segunda-feira, maio 16, 2011

Santarém

Foram muitos os visitantes a deixarem pistas para reconhecimento do local onde fui cantar com o meu coro, ontem, no XX Encontro de Coros do Ribatejo.( Apesar da foto, retirada da net, não ser muito nítida.)

O Rui da Bica,  mestre dos enigmas, falou logo no início do Scala, numa clara alusão ao nome que os romanos deram à cidade, Scalabis e ainda falou de portas e de sol. Por mail pôs tudo em "pratos limpos" e ainda acrescentou o nome da igreja que se vê - precisamente a Sé, mais conhecida pela Igreja do Seminário.

A Kincas  abordou a possível concorrência dos rouxinóis da menina, a Joaninha dos olhos verdes do Vale de Santarém, personagem de "Viagens na Minha Terra" de Almeida Garrett.

A Sonhadora e o Rui Pascoal conhecem o Presidente da Câmara, muito mediático...Moita Flores, obviamente.

A Tite lembrou que se realiza aí, anualmente, a Feira da Gastronomia.

O Carlos Barbosa pergunta se não há lá umas Portas do Sol.

A Maria Mar falou primeiro da capital do distrito e mais tarde de Scalabis e dos Scalabitanos.

Claro que o Oops!!! também sabia porque ele é como o Rui da Bica, um ás em enigmas!

A Luísa sabia certamente mas o que disse não servia de pista...





Este é o claustro do Convento de S. Domingos onde cantámos na respectiva igreja. De referir que se andam aqui a realizar obras de restauro e requalificação.
Ao lado fica o célebre quartel de onde partiu Salgueiro Maia com os seus homens, naquela madrugada da Liberdade.




Coreto do Jardim da República, frente ao Convento.



Finalmente as Portas do Sol, um jardim junto às muralhas da cidade e de onde se avista o Tejo e a lezíria.

Nota: Esta é apenas uma pequena amostragem de uma cidade com um património riquíssimo, sobretudo ao nível de igrejas de estilo gótico. Daí ser conhecida pela Capital do Gótico.
Acrescento que o seu Mercado está revestido de azulejos lindíssimos e que entrou muito recentemente em obras. Fica também junto ao quartel, ao jardim e ao convento...

21 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Sou a primeira a comentar para pedir desculpa por ter trocado S. Francisco por S. Domingos!
Cantámos na igreja do Convento de S. Francico...
É que são tantas as igrejas, conventos e santos! :-))

Maria Paz disse...

Gosto muito de Santarém e lá passei um dos melhores anos da minha vida, também porque os scalabitanos têm uma alma pura. Sou péssima em enigmas e nem andei por perto da solução.

Justine disse...

O Mercado é uma pérola, o centro histórico da cidade é encantador, e imagino que deve ter sido um excelente espectáculo!Tantas recordações(a começar pelo exame do 7ª ano, feito lá no liceu...)
Beijo pelo passeio ao passado

Tite disse...

Também aprecio imenso o Mercado que mais faz lembrar as estações ferroviárias do Norte do país, tão profusamente decoradas com a azulajaria monocromática de que tanto gosto.

Isa GT disse...

Realmente era fácil, o problema foi a fotografia porque quem não conhece bem, basta uma perspectiva um pouco diferente para ficar baralhada :)

Bjos

Olinda Melo disse...

Ah, a Joaninha do Vale de Santarém e este que mereceu a prosa poética mais linda que há...ainda hoje estive a ver uns apontamentos sobre Almeida Garrett.De Santarém tenho as melhores referências, então das Portas do Sol...Também da Feira Gastronómica, anual.

Vejo que faz parte de um grupo musical.Gostei. Gosto muito de música, toco viola e já toquei acordéon.

Felicidades.

Abraço
Olinda

Rui Pascoal disse...

O que eu não sabia era que a Rosinha, para além destes enigmas, ainda gosta de "nos dar música"...
:)

Rui da Bica disse...

Pois eu vou explicar como cheguei lá :
Sei que a Rosa faz parte do ( Cant’Auri(a)s ) – Chorus Auris – Grupo Coral da Academia de Música da Banda de Ourém.
Pesquisei pelas "actividades do Coro para o mês de Maio" e cheguei ao “Encontro de Coros do Ribatejo”, a realizar em 15/5 em Santarém.

Foi fácil :))
(... “elementar,... meu caro Watson !)

Nestas coisas o interessante é deixar "dicas" que sejam compreensíveis para o desafiador, mas não tanto para os desafiados. :))
.

carol disse...

Esse menino Rui sempre me saiu melhor que a encomenda... Pois eu, despassarada e preguiçosa como sou, nem tentei pensar na solução do enigma. Se bem que os ache giros para quem os põe, claro!
Olha, acho Santarém uma cidade muito bonita. E cheia de sinais da cultura portuguesa. A primeira visita de estudo que fiz (como aluna) foi no 1º ano da Faculdade (1967) em que viemos com o Prof. Lindley Cintra, meu professor de Int. aos Est. Linguísticos e de Lit. Portuguesa, e viemos precisamente visitar Santarém com as suas imensas igrejas, Vale de Lobos, enfim, um espanto de visita de estudo! Aliás como o Prof que a organizou.

Luis Eme disse...

nem sequer pensei em Santarém, achei que era demasiado óbvio, Rosa.

uma cidade belissima cheia de igrejas e monumentos, e Tejo...

abraço

Alberto David disse...

Parabéns Rosa, para quando uma desloação do Coro ao Algarve?

JPD disse...

Faço votas para que a actuação do Coro tenha sido um sucesso.
Quanto a Santarém, acho cidade muito interessante.
Visito-a com regularidade especialmente na data de realização da Feira Gastronómica.

Bjs

Nina disse...

Conheço a cidade de passagem, quando ia para Mértola.:)
Um gde beijinho

Duarte disse...

Tem uma explicação, é uma das cidades da nossa terra que menos conheço. Mas espero ainda chegar a tempo de as poder recorrer passo a passo...
Gosto destas brincadeiras, culturais, tuas.
Se o dia foi completo, e pudeste cantar, isso foi bom.
Abraços

oops!!! disse...

(A haver por aqui uns sinos, tocá-los-ia a rebate rejubilando pela sinopse...)

;)

Rosa dos Ventos disse...

Esse foi um método bem interessante, Rui da Bica!
Pensei que alguém se lembrasse dessas referências ao meu coro e também há visitantes de "ao pé da porta" mas deu "pano para mangas" o que fez jeito!
Agora lá tenho que pensar noutro post! :-))
Devido ao estilo "sem rumo" deste blog e à minha preguiça, nem sempre é fácil fazer postagens!

Abraço a todos

Lídia Borges disse...

Não cheguei a tempo do desafio, mas este seria capaz de descobrir. "As portas do sol" - visitei a cidade num infernal dia de Verão, à hora do calor e "as portas do sol" ficaram-me bem "coladas" na memória.

L.B.

Nina disse...

Para me redimir, já lá está outro desafio.:)
bji gde

bettips disse...

Temo-nos evitado, eu e esta cidade.
Fizeste-me pensar melhor com estes bocadinhos dela.
Obg
***
e sair por maio adentro
pelo campo
e pelo ar aberto
é um desejo sempre renovado.
(e sim, amansar a mente)
Bjinho

ematejoca disse...

Mesmo sendo PORTISTA posso levar o teu link?

Rosa dos Ventos disse...

Claro!
É um prazer!
Também te espreito a partir do Rui da Bica, o nosso mestre de enigmas! :-))