o sozinho e casa e outros tantos que passaram mais do que uma vez para me lembrar do título).

P.S: O Poder da Ironia gostaria que apreciassem as suas pequenas visitas guiadas aos seus pontos de vista. Concordar ou discordar é algo que agradece.

Beijinhos=)
Patrícia

trepadeira disse...

Belo passeio.
Obrigado pela boleia.

Um abraço,
mário

carol disse...

Que bela passeata! Muito bonito o nosso país. Muito bonito o nosso Alentejo - interior ou litoral alto ou baixo!

Aquela primeira fotografia está um verdadeiro espanto de beleza! Lindo o Tejo (que é o rio da minha aldeia...)

(Não passaste por Nisa?!..... Ih! Ih! Ih! - Belos tempos!)

Beijinho

Olinda Melo disse...

Um passeio com História e fotografias lindíssimas.Este Portugal é mesmo lindo!

Boas Férias.

Beijo
Olinda

Catarina disse...

Não sei porquê não “recebi” a atualização do teu blogue. Fui espreitar para ver se havia algo de novo e não me enganei. Essa primeira foto é absolutamente deslumbrante. Fiquei a olhar para ela durante largos segundos e vou copiá-la para o meu ficheiro. Prometo que não a publico. Não tenho por hábito copiar fotos mas a esta não resisto. Como é lindo o nosso país! E como eu o conheço mal. : (

Tite disse...

Gosto muito dessas paragens e já passeei por aí diversas vezes. Agora, até me custa dizer, nunca fui a Rio Maior, Arraiolos e Monsaraz, acreditas?

Será a minha próxima escapadela.

Beijos

Pitanga Doce disse...

Um dia fiquei de ir à Marvão...e eu a divagar.

Lilá(s) disse...

Belas passeatas hem!
Bjs

mlu disse...

Uma escapadela destas vale bem a pena! E eu acho que nem ao natural vi as Portas do Ródão tão lindas!
Óptima reportagem!

Bom fim de semana.

Lídia Borges disse...

Obrigada pela possibilidade, que tais imagens e relatos nos dão, de viajar à descoberta destes recantos acolhedores e maravilhosos que proliferam por todo o nosso país.

Um beijo

Tite disse...

RV,

Voltei para retificar, no meu comentário o que pretendia dizer. Não era Rio Maior mas sim Campo Maior.
É... ligeirament diferente não é? :-)

Chuac!

Manuela disse...

Querida Rosa, a continuação do vosso passeio, trouxe-me à memórias algumas passagens na minha adolescência , por esses mesmo locais, nomeadamente Meadas e a barragem da Póvoa. :)

Rosa dos Ventos disse...

Querida Tite
Fiquei admirada com essa referência a Rio Maior no meio de tanto Alentejo...mas afinal era Campo Maior! :-))
Não deixes de visitar a simpática vila de Nabeiro, sobretudo durante a Festa da Flor!

Abraço

Rosa dos Ventos disse...

Querida Manuela
Conheces a barragem da Póvoa e Meadas?!
Olha que realmente é um feito uma vez que só lá chegamos por estradas secundárias e ainda por cima desde a adolescência! :-))
Eu também já conhecia mas temos a mania de nos meter por caminhos pouco usuais para turistas mesmo internos! :-))

Abraço

São disse...

Gostei muitos destas fotos, mas estou aguardando as de Marvão, que acho uma maravilha!

Infelizmente, perdi as que lá tirei quando o disco rígido do meu computador se morreu de vez, buáá´´

Um bom domingo

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Aurora disse...

apetece seguir-te...

Isa GT disse...

Pois não falhei, na Escapadela I quanto a Vila Velha de Rodão e claro, nesse caso, as Portas do Ródão são imperdíveis... belo passeio, óptima escapadela :)

Bjos