sexta-feira, agosto 16, 2019

Ora abóbora!


Nunca tinha visto lado a lado a flor da aboboreira e uma abóbora.
Os meus netos adoraram, eu pasmei!

17 comentários:

Dalma disse...

Linda a abóbora! Eu antes também cultivava abóboras, numa das primeiras vezes que o fiz, imagine-se tive 47, de todos os tamanhos! Agora já não semeio, não tenho quem faça sopa delas!

Janita disse...

Eu conheço bem esse olhar de pasmo e encanto, Rosa dos Ventos.
Já as tive aqui no meu quintal!
Não dão trabalho nenhum e enquanto umas vão crescendo outras florescem, por isso há-as de todos os tamanhos, no mesmo pé.
O pior é que acabavam por apodrecer, tão farto e abundante era o seu cultivo. Deixei de meter as sementes na terra. Não tenho quem consuma sopas e doces em larga escala. E, porque coisas há que me encantavam e hoje me passam ao lado. Tudo passa...:(

Beijinhos para a Avó e netos.

Sam Seaborn disse...

A imagem é linda mas eu só consigo pensar no doce de abóbora com requeijão... (risos) bom fim-de-semana

Catarina disse...

Eu faria sopa de abóbora todos os dias até enjoar! :)
Gostei da explicação da Janita.
:)

Luis Eme disse...

Fruta da época, Rosa. :)

(desde que o homem foi à Lua isto começou a andar tudo maluco)

:))

Flor de Jasmim disse...

A abóbora é assim mesmo, dá durante muito tempo,por isso tem abobora e continua a dar flor.

Beijinhos

Cléo Gomes disse...

Nunca tinha vista uma abóbora tão bem cuidada!
Está enorme! Parabéns pelo cultivo!

Proseando num dia

lis disse...

Também acho lindo! e ficaria horas a olhar e admirar.
A folhagem tão pequena diante do tamanho do fruto, é de impressionar como a natureza é tão linda e perfeita.
Parabéns pelo privilegio de um quintal.
abraço

Rogério G.V. Pereira disse...

Acho que é indecente
Comparar uma abóbora
Com a cabeça de certa gente
Essa sua, que mostra agora
é muito mais inteligente

(sabe rodear-se de flores)

Majo Dutra disse...

Pode-se controlar a produção aproveitando as flores para comer.
Recheadas com carne são saborosas e possibilitam uma confeção diferente...
Bom domingo
Beijo
~~~

ematejoca disse...

NUNCA vi flores da aboboreira, embora no outono coma muita abóbora, que compro no mercado.

Continuação de bom fim-de-semana 🍥

Rosa dos Ventos disse...

Não sabia da coexistência da flor com o fruto ou legume, não sei bem.
O quintal não é meu mas recebo de lá batatas, abóboras, tomate, pimentos, cebolas...
Gosto de abóbora em sopa, em doce, cristalizada e até para enfeitar muros.
Bom domingo!

Larissa Santos disse...

Adorei :))

Hoje, de uma forma mais rápida, de maneira a chegar a todos. Espero a compreensão de todos. Cheguei com:- Entregas-me uma rosa num ávido beijo. {Poetizando e Encantando}

Bjos
Votos de uma óptima Segunda-Feira

Duarte disse...

A flor é bonita e é certo que chama a atenção, e não te digo quando a abóbora começa a crecer, ficam sorprendidos. Vivi, de perto, essa experiência com os meus netos.
Gosto e emprego-a frequentemente na creme de de hortaliças e legumes.
Continuação dum bom verão,
Abraços de vida

Olinda Melo disse...


Olá, Rosa dos Ventos

Abóbora e as respectivas flores.
Tudo o que a natureza nos oferece
é um verdadeiro milagre.
Da abóbora faço sopa, doce, enfim,
um sem-número de maneiras de
consumi-la e todas deliciosas.

Bj

Olinda

Justine disse...

A natureza todos os dias nos ensina coisas lindas. São pequenos momentos de felicidade!

Sandra C. disse...

Olá! Adoro ver campos com abóboras, na terra da minha mãe (perto de Tomar) plantam muitas, das meninas.
Na minha casa dá-se uso ás aboboras não só para por na sopa mas para fazer filhoses delas... só de pensar já fico com água na boca!

Beijinhos.
Sandra C.
bluestrass.blogspot.com