sábado, março 21, 2009

Pequeno apontamento...

Para que não me julguem insensível à Primavera, às flores e à poesia.
Este é o tecto da "sala" onde vou bebendo o meu demorado café...
A primeira frésia bem acompanhada por uma túlipa, num dos pequenos canteiros do meu pseudo-jardim.

E finalmente olhai os lírios, mas não esqueçam a minúscula papoila que nos anuncia Abril!



24 comentários:

Anónimo disse...

Bonita amostra da sempre pontual PRIMAVERA! Por aqui explodiram em força as glicínias,tão doidas,tão atrevidas que, de botões feiinhos de anteontem,derramam~se e até se atropelamm ansiosas de se exibirem,MALUCAS!Abraço KINCAS

Maria disse...

Poesia linda, esta!
Huuummm, o tecto da tua sala...

Um abraço

Justine disse...

Estás muito bem acompanhada no teu lento café!
Beijinho primaveril:))

map disse...

Bem vindo, este regresso primaveril. Com os lírios do campo (ainda que pequeno) e um "telhado" destes, quem resiste à primavera?

goiaba disse...

Valeu a pena começar a Primavera!
O renascer na Natureza é uma lição e uma esperança.
Bom café (com um pau de canela, uma pitada de chocolate, ...)
Abraço

Maria P. disse...

Um café muito bem acompanhado, sem dúvida, e cheira a poesia sim:))

Beijinho*

sendyourlove disse...

"Olhai para os lírios do campo, como eles crescem: não trabalham, nem fiam. Eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles" MT 6

Lóri disse...

Que fotos tão bonitas, Senhora dos Ventos! E de onde tiras regularmente a disparatada idéia de que devias interromper tua atividade bloguística? Não faz nenhum sentido, depois de ver este post.

Parabéns senhora dos ventos, aí tens uma linda estreia de primavera, aqui o outono chegou como devia, cinza e morno.

Abraços do sul,

Chat Gris disse...

Lindas!
:)

Patti disse...

Pequenos apontamentos, mas cheios de significado. É a vida que se renova.

Apple disse...

Magnifica recepção à Prima:)

Abraço

Ovinho Estrela(do) disse...

Eu fico-me pela sensibilidade da pequena e espontânea papoila... Tão linda.

E como adoro papoilas! Lembram-me o campo florido em frente à minha escola primária!
Lembram-me alguns recantos das encostas do Douro. Onde nascem e contrastam com o verde vinhateiro!
Tão lindas, as papoilas! :)

Agradeço, também, as palavras especiais e simpáticas que me foram dirigidas nos recomentários do post anterior.

Um beijo de Primavera.

*

legivel disse...

... mas quem é que te julgou insensível à Primavera?! com um tal pseudo-jardim à tua disposição?

E esse tal interminável café é de agradável sabor ou de pseudo-aroma?

Abraço e sorrisos.

dona tela disse...

É isso mesmo. A Primavera mexe com a gente.

Muito bom dia.

tsiwari disse...

É sempre possível recomeçar - é a lição mor da natureza e, em particular, da primavera.

;)***

LB disse...

Insensível à Primavera??? Ora, ora...

Beijinho

Luis Eme disse...

que bem deve saber o café, com essa companhia perfumada...

abraço Rosa

Pitanga Doce disse...

Ah, mas assim este café não tem fim. Quem tem uma sala destas com um teto destes...

Arabica disse...

Rosa, que posso fazer, além de mudar de post e de música, para me redimir das tuas lágrimas, amiga?

Também tenho andado em baixo.

Mas hoje as noticias (relatórios medicos) são animadoras e por fim a vi sorrir. Só esse sorriso me fez sentir a pessoa mais importante do mundo :)))

"Miúda", vamos lá a animar, temos vida dentro de nós, não podemos desistir.

Bora lá de mãos dadas :))


Um abraço em troca de uma papoila de Abril!! :))

E como nós desejamos Abril em nós!

(Carlos Soares) disse...

O nome deseu blog já é lindo:ROSA DOS VENTOS. Ah, outono é uma estação muito gostosa, além de ser renovadora.

Anónimo disse...

Fizeste bem interromper a pausa para o café.O que começa mesmo a apetecer é uma imperial!...
Abraço

Anónimo disse...

Não há vida sem sonhos.A Primavera ajuda a sonhar!
gb

fj disse...

(...)
apesar das circunstancias, uma papoila tb sonha!
beijinhos

Duarte disse...

Irrompeu forte a primavera no teu jardim, como gosto desse colorido!
Assim, sim se pode saborear um bom café...

Beijinhos meus